sábado, 2 de fevereiro de 2013

NORTE ALENTEJANO O' MEETING 2013: DAVID ANDERSSON E AMÉLIE CHATAING ENTRAM A GANHAR



A Taça de Portugal de Orientação Pedestre 2013 deu hoje o pontapé de saída em Arez, no concelho de Nisa, com a realização da primeira etapa do Norte Alentejano O' Meeting. Rijamente disputada, a prova de Distância Média teve no sueco David Andersson e na francesa Amélie Chataing os grandes vencedores.


Sob as boas graças de S. Pedro, a vila de Arez foi palco da primeira etapa do Norte Alentejano O' Meeting, prova de abertura da Taça de Portugal de Orientação Pedestre da presente temporada. Atraindo as atenções de quase oito centenas de atletas, um terço dos quais estrangeiros em representação de 20 países, o evento é uma organização do Grupo Desportivo dos Quatro Caminhos e da Câmara Municipal de Nisa, oferecendo no dia de hoje o desafio duma prova de Distância Média.

Regressando, seis anos depois, aos terrenos da edição inaugural do Norte Alentejano O' Meeting, os percursos desta primeira etapa procuraram tirar partido do detalhe rochoso e de vegetação na qual a região é fértil, incrementando o desafio técnico. Mas foi sobretudo a vertente física dos atletas que foi colocada à prova, em terrenos que são essencialmente rápidos e numa altura da temporada em que o momento de forma está ainda distante de ser o ideal para muitos dos participantes.


David Andersson, o mais forte

A prova masculina teve no sueco David Andersson (Malungs OK) o grande vencedor. O atleta cumpriu os 6,7 km do percurso (30 pontos de controlo, 145 metros de desnível) em 29:48, relegando para as posições imediatas o checo Vojtìch Král (IFK Mora) e o francês Frédéric Tranchand (OK Hällen), com mais 51 e 52 segundos, respetivamente. Classificando a prova como «excelente», David Andersson referiria no final: «Tecnicamente senti-me muito bem durante toda a prova, mas o terreno era muito rápido, pedia para puxar e depois de cerca de metade da prova percorrida comecei a acusar bastante o cansaço e tive de abrandar, para puder voltar a impor alguma velocidade na parte final.» Na segunda vez que visita o Norte Alentejo, David Andersson espera sobretudo ver ultrapassada a série de lesões que o apoquentaram nas últimas temporadas, confessando estar a ter esta época «um bom período de Inverno», deixando adivinhar que amanhã iremos voltar a vê-lo a lutar pela vitória na etapa e nesta sétima edição do Norte Alentejano O' Meeting.

No setor feminino, Amélie Chataing (Kalevanm Rasti) venceu com um registo de 30:10 para 5,1 km de prova (24 pontos de controlo, 120 metros de desnível), relegando para as posições imediatas uma verdadeira «armada russa», com Anastasia Tikhonova (MS Parma) à cabeça com 30:47, logo seguida de Yulia Novikova (CSP V. Novgorod), Svetlana Mironova (Hellas) e Anastasia Trubkina (IFK Mora), com mais 1:43, 1:47 e 2:24, respetivamente, que a vencedora.


Diogo Miguel e Andreia Silva, os melhores portugueses

Entre os portugueses, Diogo Miguel (Ori-Estarreja) e Andreia Silva (COC) foram os mais rápidos, deixando atrás de si, Tiago Romão (ADFA) e Vera Alvarez (CPOC). Para Diogo Miguel, a prova «correu bem, gostei bastante deste tipo de cartografia e tecnicamente estive bem». Já a vertente física não terá acompanhado a boa performance técnica: «Tecnicamente perdi muito pouco, mas fisicamente, embora nunca estando no meu limite, não consegui meter andamentos mais rápidos», afirmou. Ainda assim, entrar na Taça de Portugal a ganhar é sempre motivador: «É motivador sobretudo por ter conseguido vencer numa prova que, do ponto de vista técnico, me deixou satisfeito». Mas amanhã é outro dia e para Diogo Miguel existe a expectativa de termos «mapas e terrenos ainda melhores»; se assim for, «tudo o resto pode correr mal, porque não tem importância», conclui.

A prova de Distância Média de amanhã que encerrará este Norte Alentejano O' Meeting 2013 traz consigo o aliciante extra de ser pontuável para o ranking mundial da modalidade. Mas antes disso, ainda esta noite, a partir das 19:00, o centro da Vila de Nisa será o palco dum Sprint noturno, prometendo transformar a pacatez da vila num rodopio de luzes e correrias, certamente ao gosto de todos, tanto os que competirão como aqueles que se irão dispor a assistir.


Resultados

Homens Elite
1º David Andersson (Malungs OK) 29:48
2º Vojtìch Král (IFK Mora) 30:39
3º Frédéric Tranchand (OK Hällen) 30:40
4º Philippe Adamski (Kalevan Rasti) 31:10
5º Kiril Nikolov (Kalevan Rasti) 31:14
6º Alexey Sidorov (AngA) 31:24
7º Anton Sjökvist (Stora Tuna OK) 31:26
8º Dmitroy Tsvetkov (Russia O-Team) 31:27
9º Fredrik Edén (OK Kare) 31:28
10º Leonid Novikov (Spartak) 31:31

Damas Elite
1º Amélie Chataing (Kalevan Rasti) 30:10
2º Anastasia Tikhonova (MS Parma) 30:47
3º Yulia Novikova (CSP V. Novgorod) 31:53
4º Svetlana Mironova (Hellas) 31:57
5º Anastasia Trubkina (IFK Mora) 32:34
6º Ekaterina Nikitina (Russia O-Team) 33:42
7º Irina Nuberg (Hellas) 33;48
8º Elin Mansson (GD4C) 34:24
9º Anna Serralonga Arqués (Go-Xtrem) 35:00
10º Olga Rieznychenko (IFK Mora) 35:52




Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO


[Este artigo é patrocinado por Orievents e SERI]


Sem comentários: