quarta-feira, 16 de julho de 2014

Duas ou três coisas que eu sei dela...



1. No rescaldo do Campeonato do Mundo de Orientação WOC 2014, tempo para olhar para o Quadro de Medalhas e constatar que a Suiça foi a seleção mais ganhadora, com três medalhas de ouro, quatro de prata e uma de bronze, no conjunto das cinco competições disputadas – três individuais (Sprint, Distãncia Média e Distância Longa) e duas coletivas (Sprint e Estafeta Mista de Sprint). Ao todo, foram sete as seleções a inscrever o seu nome neste restrito lote, com a Suécia a cotar-se como a segunda seleção mais medalhada, com duas medalhas de ouro, duas de prata e duas de bronze. Com uma medalha de ouro, três de prata e duas de bronze, a Dinamarca é a seleção que se segue neste particular ranking. França, Noruega e Rússia conquistaram uma medalha de ouro e uma medalha de bronze cada, ficando o quadro completo com a medalha de bronze conquistada pela Ucrânia. Individualmente, o destaque vai para a suiça Judith Wyder, coroada rainha dos Campeonatos, com três medalhas de ouro (Sprint, Estafeta Mista de Sprint e Estafeta).

2. Decorreu no passado dia 10 de Junho, em Lavarone, a Assembleia Geral da Federação Internacional de Orientação e na qual foram tomadas algumas decisões importantes. Desde logo, a aprovação da alteração aos estatutos votada por maioria de três quartos dos delegados presentes e que possibilita, de agora em diante, que a eleição do Presidente e dos membros do Concelho da IOF possa ser feita para períodos de quatro anos e não dois, como vinha acontecendo. Brian Porteous foi reeleito por aclamação Presidente da IOF para o próximo mandato. A Assembleia Geral indicou a Letónia como a sede dos Campeonatos do Mundo de Orientação e de Orientação de Precisão 2018 e a Lituânia receberá os Campeonatos do Mundo de Orientação em BTT 2017. De salientar que a Assembleia-Geral foi precedida duma Reunião de delegados, realizada no dia anterior, onde foram discutidos vários assuntos de interesse para o futuro da modalidade, nomeadamente a apresentação do Relatório do Grupo de Trabalho das Corridas de Aventura, o futuro da Taça do Mundo de Orientação Pedestre e ainda os planos de preparação para a presença da Orientação nos Jogos Mundiais de 2017, que terão lugar na Polónia. A próxima Assembleia-Geral terá lugar em Agosto de 2016, na Suécia. Para mais informações, conculte a página da Federação Internacional de Orientação, em http://orienteering.org/iof-general-assembly-decisions/.

3. Vai começar a louca semana do O-Ringen. Skåne, no Sul da Suécia, será o palco desta grandiosa festa que reunirá, de hoje e até ao próximo dia 25, mais de 20.000 participantes do mundo inteiro, repartindo as suas atenções pela Orientação Pedestre, Orientação em BTT e Orientação de Precisão. Com um “prize-money” de 80.000 coroas suecas para os vencedores masculino e feminino no escalão de Elite, a competição de Orientação Pedestre volta a colocar frente a frente as mais importantes personalidades da Orientação mundial, para cinco etapas que prometem desafio e emoção ao mais alto nível. A Orientação de Precisão reparte-se por quatro etapas, duas das quais pontuáveis para a Taça da Europa (não oficial), com uma lista de participantes que engloba muitas das principais figuras dos recentes Mundiais de Itália, nomeadamente o sueco Michael Johansson (campeão do Mundo de PreO, classe Paralímpica) e o norueguês Martin Jullum (campeão do Mundo de TempO). Finalmente, a Orientação em BTT e as três etapas pontuáveis para a Taça do Mundo, também aqui com os melhores valores da velocipedia orientística mundial a marcarem presença e com o português Davide Machado a defender a terceira posição do ranking. Saiba tudo em http://www.oringen.se/english/.

4. Teve lugar no passado sábado, em Águeda, mais uma etapa do Circuito Nacional Urbano CiNU 2014. Integrado nessa grande festa da cultura aguedense, a “Agitágueda”, o III Troféu Urbano Rota da Beirrada foi uma organização do Desportivo Atlético de Recardães e contou com a presença de 44 atletas divididos por dez escalões de Competição, aos quais se devem acrescentar cerca de meia centena nos escalões abertos, de formação e “familias”. Repartida por uma prova urbana, traçada em tempos de Distância Média, e por um Super Sprint, a prova teve em João Amorim e Isabel Oliveira, ambos do Ori-Estsrreja, os vencedores no escalão Sénior. O Grupo Desportivo dos Quatro Caminhos foi outro dos clubes em em destaque, dominando por completo os escalões jovens (vitórias de Pedro Silva e Daniela Silva em Juvenis e de Diogo Delgado e Verónica Fradique em Juniores) e chegando ainda à vitória em Veteranos I e II, por intermédio de Sandro Castro e Fernando Costa, respetivamente. Elda Rua (Ori-Estarreja) foi a vencedora em Veteranos II Femininos e Manuela Marques (.COM) levou a melhor em Veteranos I Femininos. Resultados completos em http://www.dar.pt/dar/.

[Foto: © Swiss Orienteering Team / facebook.com/SwissOrienteeringTeam]


Saudações orientistas.

Joaquim Margarido
  

Sem comentários: