segunda-feira, 21 de maio de 2012

XX TROFÉU DE ORIENTAÇÃO DO CPOC: TRIUNFOS DE DIOGO MIGUEL E LÍDIA MAGALHÃES




Duma alucinante descida pelas ruas de Alfama ao alto do Parque Eduardo VII se fez o XX Troféu de Orientação do CPOC. Duas etapas num cenário de sonho, que Diogo Miguel e Lídia Magalhães souberam levar de vencida.


Foi necessário esperar dez anos para vermos de novo, na capital do país, uma prova maior do calendário nacional de Orientação Pedestre. Pontuável para a Taça de Portugal 2012 – Nível 2, o XX Troféu de Orientação do CPOC chamou a Alfama e ao Parque Eduardo VII um pouco mais de cinco centenas de participantes, saldando-se por uma jornada dupla de muita e boa Orientação.

Numa manhã marcada por um céu de cinzentas e encasteladas nuvens feito, com um ou outro aguaceiro disperso de permeio, as ruas de Alfama viram-se invadidas por gente de todas as idades que, do castelo à baixa pombalina, se ufanavam em alegres correrias na busca dos tão almejados prismas laranja e brancos. Da parte da tarde foi a vez do Parque Eduardo VII e do Jardim Amália Rodrigues serem esquadrinhados por gente de todas as idades – algumas das quais em cadeira de rodas – para uma etapa mais verde e sob um céu mais azul.


Desporto Escolar e Desporto Adaptado também em alta

No escalão Homens Elite, Diogo Miguel (Ori-Estarreja) foi o grande vencedor com um tempo total de 42:42, juntando ao primeiro lugar da etapa da manhã um terceiro lugar na etapa vespertina. João Mega Figueiredo (CN Alvito) concluiu na segunda posição a 01:01 do vencedor, tendo Tiago Romão (ADFA) ocupado o lugar mais baixo do pódio com um tempo total de 45:15. Em Damas Elite a luta pelo primeiro lugar foi dirimida apenas entre Lídia Magalhães (ADFA) e Carla Saraiva (Ori-Estarreja), com a primeira a levar vantagem em ambas as provas e a quedar-se com o troféu.

Os escalões de Iniciados e Juvenis foram aqueles onde se verificou maior participação devido ao facto de ambas as etapas pontuarem para os Campeonatos Nacionais de Desporto Escolar 2011/2012 (e que trataremos em peça separada). Destaque, nos escalões de Iniciados, para as vitórias de João Novo (ES Maximinos) e de Debora Swinke (EB 2,3 Sarrazola), esta última pela larga margem de 07:36 (!), enquanto nos escalões de Juvenis triunfaram Daniel Catarino (EB 2,3/S Entroncamento) e Beatriz Moreira (EB 2,3 Sarrazola). O XX Troféu de Orientação do CPOC incluiu ainda a 4ª etapa da Taça de Portugal de Orientação de Precisão 2012, com Diana Coelho (Classe Paralímpica) e Joaquim Margarido (Classe Aberta) a serem os vencedores. Colectivamente, a vitória sorriu ao ADFA, com uma confortável vantagem sobre Ori-Estarreja e COC, segundo e terceiro classificados, respetivamente.


Resultados

Homens Elite
1º Diogo Miguel (Ori-Estarreja) 42:42
2º João Mega Figueiredo (CN Alvito) 43:43
3º Tiago Romão (ADFA) 45:15
4º Nélson Graça (Ori-Estarreja) 45:21
5º Joaquim Sousa (COC) 45:51

Damas Elite
1º Lídia Magalhães (ADFA) 58:02
2º Carla Saraiva (Ori-Estarreja) 01:02:21

Vencedores outros escalões
H/D10 – João Pedro (ADFA) e Catarina Pereira (ADFA)
H12 – André Roberto (COC)
H/D14 – João Novo (ES Maximinos) e Debora Swinke (EB 2,3 Sarrazola)
H/D16 – Daniel Catarino (ES 2,3/S Entroncamento) e Betariz Moreira (EB 2,3 Sarrazola)
H/D18 – Oleksandr Zaikin (ADFA) e Sofia Pinto (CIMO / Ciclonatur)
H/D20 – Fábio Silva (ADFA) e Susana Almeida (CO Viseu – Natura)
H/D21A – Sandro Castro (GD4C) e Rita Madaleno (ADFA)
H/D21B – Levi Pagaime (Ori-Estarreja) e Alda Marcelo (Ginásio CF)
H/D35 – Pedro Pereira (ADFA) e Ana Paula Serra Campos (.COM)
H/D40 – António Aires (Individual) e Maria Leonor Luz (CLAC)
H/D45 – Eduardo Sebastião (ADFA) e Aida Correia (GD4C)
H/D50 – Mário Duarte (ADFA) e Helena Lopes (CIMO / Ciclonatur)
H/D55 – Armando Santos (COALA) e Margarida Rocha (GD4C)
H60 – José Raposo (COALA)
H65 – Coelho dos Santos (Ori-Estarreja)
H70 – José Grada (Ori-Estarreja)
Open Fácil – Luis Fortunato (Individual)
Open Difícil - Samuel Leal (Ginásio CF)
Pares/Grupos – Pedro D. + Fábio D. + (Montepio Geral)

Clubes
1º ADFA – 2590,34 pontos
2º Ori-Estarreja – 2335,76 pontos
3º COC – 2327,67 pontos
4º GD4C – 1932,73 pontos
5º CIMO / Ciclonatur – 1354,72 pontos


Recuperar forças para o próximo grande desafio”

Para Luís Santos, Presidente do CPOC e um dos responsáveis pelo traçado de percursos, “foi objectivo do clube criar mais um evento com características invulgares, apostando em 'vender' a imagem da Orientação aos lisboetas e em 'vender' Lisboa aos orientistas.” Apesar da ambição das apostas, Luís Santos reconhece que “nenhum destes objectivos foi inteiramente conseguido, o que deixa uma certa sensação de frustração. O primeiro porque a chuva não permitiu que o enorme esforço do Clube em divulgar a prova permitisse um número recorde de não federados. As condições climatéricas adversas roubaram-nos certamente a possível presença de largas dezenas de participantes, muitos deles inscritos e outros que acabaram por recear o mau tempo nos dias anteriores ao evento. A segunda porque os desafios urbanos que propusémos não despertaram o interesse da grande maioria da comunidade orientista.”

Mesmo assim, os cerca de 500 participantes proporcionaram uma animação invulgar em espaços emblemáticos da cidade de Lisboa. A este propósito, Santos adianta: “Apesar de serem duas provas urbanas, tinham características totalmente diferentes com um traçado baseado nos desafios que só a sinalética ajudava a resolver e que proporcionaram momentos difíceis, principalmente no Castelo de São Jorge, enquanto no Parque Eduardo VII se realizou uma prova mais rápida, mas num espaço muito agradável da Cidade, nomeadamente na parte nova do mapa, no Jardim Amália Rodrigues, mapa este que foi um belo trabalho de estreia do casal Ana Carreira e Acácio Porta Nova.” E a terminar: “Resta-nos agora recuperar forças para o próximo grande desafio organizativo do CPOC que será a 10 de Novembro, pois tencionamos realizar mais um grande evento, desta conta inserido no Circuito Urbano com duas apostas que possam merecer o interesse da comunidade orientista, com um mapa novo do centro da Vila de Sintra e um possível regresso ao tão emblemático espaço do Parque da Pena.”

Resultados completos e demais informações em http://www.cpoc.pt/eventos.php?ev=20Trofeu



Para visualizar a reportagem fotográfica da etapa da tarde, clique na imagem acima.


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: