segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

PORTUGAL O' MEETING 2012: OPÇÕES / IMPRESSÕES DA PROVA WRE




“Estou muito contente com a minha prova. Quando olhei para o mapa e percebi que se tratava de um terreno fantástico, esforçei-me para estar sempre em prova, manter-me permanentemente atento ao mapa. Foi uma prova limpa apenas com algumas hesitações.

Deu-me um enorme prazer correr aqui, nestes que são provavelmente dos melhores terrenos em Portugal. São terrenos muito técnicos, mas onde se pode correr rápido, apesar da visibilidade ser reduzida.

O Portugal O’ Meeting é um evento organizado ao nível de um Campeonato do Mundo. Terei muito prazer em regressar, porque terrenos destes são sempre de aproveitar”.

Thierry Gueorgiou, França (1º lugar M21SE)




“Não estava à espera de ganhar. Senti-me bem, tanto na corrida como na Orientação, mas alguns pontos antes da Arena apanhei a atleta que partiu à minha frente e alguma confiança excessiva levou-me a cometer um pequeno erro. Já na parte final aproveitei um erro da Simone Niggli, tentei manter-me concentrada e fazer uma boa Orientação e consegui.

Os objetivos passam pela qualificação para a Selecção da Suecia que estará presente nos Campeonatos do Mundo. A minha aposta será na Distância Média e por isso foi bom ter ganho aqui este evento. Saio de Portugal muito feliz.”

Lina Strand, Suécia (1º lugar W21E)



“Foi uma prova muito boa, em excelentes terrenos e muito desafiantes. A minha prova não foi lá muito boa, especialmente no início. Perdi no segundo ponto quase um minuto, mas depois andei bem, talvez só no último 'loop' tenha feito um pequeno erro, mas foi muito bom. Estou contente com o meu segundo lugar mas, claro, gostaria de ter batido Thierry Gueorgiou.

Estou a fazer tudo em termos da minha preparação para poder estar ao melhor nível nos Campeonatos do Mundo e, claramente, o meu objectivo é alcançar uma medalha de ouro na Suiça.

Portugal é um excelente País para a prática da Orientação. Este tempo foi perfeito. Tivemos bom tempo e bons terrenos, terrenos muito diferentes de zona para zona e assim é realmente muito bom vir a Portugal para treinar ou competir.”

Daniel Hubmann, Suiça (2º lugar M21SE)



“Quando a prova terminou percebi que cometi um grande erro que me custou cerca de dois minutos e meio e sabia que o meu tempo poderia ser batido, mas estou satisfeita com o resto da prova. São terrenos muito bonitos e muito exigentes, muito técnicos também, é necessário manter a concentração durante toda a prova. Gostei realmente muito.

Foi uma prova pontuável para o ranking mundial que valeu mesmo a pena. Bons mapas, bons percursos, boas opções. O traçador fez um bom trabalho.

É um bom início de temporada, especialmente para mim depois da pausa do ano passado. Preciso agora perceber como estou comparativamente às outras atletas e vejo que o treino de Inverno está a surtir efeito e que a minha condição é boa. O meu grande objectivo será o Campeonato do Mundo e espero estar na luta pelas medalhas. Evidentemente que seria especial alcançar uma medalha na Suiça, perante o nosso público... Estou realmente à espera que isso aconteça.”

Simone Niggli, Suiça (2º lugar, W21E)



“Foi, na realidade, uma boa prova. Hoje tudo esteve excelente, grandes terrenos, grand mapa, uma verdadeira Distância Média, sim, gostei mesmo muito.

Não penso que possa chegar à vitória no Portugal O' Meeting. O meu grande objectivo esta época centra na Suiça e nos Campeonatos do Mundo onde espero conseguir uma medalha. Veremos se consigo desafiar o Thierry [Gueorgiou] ou o daniel [Hubmann]. Vou procurar recuperar o meu título de Distância Longa mas não será fácil. Enfim, vamos a ver.”

Olav Lundanes, Noruega (3º lugar, M21SE)



“Estou satisfeita com o meu terceiro lugar. Não posso controlar a prova dos outros. Pessoalmente correu tudo bem, apenas uns pequenos erros, mas foi uma prova muito desafiante.

Foi uma prova dura, tanto física como tecnicamente. Não temos terrenos destes na Suécia. É muito complicado para nós, é difícil entrar bem nestes terrenos logo de início. Mas gostei porque nos obriga a manter a concentração a tempo inteiro. Não há tempo para pensar nos erros, é seguir em frente.

Fiz boas provas e más provas. Penso que esta minha presença no Portugal O' Meeting é bastante positiva, embora não tenha ainda pensado muito naquilo que poderia ter feito melhor. É um bom início de temporada, sim.”

Lena Eliasson, Suécia (3º Lugar W21E)


Tudo sobre o Portugal O' Meeting 2012 em http://www.pom.pt/pt/ ou aqui, no seu Orientovar.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: