sexta-feira, 3 de julho de 2015

10º Memorial Puma: Triunfo categórico de Lennart Wahlgren



O sueco Lennart Wahlgren foi o brilhante vencedor do 10º Memorial da 7ª Brigada “PUMA”, na vertente de Orientação de Precisão. O evento precedeu os Campeonatos do Mundo da disciplina e teve lugar em Varaždin, na Croácia. Luís Gonçalves, na 19ª posição, foi o melhor português.


Antecedendo o Campeonato do Mundo de Orientação de Precisão WTOC 2015, teve lugar na região de Varaždin, no Norte da Croácia, o 10º Memorial da 7ª Brigada “PUMA”. Repartido entre a Orientação Pedestre e a Orientação de Precisão – com uma etapa de TempO e duas de PreO, estas últimas integrando o calendário de provas da Taça da Europa de Orientação de Precisão (não oficial) ECTO 2015 -, o evento cativou a atenção de três centenas de participantes, dos quais metade na competição de Orientação de Precisão. Com meios reduzidos, a organização, a cargo do clube OK Medimurje, lutou com sérias dificuldades face a índices de participação anormalmente elevados, sendo as longas filas de espera para início de prova no segundo dia e os atrasos recorrentes na divulgação de resultados, os aspectos menos positivos. Debilidades que Jasminka Cindric Perkovic e os seus pares souberam ultrapassar com estoicismo e sempre, mas sempre, com enorme disponibilidade e simpatia.

Ao levar de vencida a etapa de TempO que preencheu o primeiro dia do evento, o sueco Lennart Wahlgren assinalou da melhor forma a sua presença na competição, abrindo caminho a um conjunto de excelentes resultados que acabariam por lhe valer a vitória na soma dos três dias de competição. O quarto lugar alcançado na etapa seguinte, em Lužec, e a quinta posição em Varaždinske Toplice, no derradeiro dia, acabaram por sedimentar um triunfo mais do que merecido. Com resultados “modestos” nos dois primeiros dias e uma vitória no último dia de competição, o letão Guntars Mankus, Campeão do Mundo de PreO em 2014, concluiu na segunda posição da geral. O terceiro lugar coube a outro Campeão do Mundo em 2014, mas neste caso de TempO, Martin Jullum. Depois da terceira posição na etapa inaugural e duma vitória na segunda etapa, o norueguês soçobrou de forma inesperada no decisivo dia, vendo esfumar-se entre os dedos um triunfo que parecia não poder escapar-lhe. Com os mesmos pontos de Martin Jullum, na quarta posição, classificou-se o italiano Remo Madella.

Quanto aos portugueses, Luís Gonçalves conseguiu dois resultados brilhantes – 8º lugar na etapa de TempO e 9º lugar no segundo dia do PreO – mas a 57ª posição na floresta de Lužec, na etapa intermédia, acabou por “atirá-lo” para o 19º lugar da classificação final. Cláudio Tereso, no 58º lugar final e Edgar Domingues, na 67ª posição, completaram a presença portuguesa numa lista onde figuram os nomes de 113 atletas, os mesmos que marcaram presença nos três dias de competição. Ricardo Pinto, Ana Paula Marques, Inês Domingues e Joaquim Margarido participaram igualmente no Memorial Puma, mas apenas nas duas etapas de PreO. Do conjunto de resultados destes atletas, destaca-se o 34º lugar de Inês Domingues no derradeiro dia.


Classificação Final

1. Lennart Wahlgren (Suécia) 10 pontos
2. Guntars mankus (Letónia) 33 pontos
3. Martin Jullum (Noruega) 37 pontos
4. Remo Madella (Itália) 37 pontos
5. Marit Wiksell (Suécia) 40 pontos
6. Dušan Furucz (Eslováquia) 42 pontos
7. Libor Forst (República Checa) 44 pontos
8. Krešo Keresteš (Eslovénia) 44 pontos
9. Ivica bertol (Croácia) 46 pontos
10. Tomáš Leštínský (República Checa) 49 pontos

Resultados completos e demais informações em http://croecto2015.blogspot.com/.


Saudações orientistas.

Joaquim Margarido

Sem comentários: