domingo, 5 de janeiro de 2014

Por uma Causa: Projeto "Volta a Portugal Solidária""



Entre os dias 27 de junho e 21 de agosto próximos, João Casal espera levar a cabo o seu projeto “Volta a Portugal Solidária” e, com isso, sensibilizar as pessoas a sentirem as dificuldades reais vividas pelas crianças e jovens de Itoculo, Moçambique, angariando donativos para ajudar a “Missão Itoculo”. Uma causa solidária à qual o Orientovar junta a sua voz, mostrando-lhe alguns dos aspetos mais importantes deste projeto.


Ajudar uma instituição que em África estivesse a trabalhar com crianças e jovens”. Aquilo que começou por ser um sonho, depressa se transformou numa necessidade, num imperioso propósito de vida. E se bem o pensou, melhor o fez. Reunindo os necessários apoios, João Casal sai para a Estrada no dia 27 de junho, pronto para uma Volta a Portugal invulgar. Ao longo de 55 dias consecutivos, o atleta prepara-se para atravessar de lés a lés o nosso País, visitando todos os distritos do Continente, passando por mais de 800 localidades e cumprindo um total de 2.605,5 km, com etapas diárias na distância entre os 40 e os 60 km.

Nascido em Vila Nova de Foz Côa em 8 de abril de 1967, João Casal viu despertar em si o gosto pela corrida aos 20 anos, quando cumpria o Serviço Militar. Todavia, foi apenas em 2003 que abraçou a prática desportiva regular, descobrindo nessa altura a Orientação, com a qual viveria muitos dos seus melhores momentos desportivos com as cores do Grupo Desportivo dos Quatro Caminhos e do Clube de Orientação de Estarreja. Quatro títulos nacionais, três titulos regionais e três participações em Campeonatos do Mundo de Veteranos, são apenas os momentos altos duma carreira plena de significado e que envolve, de forma indelével, a sua mulher Ana e o filho, João Pedro.


Uma única causa, a causa solidária”

Após todos estes êxitos, depois de tantas subidas ao pódio, Casal sente que lhe falta correr a prova mais importante da sua vida, “fazer uma corrida em que os únicos adversários sejam os mais de 2.500 quilómetros que vai percorrer” dando a conhecer o trabalho que as Irmãs Espiritanas desenvolvem em Itoculo, na província de Nampula, interior norte de Moçambique. O Lar Eugénie Caps, que acolhe 50 jovens vindas das partes mais desfavorecidas e de famílias muito carenciadas, é o único meio de providenciar estudos a muitas jovens da região. A anuidade paga por cada uma – aproximadamente 18 euros – é, todavia, insuficiente para lhes proporcionar alimentação, vestuário e os estudos, pelo que toda a ajuda que possa ser dada é pequena para tão grande causa. E é com este “espírito de missão”, alicerçado na nobreza do gesto, que João Casal abraça esta causa, tentando angariar fundos para a missão de Itoculo. Mas não só, já que “o projeto 'Volta a Portugal Solidária' tem uma única causa, a causa solidária, mas não deve ser única e exclusivamente fechado a uma Instituição”, de acordo com as suas palavras.

O esforço de treino e de preparação para a enorme empreitada que se avizinha já começaram há cerca de um ano, contando para tal com a máquina do clube que representa no Atletismo, a Escola de Atletismo Alzira Lário, de Viana do Castelo. Entre as personalidades e entidades aderentes ao projeto, contam-se, entre outros, as Câmaras Municipais de Viana do Castelo e de Vila Nova de Foz Côa, a Junta de Freguesia de Alvarães (Viana do Castelo), D. Anacleto Oliveira, Bispo de Viana do Castelo, o Grupo Missionário de Ajuda a Itoculo de Alvarães, as Irmãs Missionárias do Espírito Santo, os Jovens Sem Fronteiras e o webzine de corrida Correr Por Prazer.



Saiba mais pormenores clicando na imagem acima e acompanhe os desenvolvimentos do projeto na página de João Casal no Facebook, em https://www.facebook.com/joao.casal.96?fref=ts.


Saudações orientistas.

Joaquim Margarido

Sem comentários: