quinta-feira, 31 de maio de 2012

NORTE ALENTEJANO O' MEETING 2012: MARVÃO EM FESTA





A melhor Orientação está de regresso ao Norte Alentejo. Depois de Nisa, Castelo de Vide, Alter do Chão, Crato e Portalegre, Marvão prepara-se para receber a mais recente edição do NAOM. A quarenta e oito horas do evento, conferimos as últimas desta verdadeira festa.


Está aí o Norte Alentejano O' Meeting 2012. Com ele vem, para além da festa e do convívio, das belezas da paisagem e das riquezas dum património único, a luta pelos títulos nacionais de Sprint e de Distância Média da presente temporada. As provas decorrem no concelho de Marvão, nos dias 2 e 3 de Junho e contam com a assinatura organizativa do Grupo Desportivo dos Quatro Caminhos, da Câmara Municipal de Marvão e da Federação Portuguesa de Orientação.

Do programa do NAOM 2012 constam duas provas de Sprint e uma prova de Distância Média. O somatório de tempos das duas provas de Sprint, que ocuparão o primeiro dia do evento, permitirão apurar os respetivos campeões nacionais nesta disciplina. O último dia de provas é dedicado à disputa dos títulos nacionais de Distância Média. Estão inscritos até ao momento 503 atletas, em representação de 35 clubes, distribuídos por 32 escalões de competição e quatro escalões abertos. Dez dos presentes viajarão da vizinha Espanha e pertencem todos ao clube ADOL, de Sevilha.

Luta acesa

A primeira etapa do Campeonato Nacional de Sprint será realizada na Herdade do Pereiro, uma aldeia que foi notícia no início do ano por ter sido colocada à venda pelo valor de sete milhões de euros. A segunda etapa será realizada no interior das muralhas da Vila de Marvão, numa prova com tanto de belo como de exigente. Tiago Romão (ADFA) e Raquel Costa (GafanhOri) defendem os títulos alcançados em 2011, em Peniche. Romão deverá contar com a forte oposição de Tiago Aires (GafanhOri), Miguel Silva (CPOC) e Diogo Miguel (Ori-Estarreja), ao passo que Raquel Costa deverá ter como principais opositoras as jovens Mariana Moreira (CPOC) e Joana Costa (GD4C) e ainda o combativo trio de atletas do COC, Patrícia Casalinho, Catarina Ruivo e Andreia Silva.

O Campeonato Nacional de Distância Média realiza-se no Carvalhal de Vale do Ródão, numa encosta única em Portugal, com a sua frondosa e verdejante floresta a prometer um constante desafio às capacidades dos melhores especialistas presentes. Miguel Silva (CPOC) e Raquel Costa (GafanhOri) ostentam o título de campeões nacionais da distância, prevendo-se acesa luta com os demais competidores na defesa dos mesmos. As competições em ambos os dias decorrem em mapas assinados por Armando Rodrigues, com traçado de percursos de Fernando Costa e Supervisão de Jorge Simões.


Lugar de destaque no panorama desportivo da região

Esta é a segunda vez que o Norte Alentejano O' Meeting acolhe os Campeonatos Nacionais de Sprint e de Distância Média, depois da inesquecível jornada de Castelo de Vide, em 2008. Norte Alentejano O' Meeting que soube alcançar, por direito próprio, um lugar de destaque no panorama desportivo da região, tendo reunido nas cinco anteriores edições um total de 5.500 participantes, dos quais 2.200 estrangeiros de 30 países. Um evento que tem no seu quadro de honra nomes tão importantes como os de Eva Jurenikova ou Anders Nordberg, Helena Jansson ou Olav Lundanes, Simone Niggli ou Thierry Gueorgiou.

Para Fernando Costa, Diretor do Evento, o NAOM 2012 “é uma prova como outras que já fizemos, embora estes terrenos sejam mais agrestes e julgo que as pessoas irão sentir algumas diferenças, sobretudo na prova de Distância Média.” Se os desafios técnicos são um aliciante para os participantes, já os desafios logísticos que se colocam à organização acarretam consigo preocupações acrescidas: “Este é um concelho pequenino e não encontramos aqui as condições ideais em termos de infra-estruturas desportivas.” Também em relação aos terrenos, as adversidades foram uma constante e, a este propósito, Fernando Costa deixa um aviso: “A modalidade começa a ser conhecida e começamos a ter mais dificuldade em contar com a boa vontade dos proprietários. Felizmente as coisas resolveram-se praticamente em cima da hora, mas estimo que não vai ser fácil, no futuro, termos terrenos disponíveis para a realização das nossas provas.”


Um património cultural, paisagístico e gastronómico absolutamente fantástico”

No tocante à articulação com a autarquia local, Fernando Costa afirma que “tem sido boa, mas as Câmaras também não podem fazer milagres quando não têm muito mais do que isto para oferecer.” E a terminar: “Contamos com a compreensão dos participantes e esperamos que eles entendam que vêm para um local do país muito esquecido. Marvão pode não ter as infra-estruturas ideais para um evento desta envergadura, mas em contrapartida tem a simpatia das pessoas e um património cultural, paisagístico e gastronómico absolutamente fantástico.”

Saiba tudo sobre o evento em http://gd4caminhos.com/eventos/naom/2012/


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: