domingo, 6 de setembro de 2015

Ori Luz Verde 25 Anos: Jorge Marques e Ana Castanheiro triunfam em Melres



No regresso de férias, a Orientação espraiou-se junto ao Rio Douro, trazendo à simpática Vila de Melres um pouco do seu perfume. O Ori Luz Verde 25 Anos teve em Jorge Marques e Ana Castanheiro os grandes vencedores dos escalões competitivos “nobres”.


Luminosa e quente, a manhã de ontem chamou a Melres 60 orientistas dos dois sexos – uns mais novos, outros nem por isso – para a realização do Ori Luz Verde 25 Anos. A comemorar um quarto de século de existência, a simpática coletividade gondomarense não quis deixar de assinalar a efeméride com a realização duma prova de Orientação, tendo contado para tal com os apoios da Câmara Municipal de Gondomar, Freguesia de Melres e Medas e Federação Portuguesa de Orientação.

Já os primeiros banhistas se refrescavam nas águas do Douro e os barcos subiam em cruzeiro rumo à Régua pejados de turistas quando, na requalificada Praia Fulvial de Melres, foram dadas as partidas para uma prova distribuída por cinco escalões de competição, com grau variável de dificuldade. No escalão principal masculino – com o “assustador” nome de “Difícil” - Jorge Marques (GD4C) foi o mais rápido a cumprir os 4.800 metros do seu percurso, batendo a concorrência por escassa margem. Na segunda posição, João Novo (.COM) gastou mais 1:21 que o vencedor, enquanto Francisco Neto Silva (GD4C) foi o terceiro classificado, a 2:09 de Jorge Marques. O escalão Difícil Feminino contou com igual distância e teve em Ana Castanheiro (.COM) uma vencedora folgada. A atleta minhota concluiu a sua prova em 55:17, deixando a mais de dez minutos de distância Bruna Ferreira (AD Cabroelo) e Jerónima Rocha (GD4C), segunda e terceira classificadas. Eduardo Camilo (Individual), Eduarda Moreira (AD Cabroelo) e Miguel Rocha (GD Luz Verde) foram os vencedores, respetivamente, dos escalões Médio Masculino, Médio Feminino e Fácil.

Refira-se a terminar a importância deste tipo de provas na promoção da modalidade e captação de novos praticantes, algo que em Melres terá ficado aquém das expectativas. Ainda assim, nota positiva para uma equipa organizativa que soube aliar à simpatia e ao bem receber um traçado de percursos interessante, em terrenos praticamente isentos de desnível mas muito “agrestes” nalgumas zonas e a exigir leitura atenta de mapa e sensatez na escolha das melhores opções. Um bom teste na “rentrée”, preparando os embates que se avizinham no fecho da temporada.


Resultados

Difícil Masculino
1. Jorge Marques (GD4C) 39:13 (+ 00:00)
2. João Novo (.COM) 40:34 (+ 01:21)
3. Francisco Neto Silva (GD4C) 41:22 (+ 02:09)
4. Alberto César (GD4C) 41:59 (+ 02:46)
5. Miguel Moreira (AD Cabroelo) 43:09 (+ 03:56)

Difícil Feminino
1. Ana Castanheiro (.COM) 55:17 (+ 00:00)
2. Bruna Ferreira (AD Cabroelo) 1:05:33 (+ 10:16)
3. Jerónima Rocha (GD4C) 1:08:09 (+ 12:52)
4. Alexandra Coelho (GD4C) 1:09:34 (+ 14:17)
5. Zélia Viana (.COM) 1:14:05 (+ 18:48)

Vencedores outros escalões
Médio Masculino – Eduardo Camilo (Individual)
Médio Feminino – Eduarda Moreira (AD Cabroelo)
Fácil – Miguel Rocha (GD Luz Verde)

Resultados completos e demais informações em http://gdluzverde.wix.com/luzverde.

Reportagem fotográfica para ver em https://photos.google.com/u/0/album/AF1QipOzoRv8MYTI1sZNcqYsfe8F1GJT04zxAkpmmd4O ou clicando na imagem acima.


Saudações orientistas.

Joaquim Margarido

Sem comentários: