sexta-feira, 4 de julho de 2014

Duas ou três coisas que eu sei dela...



1. “Um salto qualitativo e quantitativo sem precedentes no desenvolvimento da Orientação no Uruguai”. Foi desta forma que Winston Robilotta, Presidente da Associação Uruguaia de Orientação, classificou a adoção do sistema SPORT Ident para o controlo de provas de Orientação naquele país da América do Sul. Coincidindo com a visita de Siegfried Ritter, representante da firma alemã, os orientistas uruguaios inauguraram o novo equipamento, com o qual esperam otimizar aspetos organizativos fundamentais dos eventos nacionais e internacionais já agendados, assim como promover o crescimento do nível competitivo dos desportistas que neles participam. A apresentação do equipamento teve lugar no dia 21 de Junho, em Punta del Este, e foi complementada com um evento de demonstração na manhã do dia seguinte no Arboretum Lussich, um lugar único do património da cidade de Maldonado, a capital uruguaia da Orientação. Para Winston Robilotta, “agora é necessário um impulso continuado que permita alcançar as condições adequadas à realização da XX Taça dos Países Latinos, em Novembro, evento internacional que se realiza em simultâneo com a VIII Taça Mercosul de Orientação e com o 2º Meeting Internacional de Orientação de Maldonado”. A Sierra de la Ballena, as pacatas localidades de Gregorio Aznárez e Cerros Azules e as ruas de Punta del Este serão os espetaculares palcos dum conjunto de competições que, “seguramente, marcarão um antes e um depois na Orientação uruguaia”, conclui Robilotta. Saiba mais em http://www.orientacion-uruguay.com.uy/.


2. Com assinatura de Bernt O. Myrvold, a Federação Norueguesa de Orientação tem vindo a publicar na sua página na Internet, uma série de documentos preciosos que relatam os primórdios da Orientação, em particular naquele país nórdico. Se, pela sua relevância e conteúdo informativo, “Dos Livros da História” é uma série que merece um olhar atento, a verdade é que há um artigo que chama em particular a nossa atenção e que se debruça sobre as origens da Orientação de Precisão. Das experiências iniciáticas em 1973 ao primeiro colóquio sobre Orientação para pessoas com deficiência física, na Primavera de 1984, passando pelo primeiro grande evento de Orientação de Precisão, opondo noruegueses e suecos, em 1989, “Fra historieboka: NUG/TOF/Pre-o – Kjært barn har mange navn “ dá conta de todo um processo evolutivo no qual se funda a Orientação de Precisão tal como a conhecemos nos dias de hoje. Vale a pena ler o artigo na versão original, em http://www.o-norge.no/wordpress/?p=2049, ou recorrendo à tradução automática na versão inglesa [AQUI].


3. Para aqueles que, direta ou indiretamente, marcaram presença no recente Campeonato da Europa de Orientação de Precisão ETOC 2014, será uma revisitação. Para os restantes, trata-se da oportunidade única de reviver, ainda que virtualmente, as emoções da competição de TempO – qualificatórias e Final - que teve lugar no Palmela Village, nos dias 13 e 16 de Abril. Trata-se de mais uma iniciativa dos checos Libor Frost e Lenka Forstová, patente desde o passado dia 26 na sua página “TempO – Training Page”, em http://www.yq.cz/trail-o/TempO/. A não perder!


4. “Mais vale tarde que nunca”, diz o povo na sua infinita sabedoria. Pois é, tardou mas chegou finalmente o nº 54 da Revista O Praticante, desta feita não tão “gorda” como habitualmente - “apenas” 84 páginas (!) -, que isto de manter uma publicação gratuita nos dias que correm é um exercício de coragem. Ou, como refere Amália Mendes, Directora da publicação, no excelente Editorial, “muitas vezes dar um passo atrás, para dar dois para a frente, não é nenhum desprestígio (...)”. Numa edição onde o Atletismo (versão “Estrada” e “Trail”) e a BTT somam a fatia de leão, a Orientação volta a merecer um carinho especial, destacando-se, ao longo de dez páginas, as reportagens do Portugal O' Meeting 2014, Norte Alentejano O' Meeting 2014, 3º Campeonato Mediterrânico de Orientação e ainda o PreO Challenge – Maia Cidade Europeia do Desporto 2014. Tudo para ler em http://free.yudu.com/item/details/1975272/O-Praticante-n---54.


5. A Orientação regressa já no próximo domingo à Baixa da Cidade do Porto. Integrando o projeto “Porto em Boa Forma”, esta é uma iniciativa da Porto Lazer e da Orievents, com o apoio do Grupo Desportivo dos Quatro Caminhos e que propõe uma visita, quiçá diferente, a alguns dos mais emblemáticos monumentos e locais de interesse da cidade do Porto, caminhando com um mapa na mão e usando técnicas de orientação. “Não se pretende que esta atividade seja uma competição, mas sim uma forma de aprendizagem da modalidade em comunhão com a cultura e o turismo”, pode ler-se na página do evento no Facebook, em https://www.facebook.com/events/1527940744100786/. O local de concentração, partida e chegada, está apontado para a Praça D. João I, em frente ao Teatro Rivoli, pelas 10h00. A participação é gratuita e haverá a possibilidade de acompanhamento por monitores da organização. Faça já a sua inscrição em https://docs.google.com/spreadsheet/viewform?fromEmail=true&formkey=dEdUbl8zdElUQWhGaHF0R3BPa2JmRGc6MA. Não falte!


6. Já se encontra disponível para consulta o ranking atualizado da Taça de Portugal de Orientação de Precisão 2014 [AQUI]. Após as vitórias na 5ª etapa e a consequente conquista dos títulos nacionais de PreO, Ricardo Pinto (DAHP) e Joaquim Margarido (CRN) comandam os rankings na Classe Paralímpica e Aberta, respetivamente. As posições imediatas na Classe Paralímpica são ocupadas por Júlio Guerra (DAHP) e José Laiginha Leal (CRN), enquanto na Classe Aberta o segundo lugar é pertença de Nuno Pires (Ori-Estarreja), seguindo Cláudio Tereso (ATV) na terceira posição. A Taça de Portugal prossegue no próximo dia 9 de Agosto, em Cervera de Pisuerga (Espanha), com a realização do II Campeonato Ibérico de Orientação de Precisão / 5 Dias de Espanha.


Saudações orientistas.

Joaquim Margarido

Sem comentários: