quarta-feira, 13 de junho de 2012

MARIT WIKSELL: "TENHO ANDADO À ESPERA DESTA VITÓRIA"




Uma jovem e brilhante atleta de nome Marit Wiksell foi a grande vencedora do Troféu Mundial de TempO 2012, na quarta-feira passada, em Camperdown Park. Numa curta Entrevista ao Orientovar, a atleta deixou algumas ideias acerca deste extraordinário triunfo.


Orientovar - Foi a grande vencedora do Troféu Mundial de TempO 2012. Que significado tem para si este triunfo?

Marit Wiksell – Por uma questão de auto-confiança, é importante bater todos estes outros atletas mais velhos do que eu e poder chegar ao topo. Tenho estado bem nas provas de TempO na Suécia, mas não fui além do 4º lugar, tanto no Troféu Mundial de TempO em França, como no Troféu Europeu de TempO há alguns dias atrás. Tenho andado à espera desta vitória e finalmente consegui-a!

Orientovar – Onde reside o segredo?

Marit Wiskell – Consigo pensar e decidir muito depressa, o que é muito importante no TempO. A primeira coisa que faço é procurar ver onde estão as balizas e centrar-me então numa referência segura, a qual deve estar bem evidente no mapa. Depois é uma questão de relacionar a posição da baliza com esse elemento de referência.


Acho a Orientação de Precisão mais divertida

Orientovar – Sei que, há uns anos atrás, praticou Orientação Pedestre. Porquê esta mudança para a Orientação de Precisão?

Marit Wiksell – Acho a Orientação de Precisão mais divertida. Gosto de mapas, de navegação, mas não gosto assim tanto de correr. Quando era mais jovem e praticava Orientação Pedestre, corria muito devagar porque achava mais divertido ir lendo os detalhes do mapa. É por isso que a Orientação de Precisão me assenta tão bem.

Orientovar – Ouvi dizer que foi colega de equipa de Tove Alexandersson e que por vezes lhe ganhava. É verdade?

Marit Wiksell – Sim, mas isso foi quando tinha dez anos (risos).


Há imensa gente que pensa que a Orientação de Precisão é apenas para pessoas com deficiência

Orientovar - TempO ou Orientação de Precisão?

Marit Wiksell – Penso que ambos, na verdade. É difícil escolher entre um e outro, mas no TempO aquilo que se pretende é pensar realmente depressa e tomar decisões rápidas, ao passo que na Orientação de Precisão podemos gerir o tempo de forma mais tranquila no sentido de encontrar a resposta correcta.

Orientovar – De que forma se pode cativar um maior número de pessoas para a prática da Orientação de Precisão?

Marit Wiksell – Penso que esta é uma questão importante e de não fácil resposta. Precisamos de trazer as pessoas a experimentar a modalidade. Estou convencida que há imensa gente que pensa que a Orientação de Precisão é apenas para pessoas com deficiência mas tenho a certeza que, se as pessoas experimentarem, vão perceber que as coisas não são minimamente assim.


É claro que quero uma medalha!

Orientovar - Quando olhamos para o pódio deste Troféu Mundial de TempO 2012 e a vemos a si, ao Guido e ao Martin, podemos afirmar que, na verdade, este é também um desporto para jovens, não concorda?

Marit Wiksell – Sim, sem dúvida. É muito importante mostrar que alguns jovens como nós também são capazes de alcançar bons resultados na Orientação de Precisão.

Orientovar – Quer formular um desejo para estes Campeonatos do Mundo de Orientação de Precisão WTOC 2012?

Marit Wiksell – É claro que quero uma medalha!


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: