segunda-feira, 3 de setembro de 2012

NORT 2012: SIMONE, OLAV E... THIERRY!




A temporada internacional de Orientação Pedestre entrou na sua reta final. Consagrados ao Nordic Orienteering Tour, os primeiros oito dias deste mês de Setembro levam-nos até à Escandinávia, onde decorre aquele importante evento. As duas primeiras etapas decorreram em Oslo, no passado fim de semana, tendo como grandes protagonistas Olav Lundanes, Simone Niggli e... Thierry Gueorgiou!


Três países e cinco etapas de competição, em nove dias de Orientação ao mais alto nível. Está aí a terceira edição do Nordic Orienteering Tour, que teve o seu início no passado sábado, em Oslo (Noruega), segue amanhã para Gotemburgo (Suécia) e irá terminar no próximo sábado, em Vuokatti (Finlândia), cidade que acolherá os Campeonatos do Mundo de Orientação Pedestre WOC 2013. Todas as etapas pontuam para a Taça do Mundo 2013, a qual era liderada à partida por Olav Lundanes e Simone Niggli. E assim continua.

Olav Lundanes e Simone Niggli foram mesmo os grandes protagonistas da primeira jornada do NORT, uma prova de Sprint disputada no Holmenkollen Ski Centre de Oslo. A jornada abriu com as séries qualificatórias da parte da manhã, as quais foram disputadas por 49 atletas no setor feminino e 57 no masculino. Disputadas pelos melhores trinta atletas em cada uma das categorias, as finais viriam a ter como vencedores precisamente os líderes da Taça do Mundo, Olav Lundanes e Simone Niggli, que desta forma viram reforçada a sua vantagem.


Super Simone

Olav Lundanes – que já havia ganho a série qualificatória – teve um excelente desempenho, valorizado pela luta tenaz movida pelo Campeão do Mundo de Sprint em título, o suiço Matthias Kyburz. A jogar em casa, empurrado pela enorme massa de adeptos noruegueses, Lundanes acabaria por chegar à vitória nos últimos metros, gastando 15:14 no seu percurso de 3,0 km (20 pontos de controlo, 140 metros de desnível). Kyburz quedou-se a um escasso segundo do vencedor, enquanto a terceira posição coube ao sueco William Lind, com o tempo de 15:51.

No setor feminino uma super Simone Niggli não deu quaisquer hipóteses à concorrência e, depois dum 3º lugar na série de qualificação, levou de vencida a grande final (2,7 km, 17 pontos de controlo, 110 metros de desnível) com o tempo de 16:22. Gastando mais 20 segundos que a vencedora, a dinamarquesa Emma Klingenberg, de apenas 20 anos de idade, foi uma brilhante segunda classificada. O terceiro lugar coube a uma atleta “da casa”, Anne Margrethe Hausken Nordberg, com o tempo de 16:44. Vencedora da série qualificatória, a sueca Tove Alexandersson quedou-se na sexta posição com o tempo de 17:21, tal como a sua compatriota Helena Jansson.


O regresso do Rei

O dia de ontem foi dedicado à segunda etapa do NORT, com uma prova de Distância Média disputada no mesmo mapa da prova de Sprint da véspera. Na prova masculina assistiu-se ao regresso em grande do francês Thierry Gueorgiou, parecendo recuperado das lesões que o afetaram por altura das grandes competições internacionais e que o fizeram passar ao lado, tanto dos campeonatos da Europa como dos Camnpeonatos do Mundo. Thierry que necessitou de 29 minutos exatos para cumprir um percurso de 4,9 km (21 pontos de controlo, 290 metros de desnível), relegando para as posições imediatas o sueco Peter Öberg e o suiço Matthias Kyburz, que registaram à chegada mais 42 e 66 segundos, respetivamente, que o vencedor. Vencedor da prova de Sprint, Lundanes não foi aqui além do 5º lugar, com um tempo de 30:15.

No setor feminino, Simone Niggli voltou a superiorizar-se às suas adversárias e a luta movida por Judith Wyder (Suiça) e Tatyana Ryabkina (Rússia) não foi suficientemente forte para lhe roubar a vitória. Simone precisou de 29:09 para os 4,2 km dos seu percurso (16 pontos de controlo, 190 metros de desnível), garantindo uma confortável vantagem de 1:19 e 1:51, respetivamente, sobre Judith Wyder e Tatyana Ryabkina. A finlandesa Minna Kauppi, líder do ranking mundial, classificou-se na 5ª posição, depois de ter sido 13ª na primeira etapa do NORT.


Liderança da Taça do Mundo

Depois destes resultados, Simone Niggli e Olav Lundanes viram reforçada a sua liderança da Taça do Mundo. O norueguês lidera agora com 534 pontos, contra 449 de Matthias Kyburz que ascendeu ao segundo lugar por troca com o seu compatriota Matthias Merz. Nas senhoras, Simone Niggli lidera com um total de 650 pontos, fruto de nove vitórias nas dez provas da Taça do Mundo disputadas até ao momento (apenas o 5º lugar da final de Distância Média do Campeonato do Mundo de Lausanne a impede de fazer um pleno a todos os títulos fantástico). Com 450 pontos, a finlandesa Minna Kauppi segue na segunda posição, enquanto a russa Tatyana Ryabkina é ainda a terceira classificada, agora com um total de 356 pontos.


[Foto extraída da página do evento, em http://www.nordictour.org/images/photos/press/2010/press2.jpg]


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: