sexta-feira, 30 de março de 2012

CAMBOR 2012: CAMPEONATO BRASILEIRO DE ORIENTAÇÃO ARRANCA HOJE




Realiza-se este fim de semana a primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Orientação. Com uma etapa pontuável para o ranking mundial, o evento chama a Guaraniaçu a fina flor da Orientação brasileira para três dias de desafiante competição e salutar convívio.


Guaraniaçu, topónimo de origem Guarani e que significa “Lobo Habitante das Águas Grandes”, é um município brasileiro situado no Oeste do Estado do Paraná, junto à faixa de fronteira do Brasil com as Repúblicas do Paraguai e da Argentina. Será aqui que, a partir de hoje e até domingo, terá lugar a primeira etapa do XIV Campeonato Brasileiro de Orientação, numa organização do Cobra Clube de Orientação de Cascavel, Federação Paranaense de Orientação, Confederação Brasileira de Orientação e com o apoio da Prefeitura Municipal de Guaraniaçu.

Com temperaturas médias previstas a rondar os 25º C e sem chuva, o programa do evento abre já esta tarde com a grande festa da Orientação que é a prova de Estafetas e na qual estão inscritas 86 equipas distribuídas pelos 9 escalões de competição. Amanhã corre-se a prova de Distância Longa, ficando a prova de Distância Média, pontuável para o ranking mundial, reservada para domingo, último dia da provas. Nestas duas últimas etapas, estão inscritos 461 atletas em representação de 52 clubes. A título de curiosidade, refira-se que o Clube de Orientação de Curitiba é o clube com maior número de inscritos, com 58 atletas presentes em Guaraniaçu. O escalão Homens Elite (H21E) é aquele que regista maior número de atletas inscritos, nada mais nada menos que 35, sendo que, em 40 dos 73 escalões de competição, o número de inscritos é igual ou inferior a três. O número de atletas inscritas no sector feminino é de 119, num rácio aproximado de 3 atletas masculinos para uma atleta feminina.

De acordo com as informações disponibilizadas no Boletim do evento [AQUI], a prova de Estafetas decorre na Fazenda de Santa Ana na Comunidade de Linha Cascudo, com áreas abertas, pequenas áreas de vegetação e praticamente sem desnível. Desnível esse que será a nota dominante das áreas das provas de Distância Média e de Distância Longa. Todas as provas terão lugar em terreno de fácil corrida, permitindo pôr à prova as capacidades físicas e técnicas dos intervenientes.


Um pouco de história do Clube Cobra de Orientação

Foi numa rotineira viagem a Curitiba para participar no Circuito Paranaense de Orientação que, no seio do grupo de amantes da modalidade, uma voz se fez ouvir: “Vamos fundar um Clube de Orientação em Cascavel?”. Atravessava-se nesse momento a cidade de Irati – PR e a sugestão foi aceite com entusiasmo, de tal forma que, chegados a Curitiba, os atletas trataram de providenciar de imediato junto do Clube de Orientação de Curitiba, cópia do estatuto e demais documentos necessários a fundação de um Clube de Orientação. Estávamos no início de Novembro de 1996 e a ideia foi agarrada “com a alegria de uma criança que acaba de ganhar um presente”. De tal forma que, no último dia desse mês, o grupo reuniu-se na sede do Clube dos Subtenentes e Sargentos de Cascavel (Clube de Militares do Exército) - que gentilmente cedeu uma sala e que funciona ainda como sede provisória - e aí nasceu o Cobra Clube de Orientação e que teve em Luiz Borella o seu primeiro Presidente.

Após a fundação, conforme consta dos Estatutos do Clube, com data de 30 de novembro de 1996, o CCO foi registrado com o CGC nº 02.319.798/0001-64, (hoje CNPJ), organizando logo no ano de 1997 o I COO (Circuito Oeste de Orientação), ganhando adeptos a cada ano que passa. Em 2005, foi dividido o estado do Paraná em duas regiões para fins de disputa do Campeonato Estadual, recebendo a 9ª edição do Circuito Oeste de Orientação a denominação de Circuito Oeste Paranaense de Orientação. O Circuito Oeste Paranaense de Orientação é o evento mais antigo no Brasil disputado regionalmente dentro de um estado brasileiro e que agrega atletas de estados vizinhos. A “marca registada” é o símbolo do Clube que destaca a estrela de 8 pontas simbolizando os pontos cardeais imprescindíveis para o orientista e a cobra que representa a cidade de Cascavel.

Cabe destacar alguns nomes que fizeram parte do clube, integrando os seus Corpos Sociais, tais como Valdecir Ernesto Folador, Gelson Leandro Kaul, Félix Ribeiro da Silva, Juares Gonçalves Dias, José Carlos Wickert, Giovane Almeida Alves, Acir José de Almeida, Dilamar Pilatti, Ilson Luiz Mendonça Domingues, Odenézio Frasson e Sérgio Luiz Borba. A eles se deve muita da importância que o clube assume hoje em dia no panorama da Orientação brasileira e que faz dele um dos fundadores da Confederação Brasileira de Orientação, conforme consta do Estatuto de Fundação daquela entidade. Resta dizer que estes apontamentos históricos foram retirados dum texto assinado por Valdir Tasca, uma homem que faz naturalmente parte da história da fundação do Cobra Clube de Orientação e que assume as funções de Diretor da Prova nesta I Etapa do CamBOr 2012.


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: