domingo, 21 de outubro de 2012

I TROFÉU JOAQUIM SOUSA: PARTICIPADO, COMPETITIVO E EMOTIVO




Se bem o pensaram, melhor o fizeram! Os Amigos da Montanha levaram por diante a primeira edição do Troféu Joaquim Sousa, juntando à vertente competitiva a homenagem a um barcelense emérito e vulto maior da Orientação pedestre portuguesa. Uma festa bonita num dia de eleição e dois vencedores que prestigiam sobremaneira o evento: Tiago Aires e Maria João Sá.


O Monte do Facho, em Barcelos, recebeu no dia de ontem a primeira edição do Troféu Joaquim Sousa. Pontuável para a Taça de Portugal de Orientação Pedestre – Nível 2, o evento teve a assinatura organizativa da Secção de Orientação da Associação Amigos da Montanha, com os apoios da Câmara Municipal de Barcelos, Junta de Freguesia de Galegos Santa Maria e Federação Portuguesa de Orientação.

Sincera e sentida homenagem ao atleta barcelense e campeão de Orientação Joaquim Sousa, o Troféu contou com a participação de 323 atletas, 279 dos quais distribuídos pelos 31 escalões de competição, um índice significativo em provas de Taça de Portugal – Nível 2 da presente temporada. Neste número, é ainda de destacar uma adesão interessante ao nível do Desporto Escolar, com cerca de sete dezenas de participantes, sobretudo nos escalões de formação e na vertente de promoção da prova.


Tiago Aires protagoniza volte-face

A etapa da manhã recebeu uma prova de Distância Média em terrenos muito exigentes fisicamente e onde os acentuados declives e a vegetação por vezes demasiado densa constituiram um sério desafio em termos de progressão dos atletas. No escalão de Homens Elite, Nélson Santos (COC) foi o mais rápido, gastando 58:45 para cumprir os 4.1 km do seu percurso (22 pontos de contrlo, 325 metros de desnível). Atrás de si ficaram Joaquim Sousa, do mesmo clube, com mais 1:03 e Tiago Aires (GafanhOri) a distantes 7:53. No setor feminino, Maria João Sá (GD4C) foi a mais rápida, cumprindo o percurso de 3,5 km (18 pontos de controlo, 210 metros de desnível) em 57:44, contra 1:00:46 de Magalie Mendes (COC) e 1:02:59 de Raquel Costa (GafanhOri), segunda e terceira classificadas, respetivamente.

No tira-teimas da tarde, um Sprint em terrenos igualmente "empinados", com 2,9 km para a Elite Masculina e 2,2 km para a Elite Feminina, Maria João Sá voltou a ser a mais rápida, gastando 29:31 e levando de vencida o Troféu com inteiro mérito. Andreia Silva e Magalie Mendes terminaram na posição imediata, creditadas com o mesmo tempo de 30:46, mas com Magalie a segurar a segunda posição no Troféu. Raquel Costa completou o pódio, apesar de se ter quedado pela quarta posição na etapa derradeira, a 3:14 da vencedora. Quanto aos homens, assistiu-se a um volte-face verdadeiramente sensacional, com Tiago Aires a fazer uma prova praticamente isenta de erros, contra um Joaquim Sousa a ver a vitória a fugir-lhe à medida que os minutos se escoavam em busca do 104 (segundo ponto). Coletivamente, a vitória sorriu ao Clube de Orientação do Centro, seguido do Grupo Desportivo dos Quatro Caminhos e do Clube de Orientação de Estarreja.


Um “Galo-com-cabeça-de-Joaquim-Sousa”

Vale a pena referir que o evento teve lugar num cenário de grande beleza, que a receção que os Amigos da Montanha proporcionaram a todos quantos participaram no I Troféu Joaquim Sousa se revelou excelente, que as intervenções constantes dum speaker atento e bem disposto foram uma mais valia para o evento, que o Bar dos Amigos foi um ponto de encontro retemperador e que o dia, morno e luminoso, esteve de encomenda. Pela negativa refira-se o traçado de percursos que, mais do que duplicar os tempos dos vencedores em relação ao preconizado para uma Distância Média ou um Sprint, penalizou substancialmente os menos capazes fisicamente e, sobretudo, aqueles que se encontram em fase de formação, nomeadamente ao nível do Desporto Escolar. E como “terraplanar o Monte do Facho”, como chegou a ser sugerido, parece fora de questão, resta pedir mais atenção aos Traçadores de Percursos e um mínimo de rigor aos responsáveis pela Supervisão das Provas, num problema que é recorrente e parece “fazer escola” no nosso País.

O ponto final neste I Troféu Joaquim Sousa chegou com uma Cerimónia de Entrega de Prémios digna e particularmente participada, na qual os atletas com honras de pódio receberam um “Galo Orientista”. O troféu, criado especificamente para este evento, é um hino à cultura e à tradição barcelenses, numa peça original que em muito honra a própria Orientação. Em particular, Joaquim Sousa foi agraciado com uma peça de aparência híbrida, metade humana, metade animal, de fazer inveja à imensa mole de estranhas figuras que povoam a mitologia grega. Na verdade, o “Galo-com-cabeça-de-Joaquim-Sousa” não deixou ninguém indiferente e é, mais do que a evidência do génio criador de Jorge Ferreira, Presidente da Junta de Freguesia de Galegos Santa Maria, um gesto de amor para com um filho dileto desta terra. Emocionante!


Resultados

Homens Elite
1º Tiago Aires (GafanhOri) 1881.69 pontos
2º Joaquim Sousa (COC) 1851.98 pontos
3º Nélson Santos (COC) 1829.98 pontos
4º Luís Leite (GD4C) 1601.63 pontos
5º Daniel Ferreira (AD Cabroelo) 1522.46 pontos

Damas Elite
1º Maria João Sá (GD4C) 2000.00 pontos
2º Magalie Mendes (COC) 1909.45 pontos
3º Raquel Costa (GafanhOri) 1817.92 pontos
4º Andreia Silva (COC) 1703.20 pontos
5º Patrícia Casalinho (COC) 1566.41 pontos

Vencedores outros escalões
H/D10 – Bernardo Filipe (COC) e Ariana Silva (EDOM/ ES Carlos Amarante)
H/D12 – André Henriques (Ori-Estarreja) e Tânia Pereira Olaio (COC)
H/D14 – Leonardo Ramalho (.COM) e Beatriz Norte (COC)
H/D16 – João Bernardino (COC) e Inês Alves (GD4C)
H/D18 – Rui Oliveira (Ori-Estarreja) e Carolina Delgado (GD4C)
H/D20 – Rafael Miguel (Ori-Estarreja) e Maria Bernardino (.COM)
H/D21A – José Pereira (CP Armada) e Laurinda Alves (OriMarão)
H/D21B – João Moura (CO Viseu – Natura) e Telma Silva (Ori-Estarreja)
H/D35 – António Amador (Ori-Estarreja) e Paula Serra Campos (.COM)
H/D40 – Daniel Pires (ADFA) e Anabela Vieito (COC)
H/D45 – Rui Ferreira (OriMarão) e Luísa Mateus (COC)
H/D50 – José Fernandes (.COM) e Judite Delgado (GD4C)
H/D55 –Escada da Costa (AFAP) e Margarida Rocha (GD4C)
H60 – Manuel Tavares (Ori-Estarreja)
H65 – Armandino Cramez (Ori-Estarreja)
H70 – Joaquim da Costa (GD4C)
Fácil Curto – Catarina Serra (EBI Apúlia)
Difícil Curto – Rui Almeida (AFAP)
Fácil Longo – Francisco Neto Silva (Individual)
Difícil Longo – Miguel Adolfo Couto (.COM)

Vencedores por Equipas
1º COC 3627.48 pontos
2º GD4C 3389.58 pontos
3º Ori-Estarreja 3232.84 pontos
4º .COM 2067.64 pontos
5º AD Cabroelo 1387.47 pontos

Resultados completos e demais informação em http://www.amigosdamontanha.com/?it=event&cop=912&co=1496. Veja também a reportagem fotográfica clicando na imagem abaixo.


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: