sábado, 21 de junho de 2014

Campeonato Nacional de Sprint 2014: Títulos para Miguel Silva e Patrícia Casalinho


Repetindo o excelente desempenho desta manhã, Miguel Silva foi o mais forte na decisiva manga, disputada na vila medieval de Penedono, sagrando-se campeão nacional de Sprint no escalão de Elite masculina. No setor feminino a grande reviravolta aconteceu, com Mariana Moreira a “oferecer” o título a Patrícia Casalinho.


A vila medieval de Penedono recebeu esta tarde a segunda e decisiva manga do Campeonato Nacional de Sprint 2014. De novo com traçado de percursos de Rui Martins, sobre um mapa novo desenhado por Tiago Aires e Raquel Costa, a prova ofereceu aos mais de 350 participantes momentos de enorme emoção, com um redobrado nível de exigência técnica em relação à prova da manhã a pôr à prova de forma intensa as qualidades e capacidades dos valores em presença.

No escalão de Homens Elite, Miguel Silva (CPOC) e Tiago Romão (ADFA) partiam para esta etapa empatados em tempo e com uma escassa vantagem de oito segundos sobre Manuel Horta (GafanhOri). E embora os resultados nas provas mais recentes conferissem teoricamente alguma vantagem a Tiago Romão, este era, definitivamente, um “jogo de tripla”, cuja imprevisibilidade e emoção no tocante ao vencedor haveria de se manter até ao derradeiro segundo. Transformado por um dia em singular “ponto de espectadores”, o magnífico pelourinho em gaiola de Penedono foi sendo palco de reviravoltas constantes na classificação, com o desfecho final a ser mantido em aberto à medida que a tarde avançava. A aglomeração de público junto ao ponto de espectadores terá sido fatal para as aspirações de Tiago Romão, acabando por falhar a opção óbvia e por perder preciosos segundos. Já na parte final, uma imprecisão na leitura de mapa no ponto 17 constituiu o golpe final nas aspirações do atleta da ADFA. Miguel Silva acabaria por perder também alguns segundos numa ou noutra hesitação, mas a sua maior consistência ao longo de toda a prova viria a abrir-lhe as portas do título, recuperado cinco anos após a inesquecível jornada de Santarém. Apesar do segundo melhor tempo nesta manga, João Mega Figueiredo (CN Alvito) não conseguiria melhor do que o quarto lugar, com Manuel Horta a conservar a terceira posição final.


Desatenção de Mariana Moreira dá vitória a Patrícia Casalinho

No escalão de Damas Elite, a questão como que parecia praticamente resolvida após a realização da manga da manhã. Reconhecidamente em melhor forma que as suas mais diretas adversárias e beneficiando da ausência da sua colega de equipa e campeã nacional em 2013, Vera Alvarez, Mariana Moreira (CPOC) preparava-se para vencer e eis senão quando... Antecipar a opção para o ponto 6 levou a atleta a “saltar” o ponto 5 e, consequentemente, a fazer um mais do que escusado “mp”. Com um parcial de 15:27 nesta manga, a checa Stepanka Betkova acabou sendo a mais rápida, mas a medalha de campeã nacional, essa, foi parar direitinha ao peito de Patrícia Casalinho. Liliana Oliveira e Maria João Sá, ambas do GD4C, ocuparam por esta ordem os lugares imediatos do pódio.

No final da prova, Miguel Silva mostrava-se satisfeito com o resultado e com as suas prestações: “Um título nacional é sempre um título nacional. É para isso que trabalhamos uma época inteira, nos dedicamos e colhemos os frutos desse trabalho nos momentos importantes”, começou por referir. Falando da vitória e da sua prova, o atleta consegue descortinar aquilo que pode ter estado na origem do sucesso: “No passado fim de semana competi na Finlândia, estive depois uns dias a treinar na Suécia e isso deu-me um maior à vontade com o mapa. Chegar aqui, ter as rotinas todas certas, ser cauteloso e não cometer erros de maior acabou por resultar na vitória.” Também Patrícia Casalinho se mostrava contente com este título, adjetivando-o de “fantástico”, mas... “Acabo por ter pena da Mariana, pois sei que ela venceria com inteiro mérito. Infelizmente fez 'mp', pode acontecer a qualquer um, poderia ter acontecido a mim. Acabei por ter sorte, mas isto são as contingências da própria modalidade.” Quanto ao título e às provas que lhe serviram de base, Casalinho confessa ter gostado mais da etapa da manhã, “apesar de ambas as etapas terem sido muito desafiantes, muito difíceis, exigindo uma atenção constante e antecipar os pontos. A verdade é que de manhã não cometi erros e de tarde cometi vários erros que me custaram largos segundos. Mas gostei muito das provas e dos terrenos, muito bonitos”, concluiu.


Resultados

Homens Elite
1º Miguel Silva (CPOC) 28:47
2º Tiago Romão (ADFA) 29:11
3º Manuel Horta (GafanhOri) 29:35
4º João Mega Figueredo (CN Alvito) 29:51
5º Tiago Gingão Leal (GD4C) 29:58
6º Pedro Nogueira (ADFA) 31:31

Damas Elite
1º Stepanka Betkova (Ginásio CF) 31:28
2º Patrícia Casalinho (COC) 32:44
3º Liliana Oliveira (GD4C) 35:16
4º Maria João Sá (GD4C) 35:44
5º Sandra Marcolino (GD4C) 1:02:28

Resultados completos e demais informações em http://conquistacastelo.coviseu-natura.pt/.


Saudações orientistas.


Joaquim Margarido

Sem comentários: