sábado, 24 de janeiro de 2015

ESOC 2015: Títulos europeus de Distância Média para Andrey Lamov e Mervi Pesu



A uma jornada do fim, o programa competitivo do Campeonato da Europa de Orientação em Esqui ESOC 2015 viu hoje atribuídos os derradeiros títulos individuais. Andrey Lamov e Mervi Pesu foram as grandes figuras do dia, alcançando o ouro na Distância Média.


O Campeonato da Europa de Orientação em Esqui ESOC 2015 caminha rapidamente para o final. No derradeiro dia do programa competitivo individual, tiveram lugar em Lenzerheide, na Suiça, as finais de Distância Média, as quais contaram com a participação de 52 atletas masculinos e 35 femininos.

Fazendo jus ao facto de liderar o ranking mundial, Andrey Lamov viu, finalmente, chegado o seu dia. Depois das duas medalhas de bronze conquistadas nas finais de Sprint e de Distância Longa, o russo esteve hoje imparável, batendo a concorrência por margem que não deixa lugar a dúvidas. A primeira metade da prova teve no sueco Andreas Holmberg o grande dominador, mas quando Lamov assumiu o comando, o caminho do ouro estava traçado. No final, vitória com o tempo de 37:24, contra 38:34 de Holmberg, segundo classificado. Holmberg que perdeu 21 segundos para Lamov na mais longa pernada do percurso, a caminho do ponto 16, passando a preocupar-se, desde então, com a defesa da medalha de prata, ante a aproximação de Stanimir Belomazhev. O final fortíssimo do búlgaro, porém, não foi suficiente para ultrapassar o sueco, tendo de se contentar com a medalha de bronze, depois da prata na Estafeta Mista de Sprint e do ouro na distância de Sprint. O finlandês Staffan Tunis ficou uma vez mais “à porta” das medalhas, concluindo na 4ª posição, o mesmo resultado alcançado nas duas anteriores finais individuais.

Competindo pela primeira e única vez numa prova individual nesta edição dos Campeonatos da Europa de Orientação em Esqui, Tove Alexandersson defendia aqui o título europeu alcançado em Tyumen, em Março do ano passado. Mas a sueca, que é igualmente a atual líder do ranking mundial, não estava certamente à espera duma adversária fortíssima como o foi a finlandesa Mervi Pesu. Medalha de prata na final de Sprint que abriu o ESOC 2015, Mervi Pesu tomou conta das operações desde o início, destacando-se definitivamente das suas mais diretas opositoras a partir do ponto 13. Desde esse momento, a finlandesa não mais cessou de ampliar a vantagem a qual, no final, se cifraria em confortáveis 54 segundos sobre a segunda classificada, Tove Alexandersson. Repetindo o resultado da final de Distância Longa, a sueca Josefine Engström terminou na terceira posição, com mais 1:32 que a vencedora.


Resultados

Masculinos (9,6 km, 30 pontos)
1. Andrey Lamov (Russia) 37:24
2. Andreas Holmberg (Suécia) 38:34 (+ 1:10)
3. Stanimir Belomazhev (Bulgária) 38:38 (+ 1:14)
4. Staffan Tunis (Finlândia) 38:43 (+ 1:19)
5. Oyvind Watterdal (Noruega) 39:09 (+ 1:45)
6. Peter Arnesson (Suécia) 39:33 (+ 2:09)

Femininos (8,4 km, 27 pontos)
1. Mervi Pesu (Finlândia) 39:41
2. Tove Alexandersson (Suécia) 40:35 (+ 0:54)
3. Josefine Engström (Suécia) 41:13 (+ 1:32)
4. Mira Kaskinen (Finlândia) 41:28 (+ 1:47)
5. Iuliia Tarasenko (Rússia) 41:44 8+ 2:03)
6. Tatyana Oborina (Russia) 41:53 (+ 2:12)

Resultados completos e demais informações em http://www.skiolem15.ch/.

[Foto: Martin Jörg / skiolem15.ch]


Saudações orientistas.

Joaquim Margarido
  

Sem comentários: