quinta-feira, 21 de junho de 2012

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE ORIENTAÇÃO: ELEIÇÕES... E NÃO SÓ!




1. A vida federativa conhece um novo passo com a realização da Assembleia Geral Eleitoral a ter lugar no próximo sábado, pelas 15h30, no Pavilhão Multiusos de Arraiolos. Apenas uma lista se apresenta a escrutínio em todos os Órgãos Sociais, sendo de salientar, na lista para a Presidência e Direção da Federação Portuguesa de Orientação, a saída de Carlos Monteiro e de Pedro Dias, e as entradas de José Fernandes e Daniel Marques, ambos na qualidade de vogais. Augusto Almeida é o candidato à Presidência da FPO, António Rodrigues permanecerá no cargo de Diretor Financeiro e António Amador assumirá as funções de Diretor Executivo. As listas completas podem ser consultadas AQUI.


2. Entretanto, foi divulgada a ata número 150, referente à reunião do passado dia 04 de Junho da Direção da Federação Portuguesa de Orientação e da qual se retiram alguns aspetos a destacar, nomeadamente a referência aos contatos estabelecidos com o Fórum Florestal, dos quais resultou a manifestação da “disponibilidade e interesse deste Fórum no apoio à realização de atividades de Orientação principalmente nas zonas interiores do País. As principais zonas de interesse são os municípios de Penamacor, Sabugal, Almeida, Guarda, Pinhel, Figueira de Castelo Rodrigo, Trancoso, Mêda e Vila Nova de Foz Côa, com principal incidência nas Serras da Malcata, Opa e Homem, embora a sua dimensão nacional permita apoiarem atividades em todo o território nacional.”


3. Na mesma ata pode ler-se que a Federação Portuguesa de Orientação decidiu “não participar na edição 2012 da Taça dos Países Latinos a realizar em França porque o evento apenas foi divulgado em Maio de 2012, não consta das actividades planeadas para as selecções, não permite a obtenção de alto rendimento aos atletas participantes e, ainda, porque a França não tem participado nos últimos eventos.” Esta será a primeira vez que Portugal não participa na Taça dos Países Latinos, desde a sua criação em 1995, naquilo que constitui mais uma “machadada” num evento que nasceu com a ambição de “incrementar e desenvolver a modalidade nos países de língua latina” e que vem a definhar aos poucos.


4. Finalmente, Portugal prepara-se para lançar a sua candidatura à organização da Taça COMOF’2014, “sendo que a mesma deverá ser incluída na organização do POM’2014”, lê-se igualmente na ata. Foi ainda “decidido que Portugal vai concorrer à organização do MTBO World Masters 2015, estando em fase final a definição do local para onde Portugal se irá candidatar.”


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: