sexta-feira, 23 de novembro de 2012

EVA JURENIKOVA E O BALANÇO DE MAIS UMA VIAGEM A PORTUGAL



Antes de virar as minhas atenções para Halden, quero escrever acerca dum projeto no qual tenho trabalhado recentemente.” Quem assim fala é Eva Jurenikova e o projeto dá pelo nome de “Campos de Treinos de Inverno no Alto Alentejo”, uma iniciativa de Fernando Costa e da empresa Orievents. Vale a pena saber mais!


Como foi amplamente noticiado, Eva Jurenikova esteve recentemente em Portugal, centrando as atenções no Norte Alentejo. E fê-lo a convite de Fernando Costa e da sua empresa Orievents, que aqui tem levado a cabo, com enorme sucesso, um conjunto de Campos de Treino virados sobretudo para os atletas de Elite que, em princípio de temporada, demandam as amenas paragens do Sul da Europa à procura do que de melhor existe em termos de oferta.

E o que de melhor existe está aqui, em Portugal, e nomeadamente em Nisa, Castelo de Vide, Alter do Chão, Crato, Portalegre e Marvão. É o Norte Alentejano em todo o seu esplendor, paraíso natural para quem sabe orientar-se, destino privilegiado de todos os grandes nomes da Orientação mundial, de Thierry Gueorgiou, Olav Lundanes ou Matthias Kyburz, a Minna Kauppi, Lena Eliasson ou Simone Niggli. Mas se a qualidade e variedade de terrenos ou as condições climatéricas verdadeiramente fantásticas constituem valores seguros no capítulo da oferta, elas não são tudo. Fundamental é o prestígio que as organizações portuguesas têm sabido angariar, cimentado sobretudo com as edições do Portugal O' Meeting, de 2007 até hoje, e com o cuidado e o bem receber das nossas gentes.


Alta qualidade

Ao preparar “doze diferentes exercícios de Orientação (nove treinos de floresta e três treinos de Sprint Urbano)”, a atleta checa ajudou a colocar a fasquia muito alta no que à temporada que se avizinha diz respeito. E porquê? Porque Eva Jurenikova é, “apenas”, uma das mais conceituadas atletas de Elite do mundo, treina uma equipa com créditos firmados – o Halden SK – e é uma traçadora de percursos exímia, que tem no currículo, entre muitos outros, o traçado de percursos de Distância Média e de Distância Longa dos Campeonatos da Europa de Orientação Pedestre EOC 2012, que decorreram em Dalarna, na Suécia. “Fiz um grande esforço para preparar exercícios de Orientação de alta qualidade”, diz, deixando antever uma montanha de desafios para todos aqueles que, já a partir de Janeiro, começarem a rumar ao nosso país.

Ao correr das suas reflexões, Eva Jurenikova confessa que está convencida que“estes Campos de Treino têm um enorme potencial, não apenas por causa dos exercícios à disposição, num terreno detalhado e muito técnico, mas também devido às possibilidades de outros tipos de treino”. E dá como exemplo a pista de Atletismo de Castelo de Vide, os ginásios, a piscina interior e ainda os caminhos com muito pouco trânsito e onde fazer uns quilómetros de bicicleta pode ser uma excelente forma de treino, tudo isto numa vertente do repouso activo. Isto sem esquecer as Termas da Fadagosa, mesmo no centro de um dos mapas e onde a atleta teve a oportunidade de experimentar a massagem, o jacuzzi e ainda um tanque de água corrente e aquecida, “uma excelente forma de acelerar o processo de recuperação física e de prevenir as lesões”.


E ainda...

Pontuando o cuidado posto na observação e na atenção ao mais pequeno detalhe, Eva Jurenikova realça os acordos do Orievents com “o melhor hotel de Castelo de Vide” e com uma empresa de aluguer de veículos, bem como o excelente relacionamento com as autoridades locais e com os proprietários dos terrenos, o que resulta numa “atitude positiva”. História, cultura e gastronomia são ainda mais-valias referidas pela atleta, numa peça onde, mais do que o pensar e o sentir de Eva Jurenikova, ressalta um fortíssimo impulso aos projetos de Fernando Costa e da Orieventes e que, no limite, constituem indubitavelmente um novo passo em frente no sentido do desenvolvimento e projeção da Orientação portuguesa, no país e no mundo.

Obrigado, Eva Jurenikova!

Leia o artigo na íntegra em http://www.evajurenikova.com/index.html e aproveite para espreitar os excertos dos mapas sobre os quais se encontram traçados os doze incontornáveis desafios.

[Imagem extraída da página da Orievents, em http://www.orievents.com/]

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: