domingo, 30 de junho de 2013

JWOC 2013: PORTUGUESES NOS MUNDIAIS



Ultimam-se os preparativos para o arranque do Campeonato do Mundo de Juniores de Orientação Pedestre JWOC 2013 que irá ter o seu início amanhã. A doze horas do primeiro grande embate, o Orientovar toma o pulso ao estado dos nossos três atletas presentes em Hradec Králové – Rafael Miguel, Rita Rodrigues e Vera Alvarez – e aproveita para traçar um pouco da história da presença portuguesa em vinte e quatro edições da prova.


A participação portuguesa em Campeonatos do Mundo de Juniores teve início em 1996, na Roménia. Desde então, Portugal marcou presença em todas as edições da prova, à excepção do JWOC 2000 (República Checa), JWOC 2001 (Hungria) e JWOC 2007 (Austrália). Para a história ficam os nomes de Carlos Pereira, Hugo Patrício, Bruno Gonçalves, Daniel Silva, Ana Martins e Mafalda Almeida como os primeiros atletas portugueses a participarem na competição.

E porque a competição vive dos resultados, digamos que o histórico pesa contra nós, não fora a edição de 2009, em Itália, ter feito atrair a atenção do mundo da Orientação sobre aquilo que de muito bom poderia estar (e estava!) a ser feito em Portugal. Esse foi o ano em que Tiago Romão e Diogo Miguel alcançaram resultados dignos de registo na final de Sprint, com um 11º e um 14º lugar, respectivamente. Também na prova feminina, é digno de registo o 51º lugar de Ana Coradinho, igualmente na prova de Sprint. Mas os bons resultados de 2009 não se ficam por aqui. Na prova de Distância Longa, Diogo Miguel foi um brilhante 40º classificado, enquanto Tiago Romão e Diogo Miguel conseguiram marcar presença na final A de Distância Média, onde foram 39º e 41º classificados, respetivamente. Finalmente, Portugal fez história em ambas as Estafetas, alcançando os melhores resultados de sempre: o 12º lugar no sector masculino e o 21º no sector feminino.


Da final A de Distância Média de Joana Costa ao 7º lugar de Mega Figueiredo no Sprint

Em 2011, nos Mundiais disputados em Rumia – Wejherowo (Polónia), Portugal voltou a marcar excelente presença com Luis Silva e Pedro Silva a chegaram de novo à final A de Distância Média, onde foram 51º e 54º classificados, respetivamente. Mas o grande feito coube a João Mega Figueredo, cujo 31º lugar na final de Distância Longa constitui o melhor resultado português de sempre na distância.

Já em 2012, a estafeta feminina portuguesa (composta por Joana Costa, Mariana Moreira e Vera Alvarez) alcançou um histórico 18º lugar, enquanto Luís Silva conseguiria uma segunda presença consecutiva na final de Distância Média, onde foi 41º classificado, depois da proeza, também ela histórica, de ter vencido a sua série qualificatória. Mas os grande resultado deste JWOC 2012 foram alcançados por João Mega Figueiredo, 7º classificado na final de Sprint e por Joana Costa, não apenas por ter sido a primeira atleta portuguesa a chegar a uma final A de Distância Média, mas também pelo seu 47º lugar final.


Hoje foi dia de Model Event

E chegamos a 2013 e a Hradec Králové, onde hoje foi dia de Model Event e do qual sobram desde já as reações de Vera Alvarez, Rita Rodrigues e Rafael Miguel. Apesar de só ontem ter chegado a Hradec Králové, Rita confessa: “Estou a gostar bastante de estar aqui. Cheguei bastante tarde a Hradec devido a atrasos no voo e depois ainda uma viagem de Praga até ao hotel mas já hoje fizémos dois Model Events, nos quais me ambientei bem ao terreno e mapa.” No tocante a amanhã e à pova de Distância Longa, a atleta promete dar o seu melhor: “Irei num ritmo razoável pois o maior objectivo é para a Média no dia seguinte. Agora é preciso descansar e focar-me nas provas que irei ter!”

Rafael Miguel também partilhou connosco as suas expectativas no tocante à prova de amanhã: “Vou começar a Longa e ver como me sinto. Se estiver a fazer boa prova continuo! Um top 50 ou até 60 seria muito positivo.
No entanto, se cometer algum erro grande não vou acabar a prova.” E explica porquê: “Não faz sentido fazer duas horas de prova quando os grandes objetivos começam no dia seguinte.” Ainda algumas impressões mais: “A adaptação foi relativamente boa e a cada treino sinto-me melhor. Mas mesmo não estando na minha melhor forma, creio que com uma performance estável conseguirei chegar à final A na prova de Distância Média.”


Vera Alvarez descarta Longa

Por último, Vera Alvarez e uma nota de preocupação, já que o problema nos tendões de Aquiles permanece e as cautelas redobradas não têm ajudado ao tão necessário apuramento de forma nesta altura crucial. Mas ouçamos a atleta, a começar pelo dia de amanhã: “Os meus planos permanecem inalterados e não terminarei a prova de Distância Longa. Esta minha decisão foi reforçada pelo facto de ter piorado ligeiramente dos tendões depois do Model Event de hoje onde fui com muito cuidado, pelo que fica completamente fora de questão fazer uma prova de Distância Longa, ainda por cima com este desnível.” Referindo-se em particular ao período de adaptação vivido já em Hradec Králové, a atleta refere que “uma semana de adaptação é crucial, no entanto, nesta semana particularmente, por ser mesmo antes de competição, não podemos aproveitar ao máximo; temos que privilegiar o descanso e não é adequado fazer treinos muito exigentes. Mas ajuda sem dúvida ir aos terrenos mais tempo além do Model Event.” Mas a questão física parece ser um handicap no caso de Vera Alvarez: “Por muito que me sinta confortável tecnicamente, não o sinto fisicamente, o que não se pode melhorar numa semana. O chão é muito sujo e as encostas muito íngremes. São necessários mais treinos no sentido de melhorar a nossa progressão em terrenos como estes. Sinto sempre bastantes dificuldades em avançar no terreno à mesma velocidade que outras atletas, o que no final da prova poderá resultar em bastante tempo perdido.”

Amanhã arranca a competição e o finlandês Elias Kukka será o primeiro a partir quando os ponteiros marcarem as 09:30 (08:30 em Portugal). Só 5 horas e 14 minutos mais tarde sairá Rafael Miguel, enquanto Vera Alvarez e Rita Rodrigues têm como horas de partida as 11:38 e as 13:44, respetivamente. Tudo para a companhar em http://www.jwoc2013.cz/ ou aqui, no seu Orientovar.


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: