segunda-feira, 6 de maio de 2013

CAMPEONATO NACIONAL DE SPRINT 2013: TÍTULOS DE ESTREIA PARA JOÃO MEGA FIGUEIREDO E VERA ALVAREZ




No “corridinho” de Buarcos, João Mega Figueiredo e Vera Alvarez mostraram ter o passo acertado. Foram eles os grandes vencedores do Campeonato Nacional de Sprint 2013, alcançando os primeiros títulos das respetivas carreiras na categoria Elite.


Corria a temporada de 1998/1999 e a Federação Portuguesa de Orientação lançava pela primeira vez a vertente de Sprint nos Campeonatos Nacionais. Certamente inspiradas pelo “movimento revolucionário” chamado Park World Tour e que deu as primeiras pisadas de forma consistente em 1996, as provas tomavam nessa altura a designação de “Park-O” e os primeiros campeões nacionais na categoria sénior foram Mário Duarte e Lídia Santana. Uma visita pelo galarim desses nacionais disputados em Évora permite encontrar também nomes como os de Bruno Nazário e Sofia Bento, Pedro Nogueira e Ana Oliveira, Sérgio Caldeira e Renata Tavares, António Alves e Maria Palmira, Amadeu Pinto e São Morais, Rui Barros e Rosa Oliveira, Francisco Coelho e Armandino Cramez, grandes triunfadores nas restantes categorias.

Hoje as provas de Sprint disseminaram-se e têm lugar cativo nos mais variados eventos, incluídos na competição ou como provas “marginais”. O recém-criado CiNU (Circuito Nacional Urbano) representa uma tentativa de rentabilizar o conceito de “Orientação de proximidade” e, apesar de haver ainda uma boa fatia de “conservadores” que não consegue identificar nesta vertente o “desporto da floresta”, a verdade é que o Sprint continua, paulatinamente, a conquistar adeptos.


Errar é proibido!

Uma vez mais se percebeu isso na 15ª edição dos Campeonatos Nacionais de Sprint, que este ano se disputaram em Buarcos. Organizada pela Secção de Orientação do Ginásio Clube Figueirense, a competição contou com a presença de 291 atletas distribuídos por 24 escalões, aos quais se devem acrescentar 107 participantes nos escalões de formação, secundários e abertos. A prova desenrolou-se no desordenado interior da simpática localidade, em mapa novo com trabalho de campo e desenho de António Neto, com os percursos a mostrarem-se despidos de grande desafio técnico devido à escassez de opções. Perante esta evidência, àqueles que se apresentaram com aspirações aos respetivos títulos, a tónica colocou-se no erro: “Errar é proibido!”

Provas consistentes e seguras – ainda assim não desprovidas de erros -, foram a receita de João Mega Figueiredo (CN Alvito) e Vera Alvarez (CPOC) para se estrearem a vencer em Campeonatos Nacionais na categoria de Elite. No setor maculino, Mega Figueiredo precisou de 16 minutos exatos para completar o seu percurso, batendo Miguel Silva (CPOC) e Pedro Nogueira (ADFA) pela margem de 25 e 43 segundos, respetivamente. A luta no setor feminino foi mais apertada – as cinco primeiras classificadas terminaram separadas entre si por escassos 46 segundos -, com Vera Alvarez a registar 14:21 na chegada, contra os 14:37 de Raquel Costa (GafanhOri) e os 14:51 de Andreia Silva (COC). A nota de desilusão vai para os anteriores campeões nacionais, Tiago Gingão Leal (GafanhOri) e Mariana Moreira (CPOC), 7º e 6º classificados nos escalões respetivos.


Jovens do CLAC em alta

Na pele da nova Campeã Nacional de Sprint, Vera Alvarez confessou “sentir-se bem”. Para a atleta, “este era um título que ambicionava, uma vez que o Sprint é um dos meus objetivos internacionais, a distância para a qual me preparo melhor.” Quanto à prova em si, a atleta considera que “o mapa poderia ter sido melhor aproveitado, uma vez que havia poucas opções e por vezes o percurso era pouco interessante.” O segredo da vitória, segundo Vera Alvarez, residiu em “não ter cometido erros grandes e em fazer uma prova consistente. Nem sempre fiz a melhor opção mas, como estive forte fisicamente, consegui sempre compensar.”

Nos restantes escalões, uma nota de destaque desde logo para o desempenho dos jovens representantes do CLAC, André Martins (H14), Daniel Catarino (H18) e Inês Gonçalves (D20), a levarem para o Entroncamento três saborosos títulos nacionais e a deixarem bem viva a expressão do excelente trabalho desenvolvido, não apenas por via dum Clube que tem sabido acarinhar a modalidade, mas muito pelo empenho e pela vontade de Escolas e Professores de toda esta região tão particular da Lezíria Médio Tejo. De referir ainda os nomes de Tânia Pereira Olaio (COC), Ricardo Esteves (ADFA), Beatriz Moreira (CPOC), Alberto Branco (CP Armada) e Joaquim Sousa (COC), todos eles somando ao título de Campeão Nacional de Sprint nos respetivos escalões de D14, H16, D18, H35 e H40, o de Distância Longa alcançado na véspera. Com o tempo de 11:46 no seu percurso, Vítor Delgado (GD4C) foi o grande vencedor do escalão H45, conseguindo a média ponderada mais rápida do Campeonato, com 5:53/km e impondo-se assim ao super-favorito Armando Santos Sousa (ADFA) por largos 1:14 (!). Uma última nota para o escalão D40 e para Alexandra Coelho (GD4C), aqui a quebrar a série de quatro títulos consecutivos de Anabela Vieito (COC), que não foi além do terceiro lugar.


Resultados

Homens Elite
1º João Mega Figueiredo (CN Alvito)16:00
2º Miguel Silva (CPOC) 16:25
3º Pedro Nogueira (ADFA) 16:43
4º Hélder Marcolino (GD4C) 16:49
5º Manuel Horta (GafanhOri) 17:01

Damas Elite
1º Vera Alvarez (CPOC) 14:21
2º Raquel Costa (GafanhOri) 14:37
3º Andreia Silva (COC) 14:51
4º Maria Sá (GD4C) 14:56
5º Patrícia Casalinho (COC) 15:07

Vencedores outros escalões
H/D14 – André Martins (CLAC) e Tânia Pereira Olaio (COC)
H/D16 – Ricardo Esteves (ADFA) e Ana Rita Ferreira (ADFA)
H/D18 – Daniel Catarino (CLAC) e Beatriz Moreira (CPOC)
H/D20 – Rafael Ramos (Ori-Estarreja) e Inês Gonçalves (CLAC)
H/D35 – Alberto Branco (CP Armada) e Susana Pontes (CPOC)
H/D40 – Joaquim Sousa (COC) e Alexandra Coelho (GD4C)
H/D45 – Vítor Delgado (GD4C) e Aida Correia (GD4C)
H/D50 – Mário Duarte (ADFA) e Luísa Gaboleiro (GDU Azoia)
H/D55 – Vítor Rodrigues (CPOC) e Fernanda Ferreira (DA Recardães)
H/D60 – Armando Santos (COALA) e Beatriz Leite (Clube Montepio)
H65 – Francisco Coelho (Clube TAP)
H70 – Armandino Cramez (Ori-Estarreja)

Mais informações em http://cn2013.ginasiori.pt/.


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: