segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

PORTUGAL O' MEETING 2012: FALTAM 26 DIAS!




O PORTUGAL O' MEETING

A sexta edição do Portugal O' Meeting, levada a cabo em 2001, teve a assinatura organizativa da ARCCa - Associação Recreativa e Cultural do Campo (Gerês). Num ambiente de festa, as provas decorreram em Arcos de Valdevez e pela primeira vez no último dia houve uma prova de Park Orienteering, mesmo no centro da vila dos Arcos, com o intuito de divulgar a modalidade junto da população local. No ano de 2002, a Praia da Vieira (Marinha Grande) foi palco de uma nova edição do evento. Um total de 915 atletas, dos quais 308 estrangeiros, correram a sétima edição do Portugal O' Meeting, organizado pelo COC - Clube de Orientação do Centro. A melhor orientista de todos os tempos, a suiça Simone Luder, fez aqui a sua estreia na prova portuguesa, levando de vencida a Elite Feminina. Em 2003, o GD4C - Grupo Desportivo dos Quatro Caminhos organizou a oitava edição do Portugal O' Meeting em Paredes de Coura e Viana do Castelo, com a participação de 850 atletas, dos quais 432 estrangeiros. Em 2004 foi a vez da ADFA - Associação de Deficientes das Forças Armadas levar 945 atletas a Évora e Reguengos de Monsaraz, naquela que constitui a edição mais participada do Portugal O' Meeting até à data.


A REGIÃO

Certificada com Indicação Geográfica Protegida, a vitela de Lafões é criada exclusivamente na região que lhe dá o nome, em explorações agrícolas familiares segundo modos de maneio ancestrais. É proveniente exclusivamente de bovinos de raça Arouquesa e Mirandesa, sendo oferecida para o abate ao desmame (seis a sete meses de vida). A base da sua alimentação é o leite materno, mais tarde suplementado com pastos verdes de época, farinhas de milho e centeio produzidos na própria exploração, sendo interdito o uso de rações. Também a alimentação das mães é baseada nos produtos naturais da região, tais como o milho (das mondas, bandeiras, milharada e palha) centeio e aveia (palha e feno), pastos, ervas e arbustos espontâneos dos montes como urze, carqueja, tojo, rosmaninho e queiró. São muitos os Restaurantes do distrito de Viseu que oferecem este prato. Faça o favor de se servir.


A FIGURA

Em Outubro de 1997, cinco "carolas" ( Fernando Figueiredo, Sérgio Aguiar, Rui Esteves, José Aguiar e Mauricio Pinto) decidem dar corpo a uma ideia cimentada da criação de um Clube que dê resposta às necessidades dos jovens, escolas e outras entidades na realização de provas desportivas em contacto com a natureza. A 15 de Outubro, efectuam a escritura no 2º Cartório Notarial de Viseu e avançam com um projecto de actividades e objectivos que apresentam a uma série de entidades: Governo Civil de Viseu, Càmara Municipal de Viseu, Projecto Vida, Instituto Português da Juventude, entre outras. Nesse mesmo ano, ficou consolidada toda a estrutura legal do clube com a publicação dos Estatutos em Diário da República e demais actividades burocráticas de constituição do clube. Em Novembro de 1997, o clube dá-se a conhecer à estrutura do desporto nacional e promove a sua inscrição na Federação Portuguesa de Orientação, iniciando as suas actividades nas lides de Orientação com um período de formação inicial de técnicos que terminaria nos finais de Janeiro de 1998. Desde então, o Clube de Orientação de Viseu, tem vindo a participar na organização dos jogos desportivos e Olimpíadas da Amizade dos diversos concelhos do distrito, com um número cada vez maior de participantes, assim como na organização de outras provas e participação com atletas federados nos diversos escalões da FPO, em inúmeras provas a nível regional e nacional. Porque uma história não acaba, o Clube prepara-se para inscrever mais uma página a ouro no seu livro de memórias, fazendo parceria com o Clube Ori-Estarreja na organização do Portugal O' Meeting 2012.


A TÍTULO DE CURIOSIDADE

Numa altura em que o número de inscritos se prepara para dobrar a barreira dos 1000, a Itália é o 25º país a inscrever o seu nome na lista do Portugal O' Meeting 2012. E fá-lo graças a Giovanni Visetti (GOS Subiaco), presença assídua nas provas portuguesas e um apaixonado pela Orientação. Neste momento o número de inscritos ascende aos 919, com o rácio entre portugueses e estrangeiros a ser de praticamente 1:3. Portugal comanda a lista com 246 inscritos, enquanto a Suiça é o segundo país a dobrar a centena de participantes, tendo já 101 inscritos. Seguem-se a Suécia (88), a França (65), a Finlândia (57) e a Noruega (54). A ADFA é o clube português com mais atletas inscritos (37), seguida do COC (36) e do GD4C (29). Em termos de escalões, a elite leva a melhor, tendo o M21E e o W21E, 125 e 63 atletas inscritos, respectivamente. Ainda no tocante aos escalões, o escalão M80 conta com sete inscrições, enquanto o escalão W75 tem já quatro jovens inscritas.

Saiba tudo em http://www.pom.pt/pt/


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Sem comentários: