segunda-feira, 20 de agosto de 2012

WMTBOC 2012: PORTUGUESES COM SORTES DIFERENTES




Os 10º Campeonatos do Mundo de Orientação em BTT 2012 já rolam em Vészprem, na Hungria. Nas séries qualificatórias de Distância Longa disputadas esta manhã, Davide Machado fez o que lhe competia e, graças ao terceiro lugar na sua série, será um dos portugueses presentes na grande final do próximo sábado, último dia dos Mundiais. Com ele estarão outros três portugueses: João Ferreira, Rita Madaleno e Miguel Pires. De fora ficaram Carlos Simões, Luís Barreiro, Tânia Covas Costa e Margarida Guerra.


Tiveram início esta manhã os Campeonatos do Mundo de Orientação em BTT WMTBOC 2012, que até ao próximo sábado se desenrolarão em Vészprem, Hungria. A prova foi disputada nas categorias Elite e Júnior, com distâncias ótimas de 20,8 km (14 pontos de controlo, 280 metros de desnível) para a Elite Masculina, 14,9 km (10 pontos de controlo, 170 metros de desnível) para a Elite Feminina, 15,4 km para os Juniores Masculinos (11 pontos de controlo, 160 metros de desnível) e 10,9 km para os Júniores Femininos (9 pontos de controlo, 120 metros de desnível).

Apesar do calor que se faz sentir (e que, de acordo com as previsões, se prolongará por toda a semana), foi de forma empenhada que todos os atletas se entregaram aos árduos desafios propostos, na esperança de conseguirem o tão almejado passaporte para as grandes finais do próximo sábado. Analisando sumariamente os resultados das várias séries classificatórias, percebe-se que neste quase processo de “seleção natural”, os favoritos fizeram valer a sua lei e, independentemente da sua posição no escalonamento final, alcançaram o apuramento. A maior surpresa terá sido, quiçá, o “mp” de Carlos Simões, que o afasta da final e da possibilidade de melhorar o 43º lugar de Vicenza, no ano transato.

Davide Machado em grande nível

As qualificatórias na Elite Masculina foram disputadas por 100 atletas, divididos por três séries a apurar os 20 melhores de cada série. Na primeira série, o estoniano Lauri Malsroos foi o grande vencedor com o tempo de 1:12:00, impondo-se por escasso quatro segundos ao finlandês Samuel Pökälä. O Campeão do Mundo de Distância Média em título, o finlandês Samuli Saarela, foi o vencedor da segunda série com um registo de 1:11:50, deixando a 2:16 o Campeão do Mundo em 2010, o russo Anton Foliforov. Finalmente, na terceira série, a vitória sorriu ao russo Ruslan Gritsan com o tempo de 1:03:51, logo seguido dum surpreendente Baptiste Fusch (França), com mais 1:30 que o vencedor.

Correndo na terceira série, Davide Machado conquistou uma excelente terceira posição, a 3:09 de Ruslan Gritsan. Luís Barreiro também correu nesta série, tendo-se quedado pela 24ª posição, com o tempo de 1:19:12 e a apenas 3:10 do apuramento. Na segunda série, João Ferreira mostrou-se à altura do que lhe era pedido e, com o tempo de 1:20:46, logrou alcançar a 17ª posição e, com ela, o apuramento para a final. Na primeira série, como já referimos, Carlos Simões fez “mp” e, infelizmente, está fora da final. De fora da final estão, igualmente, quatro dos cinco atletas espanhóis aqui presentes – Miguel Ángel Ramo Martín conseguiu a classificação graças à vantagem de três segundos sobre o dinamarquês Andreas Bergmann -, assim como o brasileiro Jonas Junckes, 28º classificado na primeira série.


Tânia Covas Costa falha apuramento por três segundos

Na Elite Feminina foram 72 as atletas que disputaram as duas séries qualificatórias, apurando-se as 30 primeiras de cada uma delas. A finlandesa Marika Hara, segunda classificada do ranking mundial, foi a vencedora da primeira série com o tempo de 55:45, impondo-se pela larga margem de 5:35 à “desconhecida” Annick Béguin (França). Tânia Covas Costa disputou igualmente esta série, cabendo-lhe o prémio do azar, já que a nossa atleta foi a 31ª classificada, quedando-se a escassos três segundos da norte-americana Susan Grandjean e do apuramento. A segunda série teve na sueca Cecilia Thomasson, 18ª do ranking mundial, uma vencedora surpresa com o tempo de 55:15, com 1:37 à maior sobre a helvética Maja Rothweiler, segunda classificada. As duas portuguesas que correram esta série tiveram sortes diferentes. Enquanto Rita Madaleno conseguia um confortável 17º lugar, com o tempo de 1:02:02, Margarida Guerra não iria além do 33º lugar, com mais 22:27 que a sua colega de equipa. À semelhança do sucedido na Elite Masculina, a espanhola Susana Arroyo Schnell logrou classificar-se “in extremis” (foi a 30ª classificada na segunda série). A brasileira Barbara Bomfim viria a ser, também nesta série, a 36ª e última classificada.

Finalmente, no que ao 5º Campeonato do Mundo de Júniores de orientação em BTT diz respeito, correram-se igualmente as séries qualificatórias, as quais deixaram de fora apenas quatro atletas no setor masculino e dois no feminino. Quanto aos Juniores Masculinos, o dinamarquês Andreas Proschowsky e o checo Krystof Bogar – dois dos nomes maiores destes Mundiais – foram os vencedores das respetivas séries, em ambos os casos por margens inferiores a um minuto. O português Miguel Pires correu na primeira série e logrou apurar-se “à tangente”, alcançando o 30º lugar com uma vantagem de 49 segundos sobre o atleta austríaco Bernhard Finder. A finlandesa Eeva-Liisa Hakala, surpreendente Vice-Campeã do Mundo de Sprint em título, venceu a série qualificatória feminina, à frente das suas compatriotas Ruska Saarela e Henna Saarinen.


Amanhã corre-se a final de Sprint

Amanhã corre-se a primeira grande final destes Mundiais, com a prova de Sprint a ser disputada nas categorias Elite e Júnior. Depois do brilhante sexto lugar de Vicenza, Davide Machado concentra sobre si a maior quota parte das atenções dos amantes da Orientação portugueses. Mas também João Ferreira, Carlos Simões, Daniel Marques, Luís Barreiro, Rita Madaleno, Tânia Covas Costa, Margarida Guerra e o júnior Miguel Pires estarão a dar o seu melhor em terras magiares, com as suas pedaladas ritmadas pelo bater dos nossos corações. A maior das sortes para todos. Força Portugal!

Resultados completos e demais informações em http://www.mtbo.hu/mtbwoc2012.php.



Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: