quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Andaluzia O' Meeting 2014: A promessa dum evento inesquecível



Três dias de competição, duas etapas WRE e uma das provas com mais qualidade e de maior repercussão internacional do Calendário espanhol de Orientação Pedestre. Falamos, naturalmente, do Andalucia O’ Meeting, cuja 5ª edição terá lugar entre os dias 14 e 16 de Fevereiro, em Pinares de Punta Umbría, bem próximo da fronteira portuguesa.


Punta Umbría, no sul de Espanha, recebe de 14 a 16 de fevereiro uma das provas maiores do calendário espanhol. Evento consolidado no calendário Internacional de Inverno e pontuável para a Liga Espanhola de Orientação Pedestre, o Andalucia O’ Meeting AOM 2014 tem para oferecer um conjunto de mapas nunca dantes navegados, desafios de elevado nível e a experiência organizativa da equipa Sun-O, com o apoio do Ayuntamiento de Punta Umbría. Em suma, um grande fim de semana de Orientação em perspetiva, apostando na qualidade técnica e na capacidade logística.

Junto de Pedro Pasión, Diretor do AOM 2014, procurámos aprofundar um pouco mais as propostas da organização e, ao mesmo tempo, fazer a história dum evento de referência, apesar da sua juventude. É assim que ficamos a saber que “o AOM partiu da ideia de associar a organização de um Campo de Treino internacional com um evento de qualidade na mesma zona, garantindo padrões de modernidade.” Bons traçadores, mapas de qualidade e uma criteriosa selecção dos terrenos de competição, “sempre com o mar em pano de fundo”, tais são os ingredientes da presente edição do V Andalucia O’ Meeting, no qual a organização aposta no reforço dos índices de participação que, em 2013, se cifrou nos 1000 atletas, metade dos quais estrangeiros.


Grande cobertura mediática

Depois das quatro primeiras edições realizadas em Cádiz, a organização decidiu avançar este ano para Pinares de Punta Umbría, na Província de Huelva. Ampliar a oferta de Campos de Treino e responder às solicitações dos muitos participantes que clamavam por mudança, tais foram os desígnios que estiveram na origem deste “voltar de costas” a Cádiz. A melhor opção foi Huelva, uma vez que, como explica Pedro Pasión, “é, juntamente com Cádiz, a província espanhola com a maior mancha florestal de toda a região litoral sul de Espanha”. E Punta Umbría, em particular, porque “é um município que aposta fortemente no desporto e que disponibilizará toda a sua experiência e meios ao serviço do AOM 2014, a mesma que aplicou na organização do Campeonato do Mundo de Corta-Mato em 2011”, acrescenta aquele responsável.

As expectativas relativas à presente edição do AOM são elevadas. É que não são apenas os dias de competição, mas igualmente os Campos de Treino, antes e depois do evento, com percursos desenhados por Thierry Gueorgiou e nos quais a selecção nacional finlandesa, com todas as suas estrelas maiores, é presença confirmada. Mas a aposta na promoção do evento vai mais longe, com Pedro Pasión a prometer para a edição de 2014 uma forte cobertura mediática, “com o sistema tractrac, ecrã gigante na linha de meta, câmaras na floresta e transmissão em direto da prova via internet”, uma situação que eleva o AOM 2014 à condição de “única prova que, em território espanhol, teve até hoje tais meios de transmissão”, assevera. Outro aspeto que o Diretor do Evento faz questão de salientar prende-se com a presença “na FITUR, a Feira Mundial de Turismo, que terá lugar em Madrid no final deste mês e na qual o AOM representará o desporto da Comunidade de Andaluzia no seu pavilhão de exposições.”


Norte de Marrocos, “um tesouro por descobrir”

A conversa caminha para o final mas há tempo ainda para destacar um evento paralelo e que pretende prolongar a oferta em termos de orientação e, já agora, igualmente do ponto de vista turístico. Trata-se do MoroccO 3 Days, um evento composto por duas provas de floresta e um Sprint urbano, na medina de Chaouen, e que proporcionará ainda aos participantes uma visita a Ceuta, Cheffchauen e Tetuan. Tudo organizado a partir de Algeciras, no dia 21 de fevereiro, com regresso marcado para o dia 23. Classificando o Norte de Marrocos como “um tesouro por descobrir”, Pasión faz questão de salientar que se trata duma região “verde e montanhosa como Portugal e Espanha, com uma enorme influência cultural destes dois países, uma gastronomia riquíssima e belezas naturais incríveis”. E não é necessário dizer muito mais para que se entenda o convite implícito a uma experiência inesquecível de turismo e orientação, capaz de transformar esta “aventura-o” numa ocasião muito especial.

Tudo para conferir em http://aom2014.com/ ou na página do Facebook, em https://www.facebook.com/events/521189287947917/.



Saudações orientistas.

Joaquim Margarido

Sem comentários: