sexta-feira, 21 de setembro de 2012

TAÇA DO MUNDO DE ORIENTAÇÃO EM BTT 2012: EXCELENTE COMEÇO DE DAVIDE MACHADO E JOÃO FERREIRA




Davide Machado e João Ferreira abriram da melhor forma a sua participação na ronda final da Taça do Mundo de Orientação em BTT 2012. Num vigoroso Sprint que teve em Tonis Erm e Marika Hara os grandes vencedores, Davide Machado foi o 9º classificado, enquanto João Ferreira alcançou a 23ª posição.


As cidades de Värska e de Räpina, na Estónia, acolhem por estes dias a ronda final da Taça do Mundo de Orientação em BTT. Do programa constam as provas individuais de Sprint e de Distância Longa e ainda uma Estafeta Mista, colocando em competição um total de 61 atletas masculinos e 42 femininos, em representação de 20 países.

Com objetivos diferentes, mas igualmente ambiciosos, Davide Machado e João Ferreira são os dois atletas portugueses presentes nesta última grande competição internacional da presente temporada, não apenas em busca do melhor lugar possível, mas já com os olhos postos nos próximos Mundiais, que terão lugar de 25 a 31 de Agosto de 2013, em Rakvere, neste belo país das margens do Báltico.


Tonis Erm e Marika Hara, os vencedores

Depois do Model Event de ontem, onde os atletas tiveram oportunidade de proceder ao habitual reconhecimento dos terrenos e de contactar com o tipo de cartografia, hoje foi dia da prova de Sprint, disputada na cidade de Räpina. Com distâncias de 7,2 km para os Homens e de 6,0 km para as Damas, a prova viria a revelar-se muito técnica e altamente competitiva, com os atletas a terminarem separados entre si por escassas margens. A pedalar “em casa”, Tonis Erm deu uma grande alegria ao seu público, ao levar de vencida a prova no tempo de 23:23. Na segunda posição, a oito segundos do vencedor, quedou-se o finlandês Jussi Laurila que viu assim reforçada a sua liderança da Taça do Mundo quando falta disputar apenas uma prova. Na terceira posição classificou-se o vice-campeão do Mundo de Sprint em título, o checo Marek Pospisek, com um registo de 23:57.

No setor feminino, Marika Hara confirmou o favoritismo que lhe era atribuído, levando de vencida uma prova rijamente disputada com o tempo de 21:07. Ausente dum pódio da Taça do Mundo desde 27 de Agosto de 2011, altura em que concluiu a final de Sprint dos Mundiais de Vicenza (Itália) na terceira posição, a austríaca Michaela Gigon foi uma muito aclamada segunda classificada, com o tempo de 21:30. No terceiro lugar classificou-se outra finlandesa, Susanna Laurila, a 34 segundos da vencedora.


Têm a palavra os portugueses

Quanto aos atletas portugueses presentes nesta ronda final da Taça do Mundo 2012, o mínimo que podemos dizer é que estiveram em excelente plano. Davide Machado concluiu a sua prova no 9º lugar, a 1:06 de Tonis Erm, enquanto João Ferreira gastou 25:35 para completar o seu percurso, o que lhe valeu a 23ª posição, a melhor de sempre do atleta em etapas da Taça do Mundo. Para Davide Machado, esta foi “uma prova muito rápida e interessante num mapa misto, ou seja, com partes urbanas e partes de floresta e parque.” O 9º lugar alcançado é considerado pelo atleta como “muito bom para este tipo de provas”, apesar de ter ficado com a noção plena de que “poderia ter sido bem melhor”. E explica porquê: “Na parte inicial perco cerca de um minuto do ponto 4 para o ponto 5 e deste para o ponto 6, dois pequenos erros que numa prova desta se pagam caro”. Mas, como atleta refere, “a Orientação é assim mesmo e todos fazem erros!” A verdade, porém, é que os objectivos traçados mantém-se e Davide Machado, com este resultado, subiu um lugar na classificação da Taça do Mundo 2012, estando agora no 12º lugar, a escassos 5 pontos do almejado top-10. Por isso, amanhã, o atleta espera que as coisas “corram ainda melhor.”

Quanto a João Ferreira e à sua prova de hoje, o atleta comenta que se tratou duma prova “muito rápida, com um misto de urbano e floresta muito desafiante” e onde “a concentração tinha que estar sempre muito elevada.” João Ferreira entrou “bem e concentrado”, seguindo na 17ª posição a pouco mais de um minuto do primeiro classificado à entrada para o último terço da prova. Na parte final o atleta acabou por perder preciosos segundos que o atiraram para o 23º lugar final mas, como ele próprio faz questão de referir, este “foi o meu melhor resultado de sempre em Elite [tinha como melhor um 27º lugar na 4ª etapa da Taça do Mundo, disputada no primeiro dia do passado mês de Junho, em Duszniki Zdrój – Zieleniec, na Polónia] e, por isso, estou satisfeito. Fica o sabor que é possível fazer um top-15.” Finalmente, em relação ao seu principal objetivo - “tentar alcançar os pontos suficientes para entrar no Top50 do Ranking Mundial” -, o atleta acaba de ascender ao 48º lugar com um número de pontos que parece deixá-lo a salvo de qualquer percalço no dia de amanhã.


Resultados

Masculinos
1º Tonis Erm (Estónia) 23:23
2º Jussi Laurila (Finlândia) 23:31
3º Marek Pospisek (República Checa) 23:57
4º Ruslan Gritsan (Rússia) 24:05
5º Frantisek Bogar (República Checa) 24:06
6º Lauri Malsroos (Estónia) 24:10
7º Samuli Saarela (Finlândia) 24:16
8º Pekka Niemi (Finlândia) 24:24
9º Davide Machado (Portugal) 24:29
10º Jans Joergen Kvaale (Noruega) 24:31
10º Victor Korchagin (Rússia) 24:31
(…)
23º João Ferreira (Portugal) 25:35

Femininos
1º Marika Hara (Finlândia) 21:07
2º Michaela Gigon (Áustria) 21:30
3º Susanna Laurila (Finlândia) 21:41
4º Camilla Soegaard (Dinamarca) 21:52
5º Anke Dannowski (Alemanha) 22:03
6º Martina Tichovska (República Checa) 22:06
7º Ingrid Stengard (Finlândia) 22:13
8º Ursina Jaggi (Suiça) 22:20
9º Cecilia Thomasson (Suécia) 22:31
10º Maja Rothweiler (Suiça) 22:33


Distância Longa encerra Taça do Mundo 2012

Amanhã, os terrenos florestados de Värska, junto à linha de fronteira com a Rússia, serão palco da última etapa individual da Taça do Mundo da presente temporada. Duas voltas a um mapa à escala de 1:20.000 e provas na distância de 24,5 km para as Damas e de 32,0 km para os Homens (com tempos de prova estimados de 90 minutos para a vencedora e de 115 minutos para o vencedor), tais são os números dum desafio tão emotivo quanto duro que se coloca aos atletas.

Acompanhe tudo sobre o evento em http://www.orienteerumine.ee/mtbo2012/ e não perca a simulação da prova de hoje em http://sportrec.navirec.com/ui/#17u5tmc (vale a pena ativar a funcionalidade Mass Start e perceber onde é que o nosso Davide Machado perdeu algum tempo em relação aos seus diretos opositores).

[Foto recolhida da webpage do evento, em http://www.peko.ee/mtbo12/pildid/1/]


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: