quarta-feira, 10 de junho de 2015

Dia Nacional da Orientação 2015: 70 a correr (e ao telemóvel) em Braga



O Dia Nacional da Orientação 2015 foi assinalado em Braga com mais uma etapa do VIII Torneio COMmapa, realizada no mapa da cidade de Braga recentemente alargado. Um evento que, para além de três percursos de Orientação Pedestre, ofereceu uma novidade chamada TeleO.


A cidade dos Arcebispos assinalou, no passado sábado, a sétima edição do Dia Nacional da Orientação. Debaixo dos 33 graus que se faziam sentir às quatro da tarde, cerca de 70 participantes estrearam uma área nova de mapa elaborada pela equipa de Orientação da ES Carlos Amarante, no âmbito de uma parceria com a Junta de Freguesia de S. Victor com o Clube de Orientação do Minho.

A prova organizada pelo .COM contou com os habituais três percursos - Fácil, Médio e Difícil - e, com uma prova experimental de TeleO, atividade realizada a pares em que um elemento da equipa fica na quarentena com o mapa e o outro efetua o percurso sem mapa, recebendo informações do colega via telemóvel. O feedback foi de que a experiência foi muito interessante, mas algo facilitada pelo facto de a maioria dos participantes conhecer relativamente bem a área abrangida pelo percurso do TeleO. A organização promete repetir a experiência, reconhecendo a tarefa como divertida e um diferenciado momento de treino, em que é exigido ao elemento da equipa que fica na quarentena a simulação de que está no terreno, a seleção da informação mais importante e a transmissão/ verbalização da mesma.

Para a história ficam os nomes dos vencedores. Ânia Silva (AE Maximinos) levou de vencida o escalão Fácil, enquanto José Fernandes (ES Carlos Amarante) foi o mais rápido no escalão Médio. No escalão Difícil, a vitória coube a Daniel Magalhães (.COM) com uma vantagem próxima de um minuto sobre Luís Ferreira (AE Maximinos), segundo classificado. Na prova de TeleO, a vitória coube a Guilherme Faria (ES Carlos Amarante).

Informações e foto gentilmente cedidas por Ana Paula Serra Campos.


Saudações orientistas.

Joaquim Margarido

Sem comentários: