sábado, 13 de outubro de 2012

ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA DA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ORIENTAÇÃO CONVOCADA PARA 27 DE OUTUBRO




Convocada para o próximo dia 27 de Outubro, a Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Orientação reune em sessão ordinária, pelas 17h30, em Vila Nova de Santo André. Pretexto para objetivar o atual momento da modalidade e espreitar de relance a temporada que se avizinha.


A Biblioteca Municipal Manuel José do Tojal, em Vila Nova de Santo André, concelho de Santiago do Cacém, recebe no próximo dia 27 de Outubro, pelas 17h30, mais uma sessão ordinária da Assembleia Geral da Federação Portuguesa de Orientação. Da ordem de trabalhos constam a leitura e votação das atas das sessões anteriores; a apreciação e votação do Plano de Atividades e Orçamento para 2013; a deliberação sobre as taxas de inscrição apresentadas à apreciação da Assembleia pela Direção da FPO e relativas ao ano de 2013; a concessão dos louvores propostos pela Direção da FPO; e, ainda um espaço para o lançamento e debate de assuntos gerais.
Começando por estes últimos, o Orientovar admite que em cima da mesa possam estar assuntos delicados como o Campeonato do Mundo de Orientação de Desporto Escolar ISF 2013 ou o atual modelo do Campeonato Ibérico. Em relação ao Campeonato do Mundo de Orientação de Desporto Escolar ISF 2013, recorde-se o teor da Ata da Direção da FPO nº 151, particularmente onde se lê que “a FPO tem insistido com a Coordenação Nacional do Desporto Escolar mas sem grande sucesso, estando todas as tarefas técnicas, incluindo a execução dos mapas, pendentes de decisões do Desporto Escolar.” No tocante ao Campeonato Ibérico, o sucedido em Quiaios no último fim de semana de Setembro veio pôr a nu, de forma evidente, as debilidades dum modelo que, procurando salvaguardar a sua sustentabilidade financeira, acaba por relegar para segundo plano a própria dignidade daquilo que deve ser um Campeonato Ibérico.


Atas 152 e 153

Passando às atas, cuja leitura e votação irá merecer a atenção dos excelentíssimos delegados, os destaques da Ata nº 152 vão para o Contrato-programa assinado com o Instituto Português do Desporto e da Juventude, I.P., respeitante à Formação de Recursos Humanos, no montante de oito mil euros, e também para a apresentação dos candidatos da Orientação, por solicitação da Confederação do Desporto de Portugal, a propósito da 17ª Gala do Desporto. São eles Raquel Costa (Atleta Feminino), Davide Machado (Atleta Masculino), Hélder Ferreira (Treinador) e João Mega Figueiredo (Jovem Promessa).

Quanto à Ata nº 153, entre os muitos assuntos abordados, a primeira nota de destaque vai para “o atleta e técnico Fernando Jorge Semedo da Costa, filiado nº 1095, do GD4C”, que a Direção da FPO decide indicar à Confederação do Desporto de Portugal para Personalidade do Ano, “pelo excelente trabalho que tem desenvolvido na divulgação e promoção da Orientação”. Outro assunto relevante tem a ver com a atribuição das provas WRE de Orientação Pedestre para 2014, com o CPOC – Clube Português de Orientação e Corrida a realizar em Gouveia, de 01 a 04 de Março, a 19ª edição do Portugal O' Meeting. Seguindo o modelo de calendário que estreará em 2013, na semana anterior ao POM o Clube de Orientação de Estarreja e o Clube de Orientação de Viseu – Natura organizam, em Sátão e Aguiar da Beira, a primeira das três provas WRE da temporada e, concomitantemente, a Taça COMOF. Finalmente, em 08 e 09 de Março, COAC – Coruche Outdoor Adventure Club e Clube de Orientação da Gafanhoeira – Arraiolos levam por diante o II Alentejo O' Trophy ALOT'2014, a realizar em Arraiolos e Montemor-o-Novo. Este último evento deve ser divulgado como “evento de treino” para o Campeonato da Europa de Orientação Pedestre EOC 2014. Valores relativos a taxas de inscrição em 2013, os louvores atribuídos ao Clube BTT Terra de Loulé e ao atleta e técnico Luís Guilherme de Oliveira Sérgio e a organização dum Congresso de Orientação focado nos temas “Cartografia”, Formação” e “Supervisão de Provas”, entre outros, são temas que completam uma ata recheada de decisões particularmente importantes.


Plano de Atividades e Orçamento 2013

Para o fim deixamos o Plano de Atividades e Orçamento para 2013, no qual a Direção da Federação Portuguesa de Orientação reconhece que “uma grande prioridade é a de diversificar as fontes de financiamento”. No documento pode ler-se que esta “é uma tarefa que não se afigura fácil no contexto socioeconómico mas que deve ser persistentemente perseguida e que em 2013 contará com uma nova taxa nos eventos dos QCN. Todavia, é prioritário sensibilizar o principal parceiro, o IPDJ, a adoptar face à FPO uma perspectiva de verdadeira equidade e transparência de procedimentos face às especificidades únicas da modalidade.” Consolidar a vida federativa na Marinha Grande, concretizar o apetrechamento do Centro de Estágios com balneários, integrar o Circuito Nacional Urbano e o Circuito Nacional de Estafetas nos quadros competitivos nacionais, aumentar a visibilidade da modalidade e, ainda, organizar a ronda final da Taça do Mundo e o Campeonato do Mundo de Veteranos de Orientação em BTT em patamares de excelência, eis algumas linhas estratégicas que se encontram definidas no documento.

Em relação ao ano de 2012, o total da despesa inscrita no Orçamento Previsional Analítico para 2013 passa dos € 334.920,00 para os € 442.535,15. As vertentes da Formação, Competição e Recreação absorvem, naturalmente, o grosso das despesas, mas a “fatia de leão” vai para a ronda final da Taça do Mundo e para o Campeonato do Mundo de Veteranos de Orientação em BTT, com uma despesa prevista de € 146.600,00 só à sua conta. O valor global a solicitar ao IPDJ será de € 170.500,00, distribuidos por quatro programas daquele organismo, e corresponde a cerca de 54% das receitas previstas.


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: