sábado, 12 de julho de 2014

WOC 2014: Suécia recupera título mundial de Estafeta onze anos depois



A Suécia foi a grande vencedora da Estafeta masculina, prova que encerrou o XXXI Campeonato do Mundo de Orientação Pedestre WOC 2014. Uma vitória categórica ante a forte oposição de Suiços e Franceses, uma vitória particularmente saudada e que permitiu ao valoroso conjunto sueco voltar a pisar o lugar mais alto do pódio duns Campeonatos do Mundo, onze longos anos após Rapperswil/Jona, na Suiça.


Com a disputa da Estafeta Masculina, chegou ao fim esta tarde, em Campomulo, nos Alpes Italianos, a 31ª edição dos Campeonatos do Mundo de Orientação Pedestre WOC 2014. Numa prova onde a Rússia defendia o título mundial conquistado em Vuokatti, no Verão passado, foram em número de 34 as seleções que participaram na competição.

Dada a partida, França, Suiça e Suécia assumiram desde logo o comando das operações, acabando por levar essa luta até ao fim e decidir entre si as medalhas em disputa. No final do primeiro percurso, a vantagem – ligeira – pertencia à França, com Frédéric Tranchand a lançar para o segundo percurso o seu companheiro François Gonon, com seis segundos de vantagem sobre o suiço Fabian Hertner e o sueco Jonas Leandersson. O austríaco Gernot Kerschbaumer fez igualmente uma excelente prova, concluindo na quarta posição a 1:39 do vencedor. A 1:49 e 1:51 da liderança seguiam, respetivamente, a Estónia e a Grã-Bretanha. No pólo oposto, realmente irreconhecível, Leonid Novikov deixava cair a Rússia para a 23ª posição, a distantes 6:49 da liderança, afundando assim as aspirações na revalidação do título mundial.


Bergman imparável

No segundo percurso, a Suiça jogou a sua grande cartada e Daniel Hubmann mostrou de novo que a liderança do ranking mundial não é obra do acaso. Embora com um percurso não isento de erros, o atleta suiço logrou desembaraçar-se da presença incómoda de Gonon e do sueco Fredrik Johansson, para chegar ao final com o tempo de 1:14:57, dando à sua equipa uma vantagem de 49 segundos sobre a Suécia e de 50 segundos sobre a França. A Finlândia, com Pasi Ikonen, chegava-se ao quarto lugar, a 2:48 da liderança, enquanto noruegueses e dinamarqueses ocupavam as posições imediatas, com mais 3:35 e 3:56, respetivamente, que os suiços.

O último e decisivo percurso colocou frente a frente o suiço Matthias Kyburz, o sueco Gustav Bergman e o francês Thierry Gueorgiou. Apostado em vingar a frustrante experiência da véspera, na Distância Média, Gueorgiou teve um começo muito forte e rapidamente assumiu a liderança. Mas Gustav Bergman estava definitivamente mais forte e rapidamente recuperou a liderança da prova para não mais a largar. Enquanto Matthias Kyburz e Thierry Gueorgiou se batiam agora pelo segundo lugar, Bergman exalava confiança e ia ganhando segundos atrás de segundos aos seus adversários, No final, vitória com o tempo de 1:56:49, oferecendo à Suécia a segunda medalha de ouro numa grande competição internacional esta temporada, depois do título Europeu conquistado em Portugal no passado mês de Abril.

A luta pela medalha de prata foi disputada ao sprint. Tendo abdicado da sua participação na prova de Distância Média, disputada no dia anterior, Kyburz fez valer a sua maior frescura nos metros finais, oferecendo à Suiça o segundo lugar, a 1:09 do vencedor. Com mais 1:14 que Bergman, Gueorgiou concluiu na terceira posição. Olav Lundanes e Marten Bostrom travaram intensa luta pelas posições imediatas, com o norueguês a bater o finlandês por um escasso segundo. Vice-campeã da Europa em título, a República Checa concluiu na sexta posição com o tempo de 2:04:35. Portugal terminou a prova no 24º lugar, alcançando precisamente o mesmo lugar da Estafeta feminina.


Resultados

1. Suécia 1:56:49
2. Suiça 1:57:58 (+ 01:09)
3. França 1:58:03 (+ 01:14)
4. Noruega 2:03:48 (+ 6:59)
5. Finlândia 2:03:49 (+ 07:00)
6. República Checa 2:04:35 (+ 7:46)
7. Grã-Bretanha 2:05:08 (+ 08:19)
7. Áustria 2:05:08 (+ 08:19)
9. Estónia 2:06:54 (+ 10:05)
10. Dinamarca 2:08:00 (+ 11:11)
(…)
24. Portugal 2:25:16 (+ 28:27)


Resultados e demais informação em http://www.woc2014.info/woc.php.

[Foto: Jan Kocbach / WorldofoLive/]


Saudações orientistas.

Joaquim Margarido

Sem comentários: