quinta-feira, 28 de março de 2013

MOÇAMBIQUE NOS MUNDIAIS DE DESPORTO ESCOLAR ISF 2013



Cinco crianças da Escola-Orfanato da Casa do Gaiato de Moçambique vão participar no Campeonato do Mundo de Orientação de Desporto Escolar ISF 2013.


Moçambique vai estar representado por cinco atletas da Escola-Orfanato da Casa do Gaiato, selecionados através de um processo de apuramento que contou com o apoio da Federação Espanhola de Orientação. No âmbito financeiro e logístico, revestiu-se de grande importância a colaboração da Fundação Mozambique Sur – ONG para que as crianças possam participar no evento. Mozambique Sur é uma ONG localizada em Madrid, colaborando desde 2005 com a Escola-Orfanato Casa do Gaiato através de ajudas e da realização de diferentes projetos humanitários.

Estão de parabéns os cinco jovens atletas moçambicanos porque, pela primeira vez, crianças de uma escola Africana participam num Campeonato Mundial Escolar de Orientação e que este ano terá lugar em Vila Real de Santo António, Algarve, de 15 a 21 de abril.

A Federação Espanhola de Orientação programou os dias destes cinco rapazes que compõem a equipe da escola entre os dois países ibéricos. A comitiva chegará a Espanha no dia 05 de abril, aí permanecendo até ao dia 12 de abril, vivendo e participando em atividades do programa de Orientação das comunidades nacionais e regionais. A partir do dia 13 de abril, viajarão para Gouveia, Portugal, onde participarão no Campeonato Ibérico juntamente com a seleção Espanhola e outras escolas Nacionais. Do dia 15 ao dia 21 de abril participarão no Campeonato do Mundo Escolar de Orientação WSCO 2013, em Vila Real do Santo António.

A Orientação é  uma modalidade desportiva que envolve esforço físico e mental e o seu lema é "pensar e executar", um desporto com pés e cabeça. A competição concilia-se com o lazer, num espaço que proporciona um permanente contacto com a Natureza. O carácter único da Orientação consiste em encontrar e seguir o melhor itinerário, através de terreno desconhecido, numa luta constante contra o tempo. Isto exige capacidade de Orientação: boa leitura e interpretação do mapa, avaliação de opções de itinerário, utilização da bússola, concentração sob pressão, memorização, rapidez na tomada de decisão, corrida em terreno acidentado. É uma disciplina que ajuda extremamente o desenvolvimento físico e cognitivo das crianças.

Embora relativamente recente em países como Portugal e Espanha, a Orientação é um desporto organizado já com mais de 100 anos de existência. Os registos indicam que terá sido em Bergen, na Noruega, no dia 31 de Outubro de 1897, que se organizou a primeira atividade desportiva de Orientação. Os países nórdicos são, ainda hoje, aqueles onde a modalidade tem maior implantação, mobilizando um número de praticantes que coloca a Orientação entre os cinco desportos mais praticados na Escandinávia. Ao longo destes mais de cem anos de existência a modalidade foi evoluindo, tornando-se num desporto altamente desenvolvido, que é praticado em simultâneo, no mesmo espaço e ao mesmo tempo, por todos, independentemente do nível físico ou técnico, da idade ou do género do praticante.

Isabel Fernandes
Fundación Mozambique Sur



Sem comentários: