sábado, 18 de fevereiro de 2012

PORTUGAL O' MEETING 2012: THIERRY GUEORGIOU E SIMONE NIGGLI ENTRAM A VENCER




Sol, cor e muita animação. O Portugal O’ Meeting 2012 começou sob os melhores auspícios. No mapa da Sra. do Crasto, a norte de Viseu, Thierry Gueorgiou e Simone Niggli foram os mais fortes.


Teve início esta manhã a 17ª edição do Portugal O’ Meeting, a mais importante competição regular de Orientação levada a cabo no nosso País. Perto de 1800 orientistas de 30 países – dois terços dos quais estrangeiros – marcaram encontro na Sra. do Crasto, para uma prova de Distância Longa dura q.b. e plena de desafios.

Entre a Elite Masculina, Thierry Gueorgiou confirmou o favoritismo que lhe é atribuído, levando de vencida a prova. O atleta francês cumpriu os 27 pontos do seu percurso (12,1 kms) no tempo de 1:08:06, deixando atrás de si o suíço Fabian Hertner e o sueco Matthias Millinger.

Para Gueorgiou, esta não foi uma prova perfeita: “Cometi um erro enorme no ponto 3, perdi alguns minutos, quebrei o ritmo e depois tive de ir à procura do prejuízo.” O atleta francês, líder do ranking mundial, considerou muito bons os mapas e diversidade de opções, centrando-se agora as suas expectativas nas provas de amanhã e segunda feira: “São duas provas de Distância Média, duas provas muito rápidas onde não há gestão de esforço: é prego a fundo e depois veremos.”


Regresso em força de Simone Niggli

No tocante ao escalão de Elite feminina, Simone Niggli mostrou na Sra. do Crasto o porquê de ser a melhor orientista de todos os tempos. Nesta que é a sua quarta presença consecutiva no Portugal O’ Meeting (nas três anteriores edições, levou de vencida oito das doze etapas disputadas), Simone Niggli não deu hipóteses à concorrência, vencendo em 1:04:04 para 9 kms de prova (19 pontos de controlo). Atrás de si, a escassos 15 segundos, ficou a favorita Annika Billstam (Suécia), nº2 do ranking mundial, e a suíça Rahel Friedrich.

No final, Simone Niggli não se mostrava totalmente satisfeita: “Não foi uma prova perfeita, fiz uma quantidade de errros maiores, perdendo cinco minutos no total. Mas é um regresso à competição depois de uma longa ausência e foi muito bom estrear-me assim neste PortugalO’ Meeting.” Confessando sentir-se bem fisicamente, a atleta espera agora “terrenos ainda mais bonitos e menos erros nos próximos dias”.

O Portugal’O’Meeting regressa amanhã ao mapa da Sra. do Crasto para a prova de Distância Média. A tarde será dedicada ao Desporto Adaptado, com provas de Orientação de Precisão (mobilidade reduzida) e atividade de Orientação Adaptada (deficiência intelectual), a terem lugar no centro da cidade de Viseu.

Acompanhe o Portugal O' Meeting 2012 em http://www.pom.pt/pt/ ou aqui, no seu Orientovar.


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

1 comentário:

Presidente disse...

Para a prova de O-Prec e para a de Ori Adaptada teremos a honra de contar com a presença do Sr Presidente do CPP.
Abraço