segunda-feira, 18 de junho de 2012

OS VERDES ANOS: ADRIANA FRAZÃO




Olá,

Sou a Adriana Frazão, tenho 19 anos e estou no segundo ano da licenciatura em Reabilitação Psicomotora.

O meu primeiro contacto com a Orientação começou em 2005, na Escola IV Conde de Ourém, com os professores Luís Vicente e Vitor Delgado. Como no ano seguinte mudei de escola, não pude continuar; mas como a vontade de continuar ficou sempre lá, em 2009 surgiu a oportunidade de poder participar nas provas de Desporto Escolar pela escola onde me havia iniciado, desta vez com o professor João Vitor (do GD4C). Entretanto, fui para a Faculdade e desde o ano passado decidi associar-me ao CPOC, na expectativa de continuar a puder usufruir daquele que, para mim, é o melhor desporto do mundo.

Porquê? Conhecem algum desporto que concilie aventura, com orientação temporal e espacial, com capacidade de ultrapassar obstáculos, com eficiência na tomada de decisões, com convívio, com descoberta das maravilhas da natureza e com exercício físico? Acho que é perfeito. Na realidade, quando estou numa prova, não penso em mais nada. É como se o cérebro tivesse desligado do mundo lá fora. Além disto, a sensação de chegar ao fim de uma prova compensa todas as dificuldades (e erros inúteis) que nela possam ter surgido.

Por uma questão de prioridades académicas, não sou uma praticante assídua. Tenho aprendido com os meus erros e com as pessoas mais experientes que eu, tendo a noção que se frequentasse mais provas, o meu desempenho seria muito melhor. No entanto, vou às provas que posso ir com a ambição de puder vir a praticar, a aprender e a divertir-me cada vez mais, com as pessoas que partilham do mesmo gosto que eu.

No futuro, espero disfrutar de muito mais provas, com mais frequência, de forma a evoluir nas componentes essencialmente técnicas mas também físicas da Orientação.

Adriana Frazão
CPOC – Clube Português de Orientação e Corrida
Fed 5562

Sem comentários: