terça-feira, 20 de março de 2012

I TROFÉU DE ESTAFETAS DO CPOC: "DOBRADINHA" DO CLUBE DE ORIENTAÇÃO DO CENTRO




O velhinho mapa de Monsanto Sul foi palco da terceira etapa do recém-criado Circuito Nacional de Estafetas. Numa manhã recheada de alegria, emoção e muita Orientação, só mesmo os índices de participação ficaram aquém do esperado. No final, o COC fez a “dobradinha” e levou de vencida o escalão Sénior, tanto em masculinos como em femininos.


Foi uma aposta de última hora. Agendado inicialmente para Gouveia, o I Troféu de Estafetas do CPOC acabou por ter lugar em Lisboa, na manhã do passado sábado. A organização esteve a cargo do CPOC – Clube Português de Orientação e Corrida, apostando para o efeito na reutilização do mapa de Monsanto Sul - que já não era usado numa prova oficial desde 2003 - e submetendo-o a uma nova revisão com a chancela de qualidade de Tiago Aires. Mas o CPOC quis ir mais longe e, prolongando a festa da Orientação, propôs um evento de participação individual à tarde, no mapa de Caselas. E fê-lo com um agradecimento especial ao ATV que possibilitou a oferta a todos os entusiastas da Orientação desta pequena mas muito agradável floresta.

Numa jornada pontuada por excelentes momentos de salutar convívio e da melhor Orientação, só os índices de participação deslustraram, quedando-se ou pouco aquém das expectativas. Das 34 equipas inscritas, marcaram presença 29, com o total de participantes, entre as provas da manhã e da tarde, a ultrapassar sensivelmente a centena e meia. Apesar das Estafetas serem uma grande festa noutros países, em Portugal parece que as coisas não se passam da mesma forma e estes números devem merecer uma reflexão da parte de todos.


Quanto mais velho melhor!

Com muito boa disposição, um céu solarengo e uma magnífica vista sobre o rio Tejo, o anfiteatro Keil do Amaral serviu de arena ao I Troféu de Estafetas do CPOC. Após um desfilar de trocas de liderança no decorrer da prova, o COC foi o grande vencedor em Séniores Masculinos, com Paulo Franco, André Ramos e Joaquim Sousa a serem os mais rápidos ao completar os três percursos em 1:58:25. Separados por cerca de dois minutos, seguiu-se a equipa do Gafanhori, composta por Manuel Horta, Tiago Gingão Leal e David Sayanda, enquanto a equipa brasileira Elite CO (Ronaldo Almeida, Michel Silva e Fábio Kuczkoski) completava o pódio. Em Séniores Femininos, a equipa do COC (Catarina Ruivo, Palmira João, Inês Domingues) correu sem concorrência, tendo terminado os 3 percursos em 3:13:26. Mesmo a terminar a prova da manhã, S. Pedro resolveu dar um ar de sua graça e refrescou os participantes com uns chuviscos, forçando ao adiamento da Cerimónia de Entrega de Prémios por umas horas.

Da parte da tarde decorreu uma prova aberta no Mapa de Caselas. Joaquim Sousa voltou a mostrar que “quanto mais velho melhor” e não deu hipóteses aos seus adversários, completando os 4,5 km do seu percurso em 29:39. Logo atrás chegaram Aaro Asikinen (CPOC) e Manuel Horta (Gafanhori), completando assim o pódio em Difícil Masculino. No percurso Feminino houve mais competição do que de manhã. Venceu Henna Hoglund (CPOC) em 39:28, à frente de Lídia Magalhães (ADFA) e da lituana Adrija Kulbokaite (OK Azuolas).

Os resultados totais da prova de estafetas e da prova aberta podem ser consultados em http://www.cpoc.pt/eventos.php?ev=1Estafetas&op=resultados

As Estafetas voltam já no próximo mês de Abril com o sempre festivo Campeonato Nacional de Estafetas, em Terras de Bouro. Quanto ao CPOC, voltará às organizações no próximo mês de Maio com o XX Troféu de Orientação do CPOC. Um evento que vai concerteza encher de orientistas as ruas e vielas de Lisboa!

[Foto gentilmente cedida por João Dias]


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: