domingo, 26 de agosto de 2012

WMTBOC 2012: IMPRESSÕES (V)




Foram-se os Campeonatos, ficam ainda as impressões de alguns dos seus grandes protagonistas. De novo com base no Facebook, aqui ficam as últimas de Luís Barreiro e João Ferreira.


Terminámos aqui o cenas em grande. De manhã estive a acompanhar a final A da Longa e a sofrer (e muito) pelo nosso Davide que alcançou um brilhantíssimo quinto lugar. Dadas as circunstâncias, fazer um melhor resultado seria muito difícil. Depois de lhe dar os parabéns segui para a minha prova na final B, prestação essa que ficou muito facilitada por ter um percurso igual ao da final A, mas que terminava antes da cidade enquanto os craques tinham mais uma parte urbana. Como já tinha antecipadamente feito a análise das melhores opções, só tive que andar forte sem fazer erros de navegação. Fiz uma boa prova e o tempo que trazia, se fosse na final A, seria para entrar nos 30 primeiros. A esta hora ainda não sei os resultados e a dúvida persiste se terei conseguido uma posição melhor que a do Davide. Seja como for, saio muito contente com a minha prestação de hoje.

Esta noite foi também o banquete de encerramento e sobre isso não há muito a falar. Não que tenha sido desinteressante, mas estas coisas é melhor ficar só para quem está. Amanhã sairemos após o pequeno almoço e trinta e seis horas depois esperamos estar a chegar ao nosso destino em Portugal, segunda-feira à noite, portanto. Até já.

Luís Barreiro


Dureza... É assim que vejo a prova de hoje... muito calor... prova muito física e com algumas zonas mais técnicas e que faziam a diferença nos tempos finais. Parti às 10:04 para a última prova deste Campeonato do Mundo, prova rainha, Final de Distância Longa. Parti na posição 50 dos 60 que se tinham apurado (100 foi o total de atletas à partida para a qualificatória). Não comecei mal mas para o ponto 5 entro demasiado rápido numa zona técnica perdendo a noção da localização e perdendo cerca de três minutos neste ponto. Perco cerca de quatro minutos para o ponto 18, pois estava escondido num bunker e passei perto e não o vi. Ao longo da prova - e tirando estas duas grandes perdas de tempo -, tenho mais situações de indecisões e opções menos boas que me fizeram perder bastante tempo no total. Fisicamente sinto que não estava na melhor forma e o cansaço, por ser a última prova (cinco provas realizadas em seis dias), fez-se sentir. Penso que o facto de ter estado com dores de garganta e com antibiótico e anti-inflamatório até ontem alterou o meu estado fisico. Acabei em 49º lugar, um pouco acima do meio da tabela se contabilizarmos os 100 atletas na qualificatória.

Como balanço deste Campeonato do Mundo e visto amanhã regressarmos, penso que foi positivo. Melhorei os resultados alcançados o ano passado na Distância Média e Estafetas, sendo que nas Estafetas conseguimos (João Ferreira, Carlos Simões e Davide Machado) o melhor resultado de sempre com a 8ª posição. Gostaria de agradecer a todos os patrocinadores: Câmara Municipal de Águeda, Lusobike, Focus by Tecnocycle, Zipvit Portugal, Cofides, BikesportsTeam, BBB parts, Águas Vimeiro, Senos e Alves, Timex Portugal, NZSaventura, Orifix, Sociedade Comercial Vouga e Gipiemme. Gostaria ainda de agradecer a todas as pessoas que me apoiaram e apoiam, não só ao longo destes dias de prova mas que me apoiam sempre todos os dias. Agradecimento especial (peço desculpa a todos os outros, mas não posso citar todos) Carlos Ferreira, Fernanda Ferreira, Fausto Ferreira, Diana Moreira, Davide Machado, Carlos Simões, Daniel Marques, Daniel Moreira, Júlio e Sérgio Marques (Lusobike) e todos os outros que, de uma forma ou de outra, mostraram o apoio.

João Ferreira



Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: