quarta-feira, 3 de julho de 2013

JWOC 2013: DOMÍNIO NÓRDICO NA FINAL DE DISTÂNCIA MÉDIA



Repetindo a bem sucedida etapa inaugural dos Campeonatos do Mundo de Juniores de Orientação Pedestre JWOC 2013, a Suécia voltou a mostrar a sua veia ganhadora na final de Distância Média de hoje. No regresso a Radvanice, a turma sueca ocupou por inteiro o pódio masculino e conquistou ainda a medalha de prata no setor feminino. Emil Svensk e Miri Thrane Ødum são os grandes vencedores da jornada, mas há um nome que se afirma sobre os demais com metade dos títulos disputados: Lisa Risby.


Depois do título de Distância Longa alcançado na passada segunda-feira, Lisa Risby (Suécia) voltou a ser figura de destaque no dia de hoje ao concluir a final de Distância Média na segunda posição com o tempo de 25:36 para 3.000 metros de prova (110 metros de desnível, 14 pontos de controlo). A atleta teve uma entrada desastrosa num mapa particularmente rude e pedregoso, perdendo cerca de dois minutos nos pontos 2 e 4 (era nessa altura a 54ª classificada); mas não virou a cara à luta e demonstrou uma forma e uma classe verdadeiramente fantásticas que lhe permitiram chegar à medalha de prata. A vencedora foi a dinamarquesa Miri Thrane Ødum com um registo de 25:05, enquanto a terceira posição coube à norueguesa Mathilde Rundhaug com mais 40 segundos que a vencedora. Isia Basset (França) e Lucy Butt (Grã-Bretanha), que ontem tinham dado nas vistas ao vencerem as respetivas séries classificatórias, não foram hoje além do 5º e 19º lugar, respetivamente. A espanhola Marina Garcia Castro fechou o leque de 57 atletas classificadas, a 23:04 da vencedora.

No setor masculino, o momento do dia registou-se aquando da subida ao pódio dos três atletas suecos. Uma explosão de alegria em torno duma proeza que apenas em 2000 (Nove Mesto Na Morave, República Checa) havia sido registada, igualmente na final de Distância Média, na altura com os checos Michal Smola, Zbynek Hora e Jaromír Svihovsky a alcançarem, por esta ordem, igual desiderato. Desta feita, Emil Svensk foi o mais rápido, concluindo a sua prova de 3.600 metros (120 metros de desnível, 17 pontos de controlo) em 24:32, batendo os seus compatriotas Anton Johansson e Jens Wängdahl pelas escassas margens de um segundo e nove segundos, respetivamente. Sindre Rønning (Noruega), Rudolfs Zernis (Letónia) e Thor Nørskov (Dinamarca), vencedores das séries qualificatórias do dia de ontem, concluiram em 8º, 18º e 29º lugar, respetivamente. Piotr Parfianowicz, medalha de ouro na final de Distância Longa da passada segunda-feira, não foi além do 52º lugar, enquanto os espanhóis Ruiz Pedro Morales e Eduardo Gil Marcos concluiram nos 46º e 55º lugares, respetivamente. O português Rafael Miguel foi o 57º classificado, com um registo de 34:30.

Amanhã é dia de descanso, regressando as grandes decisões só na próxima sexta-feira com as finais de Sprint. Tudo para acompanhar em http://www.jwoc2013.cz/ ou aqui, no seu Orientovar.


[Fotos de Petr Kadeřávek / kade.cz]


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: