sábado, 23 de maio de 2015

Campeonato da Europa de Orientação em BTT 2015: Hana Garde (França)




Nome: Hana Garde
Idade: 31
Vive em: Pélussin, França
Profissão e grau de escolaridade: Controladora Financeira na Thales Angénieux
Anos de prática desportiva: 20 anos.
Anos de Orientação em BTT: 12 anos.
O que a levou a iniciar-se na Orientação em BTT: Comecei na Orientação Pedestre aos 14 anos, integrando as selecções nacionais de jovens e de juniores da Eslováquia. Em 2005, os Campeonatos do Mundo de Orientação em BTT disputaram-se na Eslováquia e perguntaram-me se queria participar. Foi um novo desafio para mim (tive de comprar uma bicicleta todo-o-terreno melhor e começar a pedalar “a sério”!). Os bons resultados (um 6º e um 8º lugar alcançados) motivaram-me a continuar.
Outras informações pessoais que gostasse de partilhar: Tenho uma filha com dois anos, Alena.
Posição atual no ranking de Orientação em BTT da IOF: 11º lugar
Posição atual na Taça do Mundo de Orientação em BTT 2015: 9º lugar



Qual a melhor recordação na Orientação em BTT até ao momento?
- A prova de Sprint dos Campeonatos do Mundo em Israel, em 2009. Foi uma das melhores provas da minha vida, perdi ao todo menos de 30 segundos e conquistei a segunda medalha de ouro da minha carreira.

Onde vai buscar a inspiração?
- A natureza! Os motivos de interesse à minha volta são tantos que isso constitui, por si só, uma motivação para treinar (essa é uma das razões pelas quais não gosto de Atletismo nem de correr num estádio). E ainda a possibilidade de descobrir terrenos novos, longe de casa.

Quer mencionar um ou dois aspetos do treino que são as chaves do seu sucesso?
- Acima de tudo, gostar do treino! Não sou profissional da Orientação em BTT, apenas faço isto porque gosto. Gosto de diferentes tipos de treino físico, com intensidade variável – acho que é uma forma de treino mais divertida!

Quais são as suas metas para os Campeonatos Europeus, em Portugal?
- Bom, tenho algumas medalhas conquistadas em Campeonatos do Mundo mas nenhuma em Campeonatos da Europa. Este será um dos meus últimos desafios (risos).

Qual é o seu maior desafio na competição, e como pretende gerir isso?
- Adequar a velocidade à dificuldade do mapa.

Qual será a sua maior conquista nesta temporada?
- Fazer a prova perfeita no momento certo e esperar pelo resultado (risos).

Tem algum lema pelo qual orienta o seu modo de vida?
- Nada é impossível!

Há algo mais que gostaria de partilhar?
- Este ano criámos um grupo de treino entre colegas da selecção francesa: Team Elite MTBO. Gostaria de agradecer aos nossos parceiros o seu apoio no sentido de conseguirmos melhores prestações este ano. Uma palavra de agradecimento também à minha família que cuida da nossa filha nos momentos de treino e de competição.

[Foto: Yoann Garde]

Saudações orientistas.

Joaquim Margarido

Sem comentários: