domingo, 26 de fevereiro de 2012

XIII MEETING DE ORIENTAÇÃO DO CENTRO - WRE 2012: VITÓRIAS DE THIERRY GUEORGIOU E LINNEA GUSTAFSSON




Ao longo do fim de semana, a Marinha Grande recebeu a 13ª edição do Meeting de Orientação do Centro. No Pinhal do Rei, um dos “santuários” da Orientação em Portugal, a Orientação reinou. No final, Thierry Gueorgiou e Linnea Gustafsson foram os vencedores.


No Pinhal do Rei, a mais emblemática das nossas florestas, o “desporto da floresta” reinou. Em causa a primeira etapa do XIII Meeting de Orientação do Centro, evento com a assinatura organizativa do Clube de Orientação do Centro e que contou com os apoios da Câmara Municipal da Marinha Grande e da Federação Portuguesa de Orientação. Num fim de semana absolutamente fantástico para a prática da modalidade, marcaram presença no mapa de Pedreanes cerca de 1200 participantes, metade dos quais estrangeiros.

Pontuável para o ranking mundial da modalidade, a prova de Distância Longa que preencheu o primeiro dia de competição viria a revelar-se um desafio tremendo, sobretudo na vertente física, com percursos de 18,7 km para a Elite Masculina e de 12,1 km para a Elite Feminina. Um sobe e desce constante, um micro-relevo a exigir máxima atenção na aproximação aos pontos e a muita areia solta acabaram por ser os ingredientes que permitiram escalonar devidamente os mais aptos e melhores.


Olav Lundanes e Linnea Gustafsson vencem WRE

Confirmando os bons resultados alcançados no recente Portugal O' Meeting, Olav Lundanes (Halden SK) viria a ser o vencedor na Elite Masculina, cumprindo o seu percurso em 1:30:19. Atrás de si classificaram-se Scott Fraser (SNO) e Dmitriy Tsvetkov (Russia O’ Team), com mais 1:49 e 1:50 que o vencedor. Quanto á Elite Feminina, Linnea Gustafsson (OK Hallen) levou a melhor sobre as suas adversárias, cumprindo a sua prova em 1:12:30. Nas segunda e terceira posições classificaram-se Lena Eliasson (Domnarvets GoIF) e Ida Bobach (Danish O' Team), com os tempos de 1:15:37 e 1:16:56, respectivamente. Entre os portugueses, Tiago Aires, na 25ª posição com um registo de 1:46:50 e Raquel Costa, com 1:32:03, a que correspondeu o 28º lugar, foram os nossos melhores representantes.

Para o vencedor na Elite Masculina, Olav Lundanes, “foi uma boa prova. No primeiro ponto tive alguns problemas, não estava cem por cento seguro do ponto e depois na zona dos ‘loops’ também cometi um pequeno erro que me terá custado cerca de 20 segundos, mas o resto da prova foi boa”. O atleta norueguês considerou a prova dura, com o tipo de corrida alternando o rápido com o lento, muito ao contrário daquilo a que vinha estando acostumado neste início de temporada. Olav Lundanes, que ficará em Portugal ainda mais uma semana a treinar na região de Viseu, considera ser este um bom começo de temporada e um bom prenúncio para os grandes embates, mais lá para o Verão: “As coisas estão a começar a afinar”, conclui.


Tiago Aires e Raquel Costa, os melhores portugueses

No dia de hoje, Thierry Gueorgiou (Kalevan Rasti) e Linnea Gustafsson demonstraram ser os melhores, juntando à vitória na etapa a conquista dos respetivos troféus. A etapa decisiva do XIII MOC – WRE 2012 voltou a percorrer as verdes e perfumadas florestas da Marinha Grande, para uma prova de Distância Média ao encontro dos mais elevados padrões de exigência técnica e de capacidade organizativa. Thierry Gueorgiou mostrou o porquê de ser o líder do ranking mundial e, vingando uma performance menos conseguida na véspera, levou de vencida esta etapa, cumprindo o seu percurso de 7.3 km em 33:53. Com mais 0:57 e 1:11, respectivamente, Anders Nordberg (Vaajakosken Tëra) e David Andersson (Malungs OK) alcançaram as posições imediatas.

Na prova feminina, a vencedora da etapa de ontem, Linnea Gustafsson (OK Hallen), voltou a ser a mais forte, vencendo com o tempo de 36:49 para um percurso de 6,4 km. Atrás de si quedaram-se Lena Eliasson e Venla Niemi (Tampereen Pyrinto), com registos de 38:09 e 39:06, respectivamente. Entre os portugueses, Manuel Horta (GafanhOri) e Joana Costa, (GD4C) foram os mais fortes, relegando para a segunda posição Tiago Leal (GafanhOri) e Raquel Costa, respectivamente.


Portugal é o melhor local do Mundo no Inverno”

Contas feitas ao somatório das duas etapas, Thierry Gueorgiou e Linnea Gustafsson foram os grandes vencedores deste XIII Meeting de Orientação do Centro - WRE 2012. Olav Lundanes e Anders Nordberg, na Elite Masculina, e Lena Eliasson e Venla Niemi, na Feminina, ocuparam por esta ordem os lugares imediatos do pódio. No tocante aos portugueses, Tiago Aires e Raquel Costa acabaram por ser os melhores, ocupando na classificação geral final as 22ª e 23ª posições, respectivamente.

Para Thierry Gueorgiou, “foram dois dias muito diferentes daquilo que tivemos no Portugal O' Meeting. Os terrenos são muito mais rápidos e procurei correr o mais depressa possível. Acabei por cometer muitos erros em ambos os dias, o que me deixa menos contente do que na semana passada.” Revelando sentir-se bem fisicamente, o “francês voador” admite que o problema está na capacidade de concentração e na forma como se alia a parte técnica e o ritmo de prova. Mas a sua satisfação é indesmentível: “É sempre muito importante poder correr em terrenos rápidos como estes. É um tipo de orientação diferente porque nos coloca à prova os limites físicos e, ainda que seja mais fácil tecnicamente, faz com que cometamos erros com alguma frequência devido à velocidade.” E a finalizar: “Este foi o Inverno em que estive em Portugal mais tempo, cerca de dois meses no total. Não no futuro imediato, mas no próximo ano estou seguro que regressarei. Portugal é o melhor local do Mundo no Inverno.”


Um bom treino para início de temporada”

Também Linnea Gustafsson se mostrou satisfeita com esta vitória: “Foram duas boas provas, a de Distância Longa a implicar uma maior gestão do esforço e saber controlar bem o ritmo, a de hoje mais técnica”. Afirmando ter sido este “um bom treino para início de temporada, com uma orientação complicada e a exigir uma concentração constante”, a atleta confessa que os seus objectivos estão centrados em obter um bom resultado nos Campeonatos da Europa e nos Campeonatos do Mundo, na Suécia e na Suiça, respectivamente. Portugal será a base da atleta na próxima semana e meia, mas o regresso está prometido: “É muito bom estar aqui em Portugal!”

O Meeting de Orientação do Centro – WRE 2012 chegou ao fim e, com ele, o período aúreo das provas de Inverno em Portugal e que este ano, no conjunto das três etapas aqui disputadas – Arronches, Viseu / Sátão e Marinha Grande – trouxeram ao nosso País um número de estrangeiros superior aos dois milhares. A Taça de Portugal de Orientação Pedestre faz agora uma pausa de quatro semanas, regressando em Adamuz (Córdoba), para a realização da primeira etapa do XX Campeonato Ibérico 2012.

Saiba tudo sobre o XIII Meeting de Orientação do Centro em http://www.coc.pt/eventos/25fev2012/pt/index.php e veja algumas fotos seleccionadas AQUI.


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: