quarta-feira, 21 de maio de 2008

PELO BURACO DA FECHADURA


A 24 horas do arranque de mais uma edição dos 4 Dias do Minho, fomos ao encontro dum dos mais dinâmicos e bem estruturados clubes de Orientação do nosso País – o Clube de Orientação do Minho [.COM] – “espreitámos pelo buraco da fechadura” e vimos o que está feito, o que há para oferecer e muito, muito mais.

Já foi a ARCCa - Associação Recreativa e Cultural do Campo –, quando em 1990 um grupo de amigos decidiu lançar-se nestas lides da Orientação. Todavia, rapidamente perceberam que a dinâmica criada em torno da modalidade, nomeadamente as exigências relacionadas com a organização de provas, obrigariam à criação de uma estrutura com autonomia administrativa e financeira. Daí à criação dum clube especialmente vocacionado para a Orientação foi um passo: Em 12 de Dezembro de 2002, nasce o .COM, num processo natural de crescimento e de desenvolvimento da Orientação no Minho.

Agora que se completam 10 anos do lançamento deste grande evento desportivo que é os “4 Dias do Minho”, vale a pena lembrar que foi na Serra da Cabreira que tudo começou e que o arrojado projecto de 4 dias de competição, para além do seu pioneirismo, acabou por servir de modelo ao Portugal O’Meeting. Tudo bons motivos para passearmos pelas páginas do evento e, seguindo os habituais parâmetros – acessibilidade, facilidade de navegação, apresentação, conteúdos e aspecto gráfico -, irmos abrindo o apetite para o muito de bom que podemos esperar.


1. ACESSIBILIDADE


Para analisar este aspecto, foram usados dois motores de busca e uma ligação através do “site” da Federação Portuguesa de Orientação. Começando por este, “viajamos” do calendário de provas directamente para “homepage” do evento com toda a facilidade. O “Google” revela-se igualmente um excelente motor de busca, remetendo para a página do clube, quer vamos por “Clube de Orientação do Minho” ou por “Quatro Dias do Minho”. Quanto ao “Yahoo” não só não é tão rápido como não identifica “Quatro Dias do Minho”. Em ambos os casos, a entrada “Nacionais Absolutos Orientação Pedestre” remete para páginas (clubes, federação ou datas) que não as pretendidas.


2. FACILIDADE DE NAVEGAÇÃO


Nota máxima para este item. Depois de remeter para o evento na página de “Início”, é uma delícia passear por ali. O “menu” noticioso é vasto e completo, abrindo-se em páginas autónomas onde se pode encontrar a descrição desenvolvida ao pormenor.

Para quem, de fora, visita a página e pretende fazê-lo na “língua de sua majestade”, também tem essa possibilidade, o que constitui um excelente trunfo para qualquer página. Desde que… É que aqui as coisas já não estão tão bem, até porque a página de "Boas-Vindas" remete para a “Apresentação” em português. É necessária uma boa dose de sangue-frio e experimentar clicar em “Launch of the website” para se entrar – aí, sim! – na página “News” e ter acesso aos menus na coluna da direita. Mas aqui as coisas também não correm pelo melhor porque, apesar dos items que compõem o menu estarem traduzidos, essa tradução só tem correspondência no “Welcome”, em termos de desenvolvimento. É caso para questionar a validade da opção, mas aceita-se numa vertente, digamos, “experimental”.


3. APRESENTAÇÃO


Também aqui se deve reconhecer enorme qualidade, tanto pela forma cuidada como são distribuídos os elementos da página, como pelas suaves cores escolhidas, conferindo-lhe um visual harmonioso e apelativo. Nota de Apresentação simples e concisa, “menu” do evento na coluna da direita, barra de acessos ao “site” no plano superior da página e os tão importantes logótipos que permitem dar visibilidade às entidades organizadoras e apoiantes e possibilitam o acesso directo às respectivas páginas, são elementos fundamentais em qualquer página do género e aqui devidamente tratados.


4. CONTEÚDOS


Sem querer ser exaustivo, há conteúdos relevantes que gostaria de sublinhar. Desde logo a preocupação em reduzir ao mínimo os aspectos negativos de impacto ambiental, com a divulgação das regras e limitações impostas pela Direcção do Parque Nacional da Peneda-Gerês. Outro dos aspectos devidamente salvaguardados e a merecer destaque é o “Regulamento” do Campeonato Nacional Absoluto, em particular no que diz respeito às alterações sofridas por proposta do próprio .COM.

Nas “Informações Gerais” e “Informações Técnicas” encontra-se tudo aquilo que poderíamos desejar e a única falha – entretanto colmatada com a publicação das “Partidas” – era a "Lista de Inscritos", a qual só estava acessível através do “site” da Federação, a qual é – salvo melhor opinião – visualmente apelativa mas pouco prática em termos de consulta de listagens completas. Mapas, esquemas, localizações diversas – complementados com belíssimas fotografias -, são aspectos tratados em detalhe, “não vá o diabo tecê-las” e alguém desorientar-se. Faltará ainda o item “Fotos / Vídeos”, mas estou certo que, com o material entretanto recolhido, rapidamente fará parte do “Menu”.

Finalmente, se o Programa Desportivo é aliciante, o Programa Social não o é menos, incluindo a actuação do grupo musical “Voz do Povo” (sábado, 21:00), um Jantar-Convívio (sexta, 19:30) e uma Conferência, plena de actualidade, subordinada ao tema “Qualidade das provas de Orientação – A acção do Supervisor” (sexta, 14:00). Embora ligeiramente desfazado desta análise, não posso deixar de fazer aqui um reparo à data e hora escolhidas para levar a cabo a Conferência. E se a data até se poderia aceitar – embora com muitas reservas! – já a hora… Então não seria melhor aproveitar o período após o Jantar-Convívio e dar oportunidade a que mais pessoas pudessem marcar presença? Ou não será a Conferência para todos?


5. ASPECTO GRÁFICO

Já tudo ficou dito. O(s) webmaster(s) e todos quantos mantém as páginas actualizadas estão verdadeiramente de parabéns. Quanto à página, pode ser visitada em
http://www.pontocom.pt/actividades/20084DiasdoMinho/apresentacao.php ou clicando no logotipo que encima esta análise.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: