domingo, 21 de julho de 2013

I ORI-PRECISÃO "ROTA DA BAIRRADA": DANIEL FILIPE E JÚLIO GUERRA VENCEM EM ÁGUEDA



Águeda recebeu a 9ª etapa do III Circuito de Orientação de Precisão “Todos Diferentes, Todos Iguais”. Numa cidade em festa, Julio Guerra e Daniel Filipe souberam impôr-se à concorrência, levando de vencida as classes respetivas.


Com a cidade de Águeda a viver de forma intensa mais uma edição do AgitÁgueda, o dia de sábado trouxe às ruas da cidade muita animação e decoração insólita, com manequins floridos, ruas cobertas de guarda-chuvas multicores, teatro de rua e... Orientação. A atividade desportiva contou com a assinatura do Desportivo Atlético de Recardães e desenvolveu-se nas vertentes Pedestre e de Precisão, esta última com a realização da 9ª e penúltima etapa do III Circuito de Orientação de Precisão “Todos Diferentes, Todos Iguais”.

Na distância de 1.400 metros, o percurso do I Ori-Precisão “Rota da Bairrada” obedeceu a um conceito inovador, ao encontro da cidade e das suas gentes. Ruas e avenidas, praças e jardins, tudo foi aproveitado para a colocação dos pontos, misturando atletas e transeuntes e provocando uma natural onda de curiosidade em quem se dispunha a observar o desenrolar da prova. Aquilo que a Orientação de Precisão poderá ter perdido com esta fuga da floresta “pura e dura”, ganhou-o certamente no valor inclusivo duma modalidade que teima em lutar pela sua afirmação e por ganhar um lugar de reconhecida importância no panorama da Orientação nacional.


Nuno Rebelo assume liderança

Com Ricardo Pinto e Diana Coelho ausentes na Finlândia, a representar o nosso país nos Campeonatos do Mundo de Orientação de Precisão, Julio Guerra (DAHP) chegou pela segunda vez consecutiva a uma vitória no Circuito, impondo-se por larga margem aos seus companheiros do Núcleo de Desporto Adaptado do Hospital da Prelada, António José Novais, Ana Paula Marques e António Amorim. Julio Guerra registou um resultado de 14/16 pontos, igualando a performance de Daniel Filipe (Individual), o vencedor da Classe Aberta. Filipe estreou-se assim da melhor forma no Circuito, levando de vencida pela apertada margem de um ponto os “consagrados” Nuno Pires (Ori-Estarreja), Aida Correia (GD4C), Cláudio Tereso (ATV) e José Miguel Sá (Clube Montepio Geral).

A prova ficou marcada por um conjunto de problemas técnicos e reclamações que obrigaram à anulação de dois dos dezasseis pontos no terreno inicialmente previstos. A uma etapa da sua conclusão, o III Circuito de Orientação de Precisão “Todos Diferentes, Todos Iguais” assistiu a grandes mexidas nos lugares cimeiros do ranking da Classe Aberta, com Nuno Rebelo (Ori-Estarreja) a tirar partido da ausência de Pedro Massa (DAHP) para se fixar no primeiro lugar com 443,36 pontos. Embora não possa descuidar-se na última etapa, já no próximo sábado, na Lagoa da Vela (Quiaios, Figueira da Foz), Nuno Rebelo parece ter tudo para levar de vencida a edição 2013 do Circuito. Quanto aos lugares imediatos, a luta entre Pedro Massa, Nuno Pires (Ori-Estarreja) e Aida Correia (GD4C) está agora mais acesa que nunca, com os três contendores separados entre si por escassos oito pontos (!). Na Classe Paralímpica, Ricardo Pinto e Júlio Guerra garantiram já os dois primeiros lugares, estando por definir ainda a terceira posição, a qual, tudo aponta, venha a ser ocupada por Diana Coelho.




[Foto gentilmente cedida por Paula Lopes]

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: