sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

POM 2012 E XIII MOC - WRE 2012: REI MORTO, REI POSTO!




Ainda não se esgotaram os ecos do Portugal O' Meeting e já temos aí à porta mais uma grande competição de nível internacional. O XIII Meeting de Orientação do Centro – WRE 2012 prolonga o clima de festa instalado entre os orientistas, desafiando-os para mais um fim de semana da melhor Orientação.


Portugal O' Meeting 2012. Tanto que já se disse acerca do evento neste espaço... e o tanto que ainda há por dizer! Quatro dias de prova recheados de emoção para quem, como eu, viveu as florestas de Viseu e do Sátão, partilhando alegrias e desilusões, estendendo a palavra e a mão amiga e recebendo em troca um abraço fraterno, percebendo de que massa é feita esta nobre gente orientistas. E registando para a posteridade um dos mais belos eventos a que me foi dado assistir.

Mas o tempo só é elástico até certo ponto e daí que nesta altura estejam por publicar ainda as reportagens da tarde de domingo, dedicada em particular ao Desporto Adaptado, bem como da noite de Sábado, com esse inesquecível Sprint Noturno. Se a tudo isto juntarmos a análise, a entrevista e aquilo que foi fazendo notícia ao longo do Portugal O' Meeting, percebe-se que vamos continuar a ter POM por muitos e bons dias aqui, no seu Orientovar.


O mais participado de sempre

Agora, porém, é tempo de atentarmos no XIII Meeting de Orientação do Centro – WRE 2012. Ao longo dum fim de semana, a festa irá espalhar-se pelos fantásticos espaços das Dunas da Rainha, mancha florestal indelevelmente ligada à gesta histórica das Descobertas. Cinco séculos volvidos. É a este espaço mítico que hoje aportam novos descobridores, de mapa e bússola na mão, ao encontro de outros mundos, de novos mundos.

Poderemos dizer que, mesmo antes de começar, o XIII Meeting de Orientação do Centro já faz história. Os 1169 inscritos constituem um registo nunca antes alcançado em provas pontuáveis para o ranking mundial, que não o Portugal O' Meeting. São números reveladores da enorme importância e reputação de que este evento goza, alicerçados em doze anos de experiência organizativa do Clube de Orientação do Centro, baluarte maior da Orientação portuguesa e um dos clubes que mais e melhor tem sabido projectá-la pelas quatro partidas do Mundo.


Programa rico e variado

À semelhança do sucedido na edição de 2009, também este ano o primeiro dia do evento será preenchido com uma etapa pontuável para o ranking mundial. Sobre uma prova de Distância Longa estão traçados percursos para todos os gostos e à medida de cada um dos 37 escalões de competição e dos quatro escalões abertos. Aqueles que se aventurarem floresta adentro numa experiência iniciática e todos os títulos marcante, poderão contar com um percurso fácil e curto, com 13 desafios (leia-se “pontos de controlo”) ao longo de 2,9 km. Já os escalões de Elite Masculina e Feminina terão pelo frente 18,7 km e 11,7 km de prova, respectivamente.

A decisão quanto aos vencedores será transportada para a manhã de domingo, com uma etapa de Distância Média com a conta, peso e medida dum evento deste gabarito. Pelo meio, na noite de sábado, um Sprint Noturno espelhará a Orientação por toda a cidade da Marinha Grande, sede desses históricos Mundiais de Veteranos de 2008 e muito justamente considerada a “Capital do Vidro”.


Os artistas

Com o escalão maior masculino dividido em Elite e Super Elite, Thierry Gueorgiou é, uma vez mais, a grande figura do evento, ele que vem de triunfar no POM 2012 e de reforçar a sua liderança do ranking mundial. Ao seu lado encontramos nomes como os de Scott Fraser ou Oleksandr Kratov, eles que tão boa conta deram de si no evento de Viseu e Sátão, bem como os de Olav Lundanes, Anders Nordberg, Tue Lassen ou Øystein Kvaal Østerbo. No sector feminino, entre as 79 atletas inscritas, Annika Billstam, Lena Eliasson, Linnea Gustafsson e Maja Alm são o garante de emoção a rodos e de luta tenaz pela vitória.

É com estas estrelas que Joaquim Sousa e Joana Costa – os dois melhores protugueses no recente Portugal O' Meeting – se irão bater, lado a lado com Diogo Miguel, Tiago Aires, Maria Sá e Raquel Costa, entre muitos, muitos outros. Entretanto, já hoje terão lugar, entre as 09h30 e as 17h00, dois Model Events – um em Pedreanes e outro na Praia da Vieira -, numa adaptação ao tereno e ao tipo de cartografia que será aproveitado, seguramente, por muitos dos atletas que irão marcar presença na competição.


Propostas irrecusáveis

Quanto ao resto do tempo, ele é para aproveitar e sugestões não faltam. Impõe-se descobrir a Marinha Grande e dois circuitos urbanos – um Pedestre, com 2,12 km e outro em Bicicleta, com 10,71 km -, serão propostas irrecusáveis para aqueles que pretendam conhecer um pouco mais da cidade, as suas belezas naturais, os seus monumentos e os locais mais interessantes do ponto de vista histórico e artístico. Enquanto não se conclui o projecto do Museu Nacional da Floresta, e com o Museu do Vidro encerrado para obras no âmbito da requalificação do Património Stephens e da Casa da Cultura – Teatro Stephens, uma boa alternativa para os amantes destes espaços poderá ser o Museu Joaquim Correia, cujo acervo é constituído por várias coleções de obras de arte e por estudos, criados pelo escultor. A Casa-Museu do grande marinhense que foi Afonso Lopes Vieira ou a Casa-Museu 18 de Janeiro de 1934, data que assinala a revolta dos trabalhadores vidreiros e a sua Greve Geral revolucionária, são igualmente merecedores duma visita.

E depois há sempre um passeio pela zona litoral e as arribas rochosas entre a Praia Velha e S. Pedro de Moel, onde se destaca o lendário Penedo da Saudade e de onde se poderá apreciar um belo pôr do sol, por obra e graça dum desatinado Inverno a saber a Primavera.

Para saber mais sobre o XIII Meeting de Orientação do Centro – WRE 2012, consulte http://www.coc.pt/eventos/25fev2012/pt/. As Listas de Partidas podem ser consultadas AQUI.

[Foto de Arquivo referente à Cerimónia de Entrega de Prémios do XI Meeting de Orientação do Centro – WRE 2009]


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: