sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

PORTUGAL O' MEETING 2012: PRIMEIRAS IMPRESSÕES




O Portugal O' Meeting 2012 já mexe - e de que maneira!  Hoje foi dia de Model Event, o Orientovar esteve ao início da tarde na Senhora do Crasto e pode constatar a enorme afluência de atletas. Embrenhados na floresta, em ritmo de passeio ou um pouco mais a sério, foram muitos aqueles que não quiseram perder a oportunidade de tomar o pulso aos mapas e ao terreno, adivinhando-se já uma enorme vontade de levar por diante os objectivos traçados por cada um.


Senhora do Crasto, Viseu. O relógio caminha rapidamente para as quinze horas e a tarde está absolutamente primaveril. Embrenhados na floresta, são muitos os orientistas que não quiseram perder a oportunidade de tomar o pulso aos mapas e terrenos deste POM, participando nos Model Event. No final, as declarações têm tanto de prazenteiro como de elogioso.

Para Ronaldo dos Santos (Elite CO), este é “um mapa bem desenhado, bem detalhado, num terreno muito rápido, apesar de algumas áreas verdes”. O atleta brasileiro faz questão de referir que “as rochas são boas referências no mapa, podemos confiar bem nas rochas e a competição promete tempos bem rápidos.” Ronaldo manifesta ainda o seu entusiasmo pela oportunidade de competir no escalão de Super Elite e confessa estar a atravessar a sua melhor fase, pelo que procurará “uma boa posição para subir no ranking mundial, fazer os melhores tempos e aproveitar esta oportunidade como forma de preparar o apuramento para os Campeonatos Mundiais Militares”.


“Ganhar experiência”

Fábio Kuczkcoski, Também do Elite CO, afina pelo mesmo diapasão: “É a primeira vez que estou a competir na Europa e estou surpreendido com este mapa, achei muito bom. Dá para ver que o nível da Orientação é muito superior àquilo que temos no Brasil.” Para o atleta, o objectivo parece centrar-se igualmente nos Mundiais Militares: “O meu objectivo é ganhar experiência e tentar uma vaga para o Mundial Militar. Aqui o nível é muito superior e isso deixa-me mais confiante. Vou chegar ao Brasil e a seletiva vai ser bem mais fácil.”

Sanna Andelin também fez o Model Event da Senhora do Crasto e ficou muito agradada: “Penso que é um mapa com muita qualidade e os terrenos são muito bonitos.” Para os quatro dias do Portugal O' Meeting, a finlandesa espera “boas provas e percursos desafiantes”. Resultados? “Não são importantes. Espero apenas fazer uns bons treinos.”


“Se ficar alguém atrás de mim, pois pior para ele!”

Para Val Challacombe (Welwyn Orienteers), uma atleta que competirá em W60, este foi um Model Event “muito útil, uma vez que ficámos com uma ideia quanto ao estilo de cartografia. É um mapa que tem muitos detalhes rochosos e portanto é muito importante ter a certeza de qual é a rocha para a qual estamos a olhar.” Estabelecendo uma comparação com o mapa do Senhor dos Caminhos, experimentado na parte da manhã, Val Challacombe não tem dúvidas em afirmar que este é um terreno “mais fácil, não tão duro, onde por vezes é possível correr bem depressa.” Afirmando estar à espera “dum lugar no top 5” a atleta britânica conclui que esta “foi uma experiência muito prática, muito boa e, pelo menos nos dois primeiros dias do POM, penso que será divertido correr aqui.”

Finalmente, ouvimos Carles Lladó Badia (COC Catalunya), “o menos jovem orientista da Península”. O veterano M80 começou por afirmar que não se recorda de quantas vezes já veio a Portugal, mas "se voltamos é porque gostamos”. E gostamos porquê?, interrogámos. A resposta funda-se na História: “Porque há tantos centos de anos, Portugal libertou-se de Espanha, o que é uma sorte. Espero dentro em breve que aconteça o mesmo com a Catalunha”. Questões políticas e sentimentais à parte, para Carles Lladó “este é um terreno um pouco abrupto em termos de vegetação. É um terreno muito bonito mas a vegetação é um pouco impenetrável. Espero que amanhã seja melhor.” A terminar, uma confidência: “Amanhã, se não ficar em último contra noruegueses e suecos, ficarei contente. Se ficar alguém atrás de mim, pois pior para ele!”

Tudo para acompanhar em http://www.pom.pt/pt/ ou aqui, no seu Orientovar.










Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: