sábado, 7 de abril de 2012

CAMPEONATO DE ESPANHA DE ORIENTAÇÃO DE PRECISÃO 2012: JOAQUIM MARGARIDO CONCLUI NA QUARTA POSIÇÃO




A Orientação de Precisão portuguesa está de parabéns. Na primeira edição dos Campeonatos Nacionais de Espanha, realizados na tarde de ontem na cidade estremenha de Plasencia, Joaquim Margarido teve um meritório desempenho, terminando a prova na quarta posição.


Joaquim Margarido, em representação do DAHP – Núcleo de Desporto Adaptado do Serviço de Medicina Física e de Reabilitação do Hospital da Prelada (Porto), foi o quarto classificado nos Campeonatos de Espanha de Orientação de Precisão 2012. A prova teve lugar em Plasência, nela se atribuindo pela primeira vez os títulos nacionais de Espanha nesta tão desafiante quanto exigente disciplina.

Dirigida a uma única Classe de competição, a prova contou com a extraordinária participação de 111 atletas, oriundos dos quatro cantos da Península. O DAHP – Núcleo de Desporto Adaptado do Serviço de Medicina Física e de Reabilitação do Hospital da Prelada (Porto) marcou presença com uma comitiva de oito atletas, quatro dos quais deslocando-se em cadeira de rodas e sendo, nessa qualidade, os únicos atletas paralímpicos presentes na tarde de Plasência.


Vitórias ao cronómetro

Tarde que começou francamente mal. As ameaçadoras núvens que, a pouco e pouco, se vinham encastoando no horizonte, decidiram desfazer-se em granizo sobre os participantes que acabavam de iniciar a sua prova, prejudicando seriamente o normal desenrolar dos acontecimentos. Pouco passava das quatro da tarde quando o lindíssimo parque de Los Pinos se viu, num ápice, coberto dum tapete branco de gelo, à medida que a chuva ia tornando quase impraticáveis os cartões de controlo fornecidos pela organização. Perante este cenário, mais do que acabar a prova bem, a prioridade passou a ser acabar a prova depressa. Face às precárias condições em que se encontravam, os atletas do DAHP mostraram-se incapazes de encontrar o tão necessário ponto de concentração, acabando por ter desempenhos muito abaixo das suas reais capacidades.

A excepção acabou por ser Joaquim Margarido que, apesar de algumas inconsistências no desenvolvimento da sua prova, lograria um total de onze pontos, tantos quantos os pontos alcançados pelos atletas que terminaram à sua frente. O atleta do DAHP só se pode queixar de si próprio, já que uma deficiente colocação no ponto de observação motivou uma falha imperdoável no ponto 12, roubando-lhe o título. No desempate, viria a prevalecer a rapidez de resposta no ponto cronometrado, com Joaquim Margarido a ser mais lento que os seus adversários directos, quedando-se arredado do pódio por escassos três segundos.


Resultados

 Josep Morlá Vanrell (Wakhan) – 11 pontos (00:04)
2º Carmela Alonso González (Go-Xtrem) – 11 pontos (00:09)
2º Pau Marí Llado (Badalona-O) – 11 pontos (00:09)
4º Joaquim Margarido (DAHP – Porto, Portugal) – 11 pontos (00:12)
5º Fernando Soriano Rubio (COHU) - 11 pontos (00:31)
6º Jose Antonio Tamarit Suay (CC Valencia) - 11 pontos (00:69)
7º Ana Belén Calvo Ruiz (UPV-O) - 11 pontos (00:71)
8º Maria Gracia Gilbert (Farra-O) - 10 pontos (00:06)
9º Alejandro Felipe Blasco (UPv-O) - 10 pontos (00:06,5)
10º Isabel Alba Ibañez (Montsant) - 10 pontos (00:13)
(…)
85º Liliana Rocha (DAHP – Porto, Portugal) – 5 pontos (00:13)
86º Diana Coelho (DAHP – Porto, Portugal) – 5 pontos (00:13,5)
96º Pedro Cunha (DAHP – Porto, Portugal) – 4 pontos (00:05)
98º Ricardo Pinto (DAHP – Porto, Portugal) – 4 pontos (00:22)
101º Adriano Rodrigues (DAHP – Porto, Portugal) – 4 pontos (00:67,5)
107º Filipe Leite (DAHP – Porto, Portugal) – 3 pontos (00:72)
108º Ana Paula Marques (DAHP – Porto, Portugal) – 3 pontos (00:73)



Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO


NOTA: Como muitos dos leitores assíduos do Orientovar terão notado, esta mensagem sofreu uma alteração profunda. Um equívoco da organização espanhola levou a que as classificações fossem divulgadas com a solução referente ao ponto 9 errada, tendo posteriormente sido reposta a verdade. O segundo lugar de Joaquim Margarido passou a quarto e todas as restantes classificações acabaram por sofrer ligeiras modificações. Em nome da verdade desportiva, porém, o seu a seu dono!

1 comentário:

Ricardo Chumbinho disse...

Parabéns Margarido... temos atleta :-)