sábado, 18 de fevereiro de 2012

PORTUGAL O' MEETING 2012: ANNIKA BILLSTAM E THIERRY GUEORGIOU COM O FITO NA VITÓRIA!




Thierry Gueorgiou e Annika Billstam chegaram juntos ao Centro do Evento, em Viseu. Com a sua habitual disponibilidade e simpatia, aceitaram falar para o Orientovar. Uma conversa feita de mapas e terrenos de qualidade, duma excelente organização e de muita vontade de confirmar o favoritismo e vencer este Portugal O' Meeting.


Orientovar – É uma honra ter alguém como a Annika, a número dois do mundo, entre nós. Gostava de saber se é a primeira vez que está em Portugal.

Annika Billstam – Por acaso, é a minha primeira vez a competir em Portugal. Os meus primeiros treinos de Orientação em Portugal foram apenas há duas semanas atrás, fiquei aqui durante uma semana e gosto muito disto aqui, o tempo tem estado magnífico e os mapas também são muito bons.

Orientovar – Durante este evento, nestes quatro dias, está aqui para melhorar o seu nível nesta altura da época, ou para competir e ganhar?

Annika Billstam – Estou aqui para fazer quatro boas provas. Farei o meu melhor e procurarei usar a minha velocidade de competição. É importante para mim ver como serão os meus resultados neste momento, e claro que irei usar sempre bastante tempo para treinar e os restantes dias para as competições. As competições são muito importantes para mim.

Orientovar – Olhando para o nível dos seus adversários, espera uma luta dura pelo primeiro lugar?

Annika Billstam – Sim, penso que há um grupo de atletas muito fortes. Mas é muito interessante, não é todos os dias que temos a oportunidade de encontrar alguns dos nomes mais importantes da Orientação. Penso que haverão adversários muito fortes porque, para mim, isto é um estilo diferente de Orientação, é um pouco diferente. Tomarei agora contacto com os mapas e talvez algumas pessoas se sintam mais à vontade neste tipo de terrenos, mas veremos durante a próxima prova!


Thierry Gueorgiou: “A qualidade é ao mais alto nível”

Orientovar - Duma forma muito directa, coloco-lhe a questão: Está aqui para ganhar?

Thierry Gueorgiou – Penso que me encontro em boa forma e, apesar de ter estado adoentado nos últimos dias, vou fazer as quatro provas com “o prego a fundo” e logo veremos.

Orientovar - Há cinco anos foi o grande vencedor do Portugal O' Meeting. Que recordações tem desses momentos?

Thierry Gueorgiou – Boas recordações. Aliás, na semana passada estivemos em S. Pedro do Sul a estagiar e foi um bom reencontro com esses mapas. São realmente mapas muito bons, já tive a oportunidade de ver os mapas do Model Event e são igualmente muito bons e tenho uma enorme vontade que chegue depressa o dia de amanhã.

Orientovar – Teremos aqui oito dos dez melhores orientistas do Mundo. A luta vai ser forte.

Thierry Gueorgiou – É algo de muito agradável. Mesmo não sendo uma Taça do Mundo ou um Campeonato do Mundo, o Portugal O' Meeting é já uma prova de referência no início da temporada e é um enorme prazer voltar a encontrar tantos e tão bons atletas. O momento de preparação de cada um não é exactamente o mesmo e os resultados não dirão grande coisa, mas é sempre bom nesta altura do ano ter uma prova mais competitiva, lado a lado com tão grandes nomes da Orientação mundial, para aferir do nível de cada um.

Orientovar – No contexto dum evento como o Portugal O' Meeting, o que é que lhe dá mais prazer?

Thierry Gueorgiou – Aquilo que mais me agrada é que, de cada vez que venho ao Portugal O' Meeting, sei que organização é perfeita. Há também a questão dos terrenos, que sendo sempre diferentes, sabemos que nunca teremos más surpresas. A qualidade é ao mais alto nível e é seguramente por isso que há tanta gente a vir até Portugal para competir neste evento. Enfim, mapas, percursos e organização de enorme qualidade é aquilo que todos os orientistas de elite procuram e sabem que aqui o podem encontrar.

Toda a informação em http://www.pom.pt/pt/ ou aqui, no seu Orientovar.


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: