segunda-feira, 6 de abril de 2015

Campeonato de Espanha de Orientação CEO 2015: Fecho com chave de ouro de Andreu Blanés Reig e Anna Serralonga Arqués



Com as vitórias de Andreu Blanés Reig e Anna Serralonga Arqués na prova de Distância Longa, chegaram ao fim os Campeonatos Nacionais de Espanha de Orientação Pedestre CEO 2015. Na véspera, já Marina Garcia Castro e Antonio Martínez Pérez haviam dado nas vistas, arrebatando os títulos nacionais de Sprint, enquanto a Comunidade Valenciana levava a melhor na Estafeta Sénior, tanto em masculinos como em femininos.


Como é da tradição, a quadra pascal voltou a ser integralmente preenchida com a realização dos Campeonatos de Espanha de Orientação CEO 2015, conjunto de provas que chamou a Portillo quase um milhar e meio de atletas das mais variadas proveniências. Ao excelente enquadramento natural, juntou a organização provas de altíssimo nível técnico, fazendo desta uma das mais aclamadas edições dos Campeonatos de sempre. De parabéns estão, pois, o Club Deportivo de Portillo, a Federação Espanhola de Orientação e o Conselho Superior dos Desportos de Espanha, entidades organizadoras, bem como todos os apoiantes que, em boa hora, quiseram associar o seu nome ao evento.

Terceiro dia dos Campeonatos, o sábado arrancou com a competição de Estafeta clássica, na qual a Comunidade Valenciana brilhou ao mais alto nível no escalão sénior. No setor masculino, Roger Casal Fernández, Andreu Blanés Reig e António Martínez Pérez alcançaram uma muito saudada vitória no tempo de 1:57:50, revalidando o título alcançado em Málaga, na temporada passada. Na luta travada pela segunda posição, o colectivo da Andalucia superiorizou-se ao da Catalunha, com o catalão Biel Ràfols Perramon a perder mais de cinco minutos no derradeiro percurso para o andaluz Luis Nogueira de La Muela e a permitir, desta forma, o volte face na classificação geral. Extra-competição, a turma portuguesa do GafanhOri (Tiago Martins Aires, Tiago Gingão Leal e Tiago Romão) viria a alcançar o segundo melhor tempo entre todas as equipas presentes, concluindo a sua prova a 3:15 dos vencedores.


Uma surpresa chamada Marina

No sector feminino, a Estafeta da Comunidade Valenciana foi igualmente a mais forte, chegando ao título pelo terceiro ano consecutivo. Para isso muito terá contribuído o extraordinário começo de Violeta Feliciano Sanjuan, deixando desde logo as grandes rivais, Catalunha A e Catalunha B - com Ona Ràfols Perramon e Annabel Valledor Férnandez, respectivamente - a uma confortável distância de cinco minutos. Violeta Feliciano Sanjuan, Alicia Gil Sánchez e Esther Gil i Brotóns concluíram a sua prova em 1:56:21, com uma vantagem de 4:14 sobre a Catalunha A. A turma da Catalunha B terminou na terceira posição, a distantes 26:38 das vencedoras enquanto as portuguesas do GafanhOri (Carolina Delgado, Rita Rodrigues e Raquel Costa), extra-competição, viriam a conseguir o sétimo melhor tempo, com 2:32:14. Comunidade Valenciana (Infantis Masculinos e Veteranos C Masculinos), Andalucia (Cadetes Femininos, Veteranos B Masculinos e Veteranos B Femininos), Madrid (Veteranos A Masculinos), Catalunha (Veteranos A Femininos e Veteranos C Femininos), Castilla y Léon (Cadetes Masculinos, Juniores Masculinos e Juniores Femininos) e Castilla La Mancha (Infantis Femininos) foram os vencedores dos restantes escalões de competição.

Marina Garcia Castro (Alcon) foi a grande figura da tarde de sábado, ao vencer a prova de Sprint, conquistando assim o primeiro título individual duma promissora carreira no escalão de Elite. A atleta leonesa precisou de 13:52 para cumprir os 2,1 km do seu percurso, deixando atrás de si, nas segunda e terceira posições, as grandes favoritas, Ona Ràfols Perramon (COC) e Anna Serralonga Arqués (Go-Xtrem), com mais 0:34 e 1:20, respectivamente. No sector masculino, Antonio Martínez Pérez esteve de novo em grande plano, vencendo com o tempo de 15:23 para 2,4 km de prova, à frente de Eduardo Gil Marcos (Tjalve), com 15:34 e de Pau Llorens Caellas (COB), com 15:52. O português Tiago Gingão Leal (GD4C), extra-competição, fez o segundo melhor tempo, precisamente o mesmo que Eduardo Gil Marcos.


Comunidade Valenciana vence coletivamente

Na prova de Distância Longa que encerrou os Campeonatos de Espanha foi possível ver Andreu Blanés Reig (Colivenc) ao seu melhor nível, completando os 16,6 km do percurso na primeira posição, em 1:17:35. Os restantes lugares do pódio viriam a ser ocupados por António Martínez Pérez e Roger Casal Férnandez, também eles do Colivenc, com mais 1:47 e 3:08, respectivamente, que o vencedor. Extra-competição, os portugueses Tiago Gingão Leal e Tiago Martins Aires alcançariam os segundo e terceiro melhores registos, com os tempos de 1:18:38 e 1:18:59, respectivamente. No sector feminino, Anna Serralonga Arqués fechou os Campeonatos com uma vitória expressiva, cumprindo os 9,9 km de prova em 1:00:24, contra 1:04:08 de Amparo Gil Brotons (COB) e 1:04:41 de Alicia Gil Sánchez (Colivenc), segunda e terceira classificadas, respectivamente.

Coletivamente, a Comunidade Valenciana foi a grande vencedora, com um total de 7.559,90 pontos, contra 7.325,93 da Catalunha e 7.028,11 da Andaluzia, segunda e terceira classificadas, respectivamente. Castilla y Leon com 6.985,45 pontos e Castilla - La Mancha, com 6.967,21 pontos ocuparam os lugares imediatos. Tudo para conferir em http://www.ceo2015.es/.

[Foto: FEDO / fedo.org/]


Saudações orientistas.

Joaquim Margarido

Sem comentários: