terça-feira, 14 de abril de 2015

Os Verdes Anos: Filipa Rodrigues



Olá,

Sou a Filipa Rodrigues, tenho 18 anos e estudo Ortoprotesia na Escola Superior de Tecnologias da Saúde de Lisboa.

A minha primeira experiência na Orientação deu-se quando ainda frequentava o 7º ano. Por incentivo do professor José Paulo Pinho fui a uma prova no Parque da Paz e esta até me correu bem, o que me fez marcar presença em algumas provas de Desporto Escolar daí em diante. Representei a Escola Secundária de Palmela em quatro edçiões dos Campeonatos Nacionais de Desporto Escolar e em Maio de 2013 federei-me e fiz a minha primeira prova pela ADFA, no Osso da Baleia.

A Orientação é um desporto fantástico, dá para todas as idades, criam-se boas amizades e é uma modalidade que implica tanto um esforço físico como mental, o que torna todas as provas desafiantes. Tenho como preferência as distâncias longas, estas não requerem uma grande velocidade de corrida mas sim uma boa opção de rota nas pernadas, puxando mais pelas nossas decisões e pela resistência física que propriamente pela rapidez de decisão, necessária, por exemplo, nos sprints.

Após estes quase dois anos como federada tenho obtido alguns bons resultados. Comecei a treinar com a ajuda do professor Daniel Pó mal ingressei no meu clube, fui treinada pelo Fábio Silva (ADFA) que me ajudou bastante a estabelecer objetivos na modalidade e presentemente sou treinada pelo Pedro Duarte (também da ADFA). Recentemente integrei-me no Atletismo, faço parte do CDUL (Clube Desportivo Universitário de Lisboa) pelo qual farei algumas provas de estrada e de Corta-Mato com o objetivo de melhorar a minha condição física. Treinar torna-se cada vez mais difícil à medida que se avança nos estudos mas tenho conseguido conciliar tudo e, para mim, o treino é também uma forma de descontrair do dia-a-dia.

Quero agradecer a todos os que me apresentaram e me mantiveram ligada à Orientação, ao meu treinador por me acompanhar e ajudar, a todos os meus colegas e ao meu clube.


Filipa Rodrigues
ADFA
Fed 5736

Sem comentários: