domingo, 30 de junho de 2013

CIRCUITO DE ORIENTAÇÃO DE PRECISÃO: RAQUEL COSTA E JULIO GUERRA TRIUNFAM EM VISEU



Raquel Costa e Júlio Guerra foram os vencedores da 8ª Etapa do III Circuito de Orientação “Todos Diferentes, Todos Iguais”. Integrada no Troféu de Orientação Cidade de Viseu, a prova decorreu no Parque Florestal do Fontelo e contou com a participação de 16 atletas.


O Clube de Orientação de Viseu – Natura levou a efeito no Parque Florestal do Fontelo a 8ª etapa do III Circuito de Orientação de Precisão “Todos Diferentes, Todos Iguais”. Integrado nesse evento maior que é o Troféu de Orientação Cidade de Viseu - cujo ponto alto terá lugar no dia de hoje com a realização duma etapa pontuável para o Circuito Nacional Urbano – a etapa de sábado desenrolou-se nas vertentes Pedestre, de Precisão e Adaptada.

A etapa de Precisão viu dezasseis atletas progredirem no belo espaço verde do Parque ao encontro de 14 pontos no terreno e com uma dupla de pontos cronometrados a rematar o percurso de 1.100 metros. Com desafios para todos os gostos, Raquel Costa (GafanhOri) revelou-se a mais certeira na Classe Aberta, concluindo com um “score” de 14/16 pontos e deixando atrás de si, à distância de quatro pontos, Vítor Delgado e Diogo Delgado, ambos do GD4C. Nuno Rebelo (OriEstarreja) e Pedro Massa (DAHP) travaram interessante duelo pelo quarto posto, com o atleta do Clube de estarreja a levar a melhor por um ponto mas ainda a não ser desta que conseguiu chegar à liderança do ranking do Circuito, a qual permanece na posse de Pedro Massa pela escassa margem de 3,5 pontos.

Na Classe Paralímpica, o vencedor apenas foi encontrado nos pontos cronometrados, uma vez que Júlio Guerra e Ricardo Pinto, ambos do DAHP – Núcleo de Desporto Adaptado do Hospital da Prelada, concluíram com igual número de pontos: 11. No decisivo embate entre ambos, Guerra acabaria por responder acertadamente às duas questões em 14 segundos, contra 17 do seu adversário, chegando pela primeira vez à vitória numa etapa do III Circuito de Orientação de Precisão “Todos Diferentes, Todos Iguais”. A terceira posição coube a António Amorim, também ele atleta do DAHP, com um resultado final de 7/16 pontos.





Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: