domingo, 25 de maio de 2014

III Trofeo Piñares 2014: Daniel Catarino bisa título ibérico



Em dia de eleições para o Parlamento Europeu, Portugal conclui a sua participação no III Trofeo Piñares 2014 de forma modesta. Daniel Catarino foi o único atleta português a acumular os títulos ibéricos de Distância Média e de Distância Longa e para ele vão, merecidamente, as honras maiores de mais uma jornada em terras de Espanha.


Com a disputa da etapa de Distância Longa, chegou ao fim na manhã de hoje o III Trofeo Piñares 2014 e que incluiu o XXII Campeonato Ibérico de Orientação Pedestre Masculino. Contando com a presença de quase oito centenas de competidores, a prova decorreu em San Leonardo, Soria, e teve a assinatura organizativa do clube local, o Navaleno-O. Fazendo um balanço da jornada, Portugal somou apenas um título aos quatro alcançados no dia de ontem, todos eles de Distância Média, com Daniel Catarino (Ori-Estarreja) a repetir a excelente perfomance da véspera e a levar de vencida o escalão H18. Também João Novo (.COM) repetiu o segundo lugar alcançado na etapa de Distância Média neste mesmo escalão, bisando a presença no pódio.

Nos lugares secundários, o número de portugueses presentes foi idêntico ao da véspera, com alguns a “reincidir”. Foi o caso de Ricardo Esteves (ADFA), segundo classificado no escalão H16, e de Sandro Castro (GD4C) e Jorge Correia (ADFA), segundo e terceiro classificados, respetivamente, no escalão H40. Nas restantes presenças, assinale-se Rui Botão (COC), segundo classificado no escalão H45, Manuel Dias (GafanhOri), igualmente segundo classificado no escalão H60 e Joaquim da Costa (GD4C), terceiro classificado no escalão H65. Uma referência ainda para o escalão de Elite Masculina, com a vitória a sorrir a Antonio Martínez Pérez (Colivenc), seguido do seu companheiro de clube Andreu Blanes Reig e de Luis Enrique Nogueira de La Muela (COMA), respetivamente segundo e terceiro classificados. Pedro Nogueira (ADFA) foi o melhor português neste escalão, terminando a sua prova no sexto lugar.


Troféu com cinco vitórias lusas

Passando às senhoras, o panorama pode considerar-se ligeiramente mais animador. Débora Swinke e Beatriz Sanguino, ambas do CPOC, alcançaram por esta ordem os dois primeiros lugares no escalão D16, enquanto Helena Lopes (CIMO) levou de vencida o escalão D50 . Quanto ao pódio de D60, foi integralmente preenchido por atletas portuguesas, com Maria de São João (CLAC) a alcançar o primeiro lugar, seguida de Beatriz Leite (Montepio Geral) e de Ana Carreira (CPOC). Ainda nos lugares do pódio tivemos Alexandra Coelho (GD4C), terceira classificada no escalão D45 e Margarida Rocha, do mesmo clube, segunda classificada no escalão D55. No escalão de Elite Feminina, Ona Rafols Perramon (COC) foi a grande vencedora, seguida de Mariana Moreira (CPOC) e de Annabel Valledor Fernández (Badalona-O). Na quarta posição classificou-se Vera Alvarez (CPOC).

No cômputo geral do III Trofeo Piñares 2014 (somatório de tempos das etapas de Distância Média e de Distância Longa), foram apenas cinco os atletas portugueses a levarem de vencida um dos 36 escalões em prova – competição, formação e abertos. Começando pelos escalões abertos, precisamente, Fábio Azinheirinha (GafanhOri) foi o vencedor do Open Laranja. Daniel Catarino, Jorge Correia, Débora Swinke e Maria de São João completam o leque de ganhadores da jornada espanhola. Andreu Blanes Reig e Ona Rafols Perramon levaram de vencida os escalões de Elite masculina e feminina, respetivamente, com Pedro Nogueira, na quarta posição e Mariana Moreira no terceiro lugar a cotarem-se como os nossos melhores representantes.

Resultados completos e demais informação em http://www.navaleno-orientacion.es/.

[Foto de Arquivo]


Saudações orientistas.

Joaquim Margarido

Sem comentários: