domingo, 10 de agosto de 2014

Campeonato Ibérico de Orientação de Precisão 2014: Valente, Laiginha e Tamarit, os grandes vencedores



João Pedro Valente, José Laiginha Leal e José António Tamarit são os Campeões Ibéricos de Orientação de Precisão 2014. Disputada na vertente de PreO, a prova disputou-se em Ligüerzana, na Montanha Palentina, tendo contado com a participação de seis dezenas de competidores.


Depois do Vale do Rossim, Gouveia, em Março de 2013, foi a vez de Ligüerzana receber o Campeonato Ibérico de Orientação de Precisão, na sua segunda edição. Organizada pelo Club ORCA, o evento contou com os apoios da Diputación de Palencia, Fundación Provincial de Deportes, Junta de Castilla y León, Federación Española de Orientación e Federación de Orientación de Castilla y León. Pontuável para o ranking da Taça de Portugal de Orientação de Precisão 2014, o II Campeonato Ibérico de Orientação de Precisão registou a presença de 62 participantes – entre os quais onze portugueses -, em representação de 22 clubes.

Com cartografia de Victor Dobretsov (Março de 2014) e traçado de percursos de Toño Hernandez, a prova desenrolou-se ao longo de 14 pontos, mais dois cronometrados no início, tendo no baixo grau de exigência técnica a sua maior debilidade. Na Classe Paralímpica, o português José Laiginha Leal (CRN) foi o grande vencedor, concluindo a sua prestação com um total de nove pontos, mais dois que Alice Rovollard (Individual), segunda classificada. O Campeão de Espanha, Carlos Riu Noguerol (COMA), com 6 pontos, fechou o pódio. Na Classe Aberta, assistiu-se a uma intensa luta pela vitória, com quatro atletas a alcançarem o pleno de respostas correctas. Valeu neste caso a maior rapidez de decisão nos pontos cronometados e, mesmo assim, apenas parcialmente, já que tanto o português João Pedro Valente (CPOC) como o espanhol José António Tamarit (CC Valencia) concluiram com o mesmo tempo – 12 segundos -, alcançando ex-aequo o título ibérico. Na terceira posição, igualmente ex-aequo e com mais quatro segundos que os vencedores, classificaram-se o português Nuno Rebelo (Ori-Estarreja) e o espanhol Alex Tello (Valencia-O).

Uma menção especial para o esforço e dedicação da Federação Espanhola de Orientação a uma disciplina que, apesar de estar a dar os primeiros passos no país vizinho, vai apresentando resultados deveras animadores. Prova disso é a intenção de, já na próxima temporada, podermos assistir ao arranque da Liga Espanhola de Orientação de Precisão. Para Victor Garcia Berenguér, Presidente da FEDO, “a ideia é a de que possamos encontrar o necessário envolvimento junto dos clubes para organizar um conjunto de cinco provas, número que nos parece adequado para uma primeira edição”. Fazendo questão de vincar que uma das cinco etapas terá lugar em Portugal, ao encontro do excelente relacionamento entre as Federações Portuguesa e Espanhola e dentro daquilo que é já uma prática corrente nas restantes disciplinas da Orientação, Victor Garcia Berenguer não descarta a possibilidade de termos essa etapa “portuguesa” na 3ª edição do Campeonato Ibérico, que no próximo ano voltará a ter lugar no nosso país. “Vamos conversar com a Federação Portuguesa de Orientação mas é tudo uma questão de datas”, conclui.

Resultados completos e demais informação em www.o5dias.com.

[Aceda às imagens clicando na foto]

Saudações orientistas.

Joaquim Margarido

Sem comentários: