segunda-feira, 8 de junho de 2015

Campeonatos da Europa de Orientação em BTT 2015: O que eles disseram!...



No rescaldo do primeiro dia de competição dos Campeonatos da Europa de Orientação em BTT 2015, o Orientovar procurou colher algumas impressões dos principais intervenientes. Entre a troca de ideias direta, as linhas “pescadas” nas entrevistas dadas a outros orgãos de comunicação e as mensagens deixadas nas páginas pessoais, aqui fica um resumo daquilo que eles disseram.


Terceira classificada na estafeta Mista de Sprint, a Finlândia teve em Jussi Laurila e Marika Hara o par representante. Laurila começou por dizer que “antes do início da prova estava um pouco ansioso a tentar perceber como é que iriam correr as coisas. Tinha a noção de que a prova iria ser muito técnica e não me enganei.” Quanto à sua prova, o atual líder da Taça do Mundo comenta: “Procurei manter-me concentrado em ambas os percursos, sobretudo antes da passagem pelo ponto de espectadores, mas acabei sempre por cometer erros que me custaram 45 a 60 segundos, precisamente após essa altura. Consegui não cometer erros no 'loop' final, mas é claro que numa prova destas não posso dizer que me sinto totalmente satisfeito com a minha prestação.” Apesar de tudo, o atleta confessa-se “satisfeito com o resultado, é sempre bom começar os Campeonatos com uma subida ao pódio.” Uma última nota para as virtualidades técnicas deste mapa e deste percurso: “A zona escolhida era bastante boa para uma prova com estas características, embora a pernada longa a meio da prova me parece um pouco desfazada numa prova tão mexida.”

Também Jiri Hradil falou ao Orientovar, assumindo a posição da República Checa, segunda classificada. Sem se alongar muito, o atleta checo, atual 3º classificado do Ranking Mundial da Federação Internacional da Orientação, referiu ter-se tratado duma prova muito técnica, onde era necessário manter uma concentração constante. Uma palavra ainda para a sua colega de equipa, Martina Tichovska, uma excelente sprinter, deixando antever ter residido aí uma das chaves do sucesso.


Obrigada pela excelente prova”

Na Entrevista concedida ao site da Federação Finlandesa de Orientação - http://www.suunnistusliitto.fi/ -, Marika Hara fala igualmente desta prova para confessar-se “desapontada com o desempenho”. A finlandesa aponta: “Cometi alguns erros e entrei pelo lado errado no Campo de Ténis, numa altura em que a atleta francesa aproveitou para se distanciar. Os caminhos muito estreitos também não ajudaram, mas finalmente acabámos por conquistar uma medalha.”

Por outro lado, vejamos aquilo que a sueca Cecilia Thomasson partilhou na sua página no Facebook [AQUI]: “Os Europeus de Orientação em BTT começaram hoje em Portugal com um 4º lugar na prova de Estafeta Mista de Sprint! No último percurso, o Marcus Jansson ficou apenas a 8 segundos da medalha de bronze mas estamos na mesma muito satisfeitos e com boas sensações. Obrigado pela excelente prova, foi uma total felicidade correr o tempo todo.”

Por fim, uma olhadela ainda para a página do austríaco Kevin Haselsberger no Facebook [AQUI], também ele satisfeito com o seu 5º lugar: “Começo dos Campeonatos da Europa bem sucedido!! 5º lugar para a Marina e para mim na Estafeta Mista de Sprint!”

[Foto: Elina Erkkilä / suunnistusliitto.fi]


Saudações orientistas.

Joaquim Margarido

Sem comentários: