sábado, 10 de janeiro de 2015

Taça de Portugal de Orientação de Precisão Invacare 2015: Inês Domingues entra a vencer



Inês Domingues abriu da melhor forma a sua participação na Taça de Portugal de Orientação de Precisão Invacare 2015. Fazendo valer a sua extraordinária velocidade de resposta, foi ela a grande vencedora da etapa de TempO, mostrando o porquê de ser a campeã nacional em título nesta variante da Orientação de Precisão.


S. José da Lamarosa foi palco da etapa de abertura da Taça de Portugal de Orientação de Precisão Invacare 2015. Integrada no programa do II Troféu Coruche Capital Mundial da Cortiça 2015, a prova teve lugar num dia extraordinário para a prática desportiva, com sol e céu azul, oferecendo um total de vinte e cinco desafios às quatro dezenas de atletas presentes. A Direção de Prova esteve a cargo de Luís Gonçalves enquanto Acácio Porta-Nova assinou a Supervisão FPO. Num esforço notável de cooperação com a organização do II Troféu Coruche Capital Mundial da Cortiça 2015, o Clube Português de Orientação e Corrida assumiu toda a componente humana do evento, viabilizando a realização duma etapa que, do ponto de vista técnico, se cotou em muito bom nível.

Com todos os maiores valores nacionais presentes, Inês Domingues (COC) fez valer os seus pergaminhos e que fazem dela a campeão nacional de TempO em título. Travando acesa luta com os seus adversários mais diretos, Inês Domingues viria a apresentar uma percentagem de respostas erradas relativamente elevada (24%), compensando os 180 segundos de penalização com um tempo de resposta incrivelmente baixo (pouco mais de 5 segundos de média por resposta), o que lhe permitiu concluir com um total de 313 segundos e garantir a primeira posição. Nas segunda e terceira posições, com apenas quatro respostas erradas mas com tempos médios de resposta manifestamente superiores, classificaram-se Edgar Domingues (COC) e Nuno Pires (Ori-Estarreja), com mais 29,5 segundos e 88 segundos, respetivamente, que a vencedora.


Estar na Croácia é o grande objetivo!”

Não escondendo a sua surpresa pela vitória, Inês Domingues começou por afirmar: “Foi muito estranho. Há muito tempo que não fazia uma prova e não me sentia preparada, mas tentei focar-me nesta prova, preparar-me ao máximo e estou muito satisfeita com este resultado.” Para a atleta, “as maiores dificuldades foram nas estações onde predominavam os elementos de relevo, zonas muito técnicas e sem grandes pontos de referência. Aí era difícil encaixar o mapa com o terreno e foi realmente muito complicado conseguir gerir a prova. Depois nas outras zonas já havia mais elementos de referência e aí foi muito mais fácil e mais rápido.” Rapidez de resposta que é a imagem de marca da atleta e o seu grande trunfo: “Para mim é fácil olhar para o mapa e para o terreno e encaixá-los. Por vezes é uma situação automática. Eu própria não fazia ideia de que fosse assim tão rápida, se comparar os meus tempos com os de outra pessoa”, afirmou. A terminar, Inês Domingues não esconde por onde passam os seus objetivos na temporada que agora se inicia: “Esta foi a minha segunda prova de TempO mas foi sobretudo a confirmação de que até consigo fazer bons resultados. Vou tentar concentrar-me mais nesta vertente, praticar, estudar, preparar-me bem para o Nacional e aí tentar garantir um lugar para o Canpeonato do Mundo. Estar na Croácia é o grande objetivo!”

A Taça de Portugal de Orientação de Precisão Invacare 2015 prossegue no próximo dia 15 de Fevereiro com a realização da segunda etapa. Integrada no Portugal O' Meeting 2015, a prova decorerrá em Vagos, com Traçado de Percursos de Nuno Pires e Supervisão FPO de Joaquim Margarido. A organização estará a cargo do Clube de Orientação de Estarreja.


Resultados

1. Inês Domingues (COC) 313 segundos
2. Edgar Domingues (COC) 342,5 segundos
3. Nuno Pires (Ori-Estarreja) 401 segundos
4. João Pedro Valente (CPOC) 419 segundos
5. Raquel Costa (GafanhOri) 479,5 segundos
6. Tiago Martins Aires (GafanhOri) 487 segundos
7. Grigas Piteira (GafanhOri) 516,5 segundos
8. Eduardo Oliveira (ATV) 553 segundos
9. Cláudio Tereso (ATV) 565 segundos
10. Nuno Rebelo (Ori-Estareja) 573 segundos



Saudações orientistas.

Joaquim Margarido

Sem comentários: