terça-feira, 30 de abril de 2013

PORTO CITY RACE 2013: ORIENTAÇÃO E PATRIMÓNIO DE MÃOS DADAS



Depois das várias incursões da Orientação levadas a cabo em 2012 no Centro Histórico do Porto, o Grupo Desportivo dos Quatro Caminhos regressa a um local de eleição, preparando-se para organizar, já no próximo dia 12 de maio, a segunda edição do Porto City Race. Uma manhã de descoberta e de puro prazer, ao encontro de alguns dos segredos mais bem guardados da cidade Património Mundial da Humanidade.


O casco histórico do Porto recebe na manhã do dia 12 de maio um grande evento urbano de Orientação Pedestre. Trata-se do Porto City Race, prova de abertura do Circuito Nacional Urbano 2013, aberto a pessoas de qualquer idade, podendo participar individualmente ou em grupo.

À London City Race foi o Grupo Desportivo dos Quatro Caminhos “beber” a filosofia deste tipo de provas, com o Porto City Race a assumir desde o início a condição de “evento gémeo” da mítica prova londrina. Cientes de que têm um longo caminho a percorrer para conseguirem alcançar patamares de participação idênticos aos da sua congénere de Londres – o mais recente evento teve lugar no dia 22 de Setembro de 2012, com 1197 atletas a cruzarem a linha final em Temple -, os organizadores da prova “tripeira” têm a seu favor dois fatores deveras importantes: a riqueza e beleza da urbe e a importância crescente que os portuenses dão à marcha e à corrida, com algumas provas deste género organizadas na cidade a ultrapassarem facilmente os dez milhares de participantes.


Correr a pensar, pensar a Correr”

Mas o que é que a marcha e a corrida têm a ver com a Orientação? Têm tudo, apetece dizer! Ao extraordinário Webzine de Corrida “Correr por Prazer” - http://www.correrporprazer.com/ -, Fernando Costa assegura que a Orientação “é uma forma diferente de correr ou caminhar”. E contextualiza: “O participante é que escolhe as suas opções, corre-se com liberdade e aplica-se muito bem a sigla 'correr por prazer', pois não existe nenhuma imposição a não ser a obrigatoriedade de passar pelos pontos de controlo do seu percurso no menor espaço de tempo possível.” Subir e descer muitas escadas, descobrir becos e ruelas, passar por parques e jardins, são ingredientes duma corrida/caminhada singular e que promete fazer as delícias não só daqueles que já descobriram no Centro Histórico um palco privilegiado para os seus treinos mas sobretudo dos muitos outros que, apesar de terem sido já “mordidos pelo bichinho” da curiosidade, nunca se atreveram a fazê-lo. O pretexto aí está, associado a uma definição que Fernando Costa avança de forma objetiva: “Correr a pensar, pensar a Correr”.

Com partida e chegada no Palácio de Cristal, local emblemático da Invicta, à disposição dos participantes irão estar 12 percursos diferentes, perfeitamente ajustados ao nível físico e técnico de cada participante. Nos percursos abertos é de destacar a possibilidade de os mesmos poderem ser feitos em grupo ou em família. Para quem não está habituado a interpretar um mapa de Orientação, Fernando Costa garante que “não irá notar muita diferença, pois o mapa urbano é muito parecido com um mapa turístico e a organização poderá fazer briefings antes da partida para esclarecer alguma dúvida”, conforme pode ler-se na Entrevista,


Onze países inscritos

Com o aproximar da data da realização do Porto City Race, o número de inscritos não pára de crescer. Bélgica, Espanha, França, Reino Unido, Alemanha, Hungria, Lituânia, Holanda, Noruega e Ucrânia, para além de Portugal, naturalmente, formam a lista de países representados no evento. Entre as individualidades que oferecem a sua imagem ao evento encontramos, a título de embaixadores, os ultra-maratonistas Susana Simões e Telmo Veloso e ainda Domingos Paciência, futebolista de todos conhecido, um homem que ajudou a marcar uma época no Futebol Clube do Porto e que envergou a camisola das quinas em 35 ocasiões.

Resta dizer que a inscrição no Porto City Race poderá ser feita online através da plataforma Oasis - http://www.orioasis.pt/oasis/express.php?action=express&sh=s&eventid=1188 - ou então por e-mail (inscrever@gd4caminhos.com) indicando o nome, data de nascimento, nº BI e qual o percurso que deseja realizar. As taxas de inscrição estão estipuladas no Regulamento de Competições da Federação Portuguesa de Orientação e para este tipo de evento os não federados pagam – 4,00€ (jovens) e 7,00€ (adultos). As inscrições para os escalões abertos podem ser efectuadas até ao dia de prova, ficando, no entanto, condicionadas à disponibilidade de mapas.

Saiba tudo sobre o Porto City Race consultando a página do evento em http://www.gd4caminhos.com/portocityrace2013/.


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: