quarta-feira, 7 de novembro de 2012

DUAS OU TRÊS COISAS QUE EU SEI DELA...




1. É, reconhecidamente, uma das melhores atletas do Mundo. Mas não só! Foi traçadora de percursos dos recentes Campeonatos da Europa de Orientação Pedestre, em Dalarna (Suécia), prepara-se para lançar a sua carreira de treinadora em voos muito altos dentro em breve e... adora Portugal. Falamos de Eva Jurenikova, a pequena-grande checa que nos tem honrado, ano após ano, com a sua presença. Na sua página pessoal - http://www.evajurenikova.com/ - a atleta escreve que “o desporto de Elite pode por vezes ser cruel. O trabalho duro, a pressão, o sofrimento... frequentemente resultam em nada, olhando aos resultados alcançados”, para concluir que está agora, “muito mais preparada para encontrar prazer em muitos aspetos do treino e da competição”. Afirmando que os planos para a próxima temporada “começam a ganhar forma”, Eva Jurenikova adianta que uma das próximas etapas passa por Portugal, já este mês, onde ajudará o Orievents [de Fernando Costa] a organizar os seus Campos de Treino no Alto Alentejo. NAOM e POM são também dois polos de interesse da prestigiada atleta que, desta forma, irá dar um contributo notável no sentido de projetar ainda mais o nosso País como a “meca” da Orientação no período de Inverno.


2. A região da Bretanha acolheu, entre os dias 30 de Outubro e 02 de Novembro, a XVIII Taça dos Países Latinos. Reunindo as formações de França, Bélgica, Roménia, Paraguai e Uruguai, o evento distribuiu-se por três etapas – Distância Média, Sprint e Distância Longa –, com percursos nas categorias Cadete, Júnior e Elite. A França dominou quase em absoluto as provas de Distância Média e de Distância Longa, com cinco vitórias em seis possíveis (os romenos Ionut Zinca e Daniel Barkasz quebraram o pleno dos gauleses, o primeiro vencendo o escalão H21 na prova de Distância Média e o segundo o escalão de H20 na prova de Distância Longa). A prova de Sprint viu franceses e belgas repartirem “irmamente” os triunfos, com as damas de França a levarem de vencida os respetivos escalões, enquanto os triunfos belgas foram alcançados nos escalões masculinos. Contas feitas, Laurine Loterie, Fanny Roche e Charlotte Bouchet, todas elas da equipa de França, são as grandes figuras desta Taça dos Países Latinos, com três vitórias cada em outras tantas etapas. No cômputo geral a França foi a grande vencedora, alcançando o seu quinto triunfo na competição e igualando a Espanha em número de vitórias. Informações completas, fotos e vídeos em http://cne2012.free.fr/news.php.


3. O V Torneio .Com Mapa aproxima-se do final. No próximo sábado, o espaço da Falperra, em Braga, recebe a 7ª e penúltima etapa, oferecendo três percursos à medida das qualidades e capacidades físicas e técnicas dos participantes: Difícil - 2860 metros (22 pontos de controlo, 145 metros de desnível), Médio - 2120 metros (14 pontos de controlo, 95 metros de desnível) e Fácil - 1520 metros (11 pontos de controlo, 75 metros de desnível). O início das partidas está agendado para as 10h00 e o final para as 12h30. Mais informações em http://www.pontocom.pt/actividades/VTorneioCOMmapa/etapa7.php


4. “Sejam bem-vindos à etapa de Cascais a contar para o primeiro Circuito Nacional Urbano em Orientação Pedestre, naquela que irá ser a última etapa antes da final de 2012.” É desta forma que o CPOC – Clube Português de Orientação e Corrida lança o desafio de correr uma “Distância Média em ambiente urbano”, naquilo que representa um regresso das organizações do clube a Cascais, dois anos e meio depois do anterior evento aqui realizado. A prova irá desenrolar-se em duas partes, decorrendo a primeira parte no casco urbano de Cascais e a segunda no Parque Marechal Carmona (também conhecido por Parque da Gandarinha), numa escala mais ampla, com a mudança de escala a ocorrer durante a etapa. Todas as informações sobre o evento (patrocínios, distâncias, listas de inscritos, sorteios de tempos de partida) em http://www.cpoc.pt/eventos.php?ev=Cascais05.


5. E já lá vão 20 anos! Em tempo da chamada “crise”, em que andamos todos um pouco deprimidos, O CIMO – Clube Ibérico de Montanhismo e Orientação prepara-se para soprar as vinte velas duma maneira alegre e divertida. Idanha-a-Nova foi a localidade escolhida para servir de anfitriã das festividades, com base montada no Parque de Campismo Municipal local nos dias 24 e 25 de Novembro. Pedestrianismo, BTT, Orientação Pedestre, Escalada e, como novidade, o Geocaching, são as propostas para um fim de semana que se pretende rico de emoções, partilha de experiências, reforço dos laços de amizade e, no final, muitos e bons motivos para mais tarde recordar. Saiba mais em http://www.cimo.pt/a20%c2%ba-aniversario/.


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: