quinta-feira, 18 de outubro de 2012

CAMBOR 2012: TÍTULOS BRASILEIROS DE ORIENTAÇÃO PARA IRONIR ALBERTO EV E MIRIAN FERRAZ PASTURIZA




Ironir Alberto Ev e Mirian Ferraz Pasturiza foram os vencedores do XIV Campeonato Brasileiro de Orientação. Na derradeira etapa, disputada no passado fim de semana em Santa Rosa, Ironir Alberto Ev esteve imparável, levando de vencida as duas provas do programa e terminando invicto o CamBOr 2012. Tânia Maria Jesus de Carvalho venceu a competição feminina, mas foi Miriam Ferraz Pasturiza quem, no final, alcançou o título brasileiro pelo quinto ano consecutivo.


Localizada no Noroeste do Rio Grande do Sul, num ponto equidistante entre São Paulo e Buenos Aires, a cidade de Santa Rosa recebeu a terceira e decisiva etapa do Campeonato Brasileiro de Orientação Pedestre 2012. Organizado pelo Clube de Orientação San Martin (COSAM) e pela Confederação Brasileira de Orientação e Federação Gaúcha de Orientação, o evento decorreu de 12 a 14 de Outubro, distribuindo-se pelas etapas de Estafeta, Distância Média e Distância Longa.

Misto de festa e evento modelo, a prova de Estafeta abriu a derradeira etapa do CamBOr 2012 tendo por palco a SER Cisne, em Santa Rosa/RS. Disputada num mapa de Sprint, à escala de 1:4.000, a prova teve na Federação Gaúcha de Orientação (Cleber Baratto Vidal, Gilson Schropfer e Ironir Alberto Ev) a equipa vencedora.


Ironir faz o pleno

Ironir Alberto Ev (COS) viria mesmo a ser a grande figura desta terceira etapa do CamBOr, ao levar de vencida as duas provas do programa competitivo, uma Distância Longa no sábado e uma Distância Média no domingo. Vanderlei José Bortoli (Compass) e Juscelino Alencar Karnikowski (COGA) ocuparam as posições imediatas no percurso longo, enquanto na prova de Distância Média o segundo lugar coube a Karnikowski, enquanto Renato Ferreira Cavalcanti (Compass) concluiria na terceira posição. Sexto classificado em 2009 e quarto classificado nos anos seguintes, Ironir Alberto Ev chega finalmente ao tão desejado título de campeão brasileiro de Orientação. Um triunfo alcançado com inteiro mérito, fruto dum domínio esmagador ao longo das três etapas que lhe garantiram o máximo de pontos e, nessa medida, um resultado histórico em 14 edições do certame.

No setor feminino, Letícia da Silva Saltori (COGA) foi a grande vencedora da prova de Distância Longa, deixando imediatamente atrás de si Tânia Maria Jesus de Carvalho (ADAAN) e Elaine Dalmares Lenz (COI). No último dia de provas, a vitória coube a Tânia de Carvalho que, desta forma, levou de vencida esta terceira etapa do CamBOr. Franciely Chiles (Natura CO) e Mirela Paraná (COC) concluiram nas posições imediatas. Apesar de ausente da competição, Mirian Ferraz Pasturiza viria a sagrar-se Campeã Brasileira de Orientação 2012, um feito que ocorre pelo quinto ano consecutivo. Depois de ter vencido as três provas anteriores do CamBOr 2012, a atleta beneficiou dos “pontos de organização” devido às suas incumbências na vanguarda da equipa diretiva desta terceira etapa, vencendo com alguma naturalidade e inteiro mérito mais uma edição do Campeonato.


Etapa tão maravilhosa”

A distância continua a ser um dos grandes problemas num país gigantesco como o Brasil, e esse facto esteve uma vez mais na “berlinda”. No Grupo “Orientistas”, no Facebook -
http://www.facebook.com/groups/254059124643143/ -, o dinâmico António Carlos Silva lançou um inquérito onde a maior parte dos participantes reconhece que “o local escolhido é muito distante duma cidade servida por Aeroporto” e “as alternativas de transporte para esta data ou local apresentam alto custo”. Para se fazer uma ideia, Fernanda Braga, da delegação do Clube COTRIM, saiu de Uberlândia (Minas Gerais) às 13h00 de quarta-feira, para chegar a Santa Rosa apenas às 21h30 do dia seguinte. Já para não falar do nosso bem conhecido Paulo Calisto Becker, o Diretor do WMOC 2014, que veio de Manaus, a mais de 5.000 km (!) de distância. Perante isto, é natural que o número de participantes não fosse além dos 336, o mais baixo índice dos últimos anos.

Mas quem teve o privilégio de participar nesta última grande prova da temporada nacional brasileira de Orientação, não terá dado o dispêndio de tempo, energias e economias por mal empregue. De acordo com as palavras de Sara Dornelles Weis, no seu excelente Brazil O-Life, “sem dúvidas esse será um evento para ficar na memória dos participantes. Organização, percursos e cuidados com os atletas foram essenciais para fazer da equipe do COSAM vencedora na concretização deste evento desportivo.” Também Tânia de Carvalho comenta no Facebook que “foi muito compensador viajar tanto, mesmo com a dificuldade de acesso, custos e transporte, e encontrar uma realização de etapa tão maravilhosa.”



[Foto extraída da Galeria de Orientação Esporte, em http://www.flickr.com/photos/orientacaoesporte/]


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: